Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

A importância da pausa entre as atividades de estudo

Você sabe qual é a real importância da pausa entre as atividades de estudo? Se ainda não sabe, é fundamental conhecer os efeitos que uma pequena pausa é capaz de promover no seu dia a dia. Além disso, entenda por que o estudo ininterrupto pode ser prejudicial para o seu bem-estar e para a sua aprendizagem. Acompanhe e entenda!

A importância da pausa entre as atividades de estudo

A importância da pausa entre as atividades de estudo não está associada apenas ao descanso que o corpo precisa ter, mas sim, relaciona-se com o processo de memorização e aprendizagem. Por isso, antes de querer apostar na “quantidade” de estudos, tente focar na “qualidade”. Isso fará toda a diferença. 😉

Dito isso, veja agora alguns apontamentos importantes que nos dão a entender que a pausa nos estudos é mais importante do que a quantidade de matéria estudada:

1- A saturação do cérebro

O nosso cérebro não é um computador ou uma máquina. Ele cansa. E por cansar, ele não consegue absorver informações por longos períodos, pois ele satura!

Em outras palavras, ele chega ao seu limite e, a partir disso, toda informação nova é apenas lida, raciocinada e jogada fora logo em seguida. Ou seja, não permanece em nossa memória.

Por isso, antes de querer ficar 10 horas estudando, considere fazer as suas pausas para que o cérebro não fique exausto e saturado, perdendo o foco e deixando de memorizar tudo o que você tem estudado. Isto é, não jogue as suas horas de estudo fora e foque em pausas que descansem o cérebro.

2- A falta de concentração

Além de saturar e atrapalhar a memorização, as longas horas de estudo também impedem que o seu cérebro se concentre no que você está lendo, ouvindo, assistindo, etc.

Estima-se, inclusive, que o tempo de foco absoluto é de 45 minutos e, passado este período, precisamos de uma quebra de padrão, um descanso de cinco minutos ou uma simples caminhada dentro de casa para trazer o foco aos estudos novamente.

Por conta dessa estimativa, inclusive, que vemos que as aulas nas escolas são divididas em períodos de 45/50 minutos, cada uma. Interessante, não?

3- O cansaço atrapalha a aprendizagem

Quando a nossa mente está cansada, temos mais dificuldade para compreender um conceito mais difícil. Basta você fazer o teste: Em um momento de exaustão, tente compreender uma conta matemática. As chances de não ter sucesso são muito grandes.

Portanto, antes de “forçar” a mente, entenda que a importância da pausa entre as atividades de estudo reflete no fato de que ela promove uma melhora na sua aprendizagem.

4- Descansar ajuda a memorizar

O nosso cérebro precisa do descanso para conseguir memorizar. Por isso, se você estiver estudando com muito sono e cansaço, durma e veja o quanto isso pode lhe ajudar a memorizar melhor tudo o que você acabou de ouvir ou ler.

Na hora de dormir, o nosso cérebro faz uma varredura nas informações absorvidas ao longo do dia, armazenando as mais importantes na memória de longo prazo. Além disso, as mais recentes (ou seja, as adquiridas antes de dormir) são mais facilmente armazenadas.

Faça o teste e veja o resultado! E procure criar uma rotina de estudos mais saudável, que considere a importância das pausas. 😉

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.