Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

I-SFB: a saúde financeira do brasileiro em dados oficiais

A Federação Brasileira de Bancos em parceria com o BCB, desenvolveu o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro (I-SFaB/Febraban). Confira!

A Febraban e o I-SFB – Índice de Saúde Financeira do Brasileiro 

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em parceria com o Banco Central do Brasil, desenvolveu o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro (I-SFaB/Febraban). 

Conforme informações do BCB, o Banco Central do Brasil, essa é uma ferramenta diagnóstica que permite ao brasileiro mensurar sua saúde financeira em longo prazo. 

Iniciativas para a educação financeira

Dessa forma, ao compará-la com a média brasileira é possível identificar suas vulnerabilidades, a serem aprimoradas com iniciativas de educação financeira. O índice é gratuito e pode ser acessado por qualquer cidadão em indice.febraban.org.br.

(Você pode realizar um planejamento financeiro, clique aqui para conhecer a nossa sugestão).

O índice é calculado a partir da resposta a 15 questões relacionadas à saúde financeira, em uma escala de 0 a 100 pontos. 

De acordo com a pontuação, a ferramenta indica o nível de saúde financeira do usuário entre sete faixas: “ótima”, “muito boa”, “boa”, “ok”, “baixa”, “muito baixa” e “ruim”, conforme informações oficiais do BCB.

Indicador baseado em muitos fatores 

No entanto, a construção do indicador envolveu uma série de etapas, desde a avaliação de protocolos internacionais sobre o tema até a realização de uma pesquisa de grande escala para coletar dados e construir o modelo do I-SFB.

Importante ressaltar que foram entrevistados mais de 5.200 indivíduos, retratando todas as classes econômicas.

De acordo com a pesquisa realizada, a média do Índice de Saúde Financeira do Brasileiro é de 57 pontos, o que representa uma vida financeira equilibrada, mas com pouca margem para erros. Confira os dados oficiais da pesquisa:

A vida financeira do brasileiro  

As questões do I-SFB abordam diferentes aspectos da vida financeira do brasileiro. Veja abaixo quatro destaques, a partir das respostas dos 5.200 entrevistados:

  • Orçamento justo: 69,4% tem gastos iguais aos seus ganhos ou gastam mais do que ganham;
  •  Estresse: 58,4% indicam que de alguma forma as despesas e compromissos financeiros são motivo de estresse em casa;
  •  Falta conhecimento: apenas 34,1% se sentem capazes de reconhecer um bom investimento;
  • Comportamento pode melhorar: 62% consideram que a maneira como cuidam do dinheiro não os permite aproveitar a vida. O relatório completo, bem como a metodologia detalhada do Índice, estão em indice.febraban.org.br.
Acordo de Cooperação Técnica

Conforme informa o BC, a criação do I-SFB faz parte das ações previstas no Acordo de Cooperação Técnica (ACT), firmado pelo BC e pela Febraban em novembro de 2019, com a finalidade de desenvolver ações coordenadas de educação financeira voltadas para clientes e usuários de produtos e serviços financeiros. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.