Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Ideb: o que é e qual a sua importância

Criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 2007, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) tem com objetivo medir a qualidade do ensino básico no Brasil. Desse modo, é voltado para a avaliação do aprendizado dos alunos nos ensino fundamental e médio.

A partir da avaliação do nível qualitativo desses ciclos de ensino, o Ideb fornece dados para o estabelecimento de metas que visam a melhoria da educação básica no país. A avaliação considera os anos iniciais e finais do ensino fundamental (5º e 9º anos) e o ensino médio (3º ano).

De acordo com o Inep, além de analisar a qualidade do aprendizado dos alunos dessas três séries da educação básica, o Ideb acompanha também a atuação das instituições de ensino.

O cálculo do Ideb é feito a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar. O índice também leva em conta as médias de desempenho obtidas por meio do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Desse modo, há a avaliação de dois aspectos: fluxo aprendizado.

Qual a importância do Ideb?

Por apresentar uma análise que aponta as falhas e nível de qualidade da educação, o Ideb é um dos principais meios de traçar metas para a melhoria do ensino básico. Nesse sentido, o índice é de suma importância para nortear ações pedagógicas em prol da melhoria das escolas.

Com os dados do Ideb o governo pode estabelecer metas mais assertivas, direcionar melhor os investimentos da área e definir políticas educacionais adequadas à realidade escolar e educacional do país.

O Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) definido pelo Ministério da Educação, por exemplo, determina metas para a educação com base no Ideb. Assim, o PDE estabelece uma meta que a Educação precisa alcançar na próxima avaliação do Ideb. 

Saiba mais sobre o Ideb no site do Inep.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também Citação direta e indireta: como citar de acordo com a ABNT; saiba mais.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.