Inscritos no Cadúnico podem ter isenção no concurso do BB

Inscritos no Cadúnico podem ter isenção no concurso do Banco do Brasil

Segundo as informações oficiais, pessoas que fazem parte do Cadúnico não precisam pagar taxa

Cidadãos brasileiros inscritos no sistema do Cadúnico do Governo Federal poderão ter isenção no processo de inscrição para o concurso do Banco do Brasil. Estes indivíduos precisam fazer esta solicitação de isenção no momento da inscrição no concurso através do site da Cesgranrio.

O Cadúnico é uma espécie de lista do Governo Federal que reúne os nomes das famílias que estão em situação de vulnerabilidade social no país. Dados mais recentes estimam que mais de 90 milhões de brasileiros estejam nesta lista. É a partir destas informações que a União decide quem pode receber os seus benefícios sociais.

A inscrição para o concurso do Banco do Brasil foi aberta ainda na última semana e será encerrada no dia 23 de fevereiro de 2023. Para o público em geral, é necessário pagar uma taxa de R$ 50. Para aqueles que fazem parte do Cadúnico, basta inserir o Número de Inscrição Social (NIS) no ato da inscrição.

Cidadãos que fazem parte do Cadúnico não são os únicos com direito à isenção. Segundo informações oficiais do Banco do Brasil, os indivíduos que se registram como doadores de medula óssea também podem ter a garantia de passe livre para a inscrição no processo que deve acontecer apenas no próximo ano.

Em caso de dúvidas sobre a situação específica do seu Cadúnico, basta entrar em contato com a Secretaria Social da sua cidade. A gestão desta lista é feita pelas prefeituras de cada município. Normalmente, o processo de retirada de dúvidas acontece nos chamados Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Como entrar no Cadúnico

Para ter direito de fazer parte do Cadúnico é preciso ter pelo menos 16 anos de idade, e portar documentos pessoais como CPF e/ou título de eleitor. O cadastro é feito preferencialmente para as mulheres, mas homens também podem entrar na lista.

A família deste cidadão precisa ter uma renda per capita de até meio salário mínimo, ou seja, R$ 606 considerando os números atuais. Há ainda a possibilidade de inclusão daqueles que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Vale lembrar que a simples entrada no Cadúnico não garante o recebimento de nenhum programa social. Ao entrar no programa, o cidadão deve apenas esperar pela seleção do Ministério da Cidadania.

De toda forma, quem está dentro do Cadúnico costuma receber algumas facilidades no decorrer do ano. É o caso, por exemplo, desta isenção na inscrição do concurso do Banco do Brasil.

O concurso do Banco do Brasil

O Banco do Brasil anunciou a realização de um novo concurso ainda na última semana. Segundo as informações oficiais, 6 mil vagas serão ofertadas, sendo 4 mil para início imediato e mais 2 mil para uma espécie de cadastro reserva.

Veja abaixo como ficou a distribuição de vagas por estado:

  • Acre: 20 imediatas e 6 para cadastro de reserva;
  • Alagoas: 31 imediatas e 2 para cadastro de reserva;
  • Amapá: 13 imediatas e 4 para cadastro de reserva;
  • Amazonas: 32 imediatas e 10 para cadastro de reserva;
  • Bahia: 149 imediatas e 21 para cadastro de reserva;
  • Ceará: 51 imediatas e 6 para cadastro de reserva;
  • Distrito Federal: 54 imediatas e 211 para cadastro de reserva;
  • Espírito Santo: 26 imediatas e 5 para cadastro de reserva;
  • Goiás: 55 imediatas e 9 para cadastro de reserva;
  • Maranhão: 70 imediatas e 12 para cadastro de reserva;
  • Minas Gerais: 172 imediatas e 92 para cadastro de reserva;
  • Mato Grosso do Sul: 34 imediatas e 20 para cadastro de reserva;
  • Mato Grosso: 50 imediatas e 27 para cadastro de reserva;
  • Pará: 72 imediatas e 15 para cadastro de reserva;
  • Paraíba: 42 imediatas e 4 para cadastro de reserva;
  • Paraná: 152 imediatas e 127 para cadastro de reserva;
  • Pernambuco: 72 imediatas e 32 para cadastro de reserva;
  • Piauí: 39 imediatas e 7 para cadastro de reserva;
  • Rio de Janeiro: 136 imediatas e 55 para cadastro de reserva;
  • Rio Grande do Norte: 26 imediatas e 6 para cadastro de reserva;
  • Rio Grande do Sul: 118 imediatas e 47 para cadastro de reserva;
  • Rondônia: 27 imediatas e 15 para cadastro de reserva;
  • Roraima: 9 imediatas e 3 para cadastro de reserva;
  • Santa Catarina: 78 imediatas e 26 para cadastro de reserva;
  • Sergipe: 20 imediatas e 2 para cadastro de reserva;
  • São Paulo: 429 imediatas e 231 para cadastro de reserva;
  • Tocantins: 23 imediatas e 5 para cadastro de reserva.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.