Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

História: Resumo sobre a Revolta de Juazeiro

A Revolta de Juazeiro foi um levante popular realizado por coronéis de Juazeiro, no estado do Ceará, no ano de 1914, no qual os coronéis reivindicavam o fim da interferência do governo federal.

A Revolta de Juazeiro teve como principais líderes o padre Cícero Romão Batista e Floro Bartolomeu da Costa. 

Se você está se preparando para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e demais vestibulares do país, vale a pena ficar por dentro do tema e refinar seus conhecimentos em História do Brasil. 

Contexto histórico da Revolta de Juazeiro

Ao longo da Primeira República, a política do Brasil era comandada por grupos oligárquicos. 

No ano de 1914, contudo, o governo do marechal Hermes da Fonseca formou a chamada “política das salvações”, com isso o governo central tinha direito em interferir na política dos estados e proibir que opositores assumissem cargos políticos, como por exemplo, o da direção do estado. 

Por conta disso, as oligarquias de oposição eleitas no estado do Ceará acabaram sendo impedidas de ocupar o governo, gerando uma imensa insatisfação entre os políticos. 

Principais consequências do levante de Juazeiro

Nessa época, o coronel Marcos Franco Rabelo, procurador nomeado pelo governo federal, realizou uma intensa perseguição ao Padre Cícero, exonerando-o de seus cargos e determinando sua prisão. As ações foram amplamente reprovadas pelas oligarquias cearenses, que tinham como liderança Floro Bartolomeu. 

Como consequência organizaram um verdadeiro batalhão de jagunços e romeiros para defender o padre, cercando toda a cidade de Juazeiro no Ceará. 

Após a queda do interventor, Hermes da Fonseca resolve convocar novas eleições, que elegeram Benjamin Barroso como governador e o Padre Cícero como vice. 

Todavia, por causa do seu envolvimento com a política, o Padre Cícero acabou sendo excomungado pela Igreja Católica no final dos anos 20. 

E então, gostou de saber um pouco mais sobre a Revolta de Juazeiro? Compartilhe com quem precisa saber disso! 

Não deixe de ler também – A Revolta da Armada: embates entre a marinha e o governo federal

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.