Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Holodomor: a Grande Fome na Ucrânia

Holodomor: um resumo para as provas

O Holodomor foi um evento ocasionado por Josef Stalin e que provocou a morte de milhares de pessoas que viviam na região da atual Ucrânia. 

O assunto é explorado por uma série de questões de vestibulares, principalmente em relação a demais assuntos que envolvem o Stalinismo.

Holodomor: Introdução

Também chamado de Fome-Terror ou de Grande Fome, o Holodomor foi o genocídio de milhões de ucranianos entre os anos de 1932 e 1933, vitimados pela política econômica de Stalin que causou a fome da população ucraniana.

O termo Holodomor significa deixar morrer de fome e morrer de inanição em ucraniano.

Holodomor: Contexto Histórico

O comunismo soviético, liderado por Josef Stalin nesse período, iniciou uma série de severas políticas econômicas a partir do ano de 1928. Entre as medidas adotadas, podemos citar o controle da produção de cereais dos países da URSS. Através da requisição compulsória, os camponeses precisavam fornecer parte do excedente produzido para o Estado a custos baixos.

Em seguida, Stalin consolidou a política que obrigava as propriedades agrícolas a se tornarem coletivas, passando a ser administradas pelo Estado Soviético. A Ucrânia, como parte da URSS, deveria seguir as ordens impostas por Stalin. No entanto, a autonomia cultural e a forte identidade nacional do país fizeram com que os ucranianos demonstrassem resistência e intolerância aos desejos dos soviéticos.

Holodomor: As consequências

Diversos camponeses se revoltaram em todo o território da Ucrânia. Como uma resposta, Stalin impôs medidas mais severas para o povo ucraniano. Dessa forma, foi estabelecida uma campanha contra a Ucrânia em todos os países da URSS, com a justificativa de que o país representava uma ameaça para os objetivos dos povos soviéticos.

O primeiro passo foi a humilhação de intelectuais do país através de julgamentos vexaminosos e ridicularizações. Além disso, possíveis focos de organização contra a União Soviética foram atacados. Após as primeiras medidas, o governo iniciou o processo de atacar camponeses que se revoltavam.

Em 1929, foi colocado em vigor um plano de metas de produção de cerais que deveriam ser entregues para o poder central soviético. Essas metas possuíam valores absurdos:  para cumprir com a demanda, os ucranianos não poderiam consumir nada do  que era produzido.

Camponeses que não conseguiam atender as demais eram condenados à trabalhos forçados e à viver em condições quase de escravidão.

Essas medidas contribuíram para que a população ucraniana começasse a morrer de maneira progressiva devido a fome. A estimativa é que cerca de 5 milhões de ucranianos tenham morrido de fome na época.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.