Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

História do Brasil: a Batalha dos Guararapes

Confira um resumo sobre o tema!

A Batalha dos Guararapes: um resumo sobre o tema

O termo “Batalha dos Guararapes” se refere a um confronto que aconteceu entre os portugueses e os holandeses, com o objetivo de decidir quem dominaria a região nordeste do país.

O assunto é abordado com certa frequência por questões de história do Brasil, principalmente em vestibulares e em concursos.

A Batalha dos Guararapes: introdução

A Batalha dos Guararapes foi um confronto armado que envolveu os portugueses e brasileiros contra os holandeses. Esses últimos lutaram sob o nome de “República das Sete Províncias Unidas”.

O embate recebe essa nome devido ao local em que o confronto ocorreu: o morro dos Guararapes, localizado em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco.

Devemos destacar que alguns historiadores denominam esse conflito de “as Batalhas de Guararapes”, no plural, uma vez que ocorreram, na verdade, duas batalhas: uma em 1648 e outra em 1649.

A Batalha dos Guararapes: importância

A Batalha dos Guararapes é considerada o marco simbólico da origem do Exército Brasileiro. Isso porque, homens que apoiavam a causa dos portugueses se uniram sob um só exército. Na batalha podiam ser encontrados, ao lado de Portugal, pessoas das mais diversas origens: europeus, luso-brasileiros (nascidos no Brasil), indígenas e negros.

Ainda, afirma-se que o Exército Brasileiro teria surgido nesse momento devido aos sentimentos de nacionalismo e patriotismo que uniram os homens nos combates.

A Batalha dos Guararapes: contexto histórico

Em 1640, com o desfecho da Guerra de Restauração, a União Ibérica, união entre Portugal e Espanha, conhecia o seu fim. Assim, os portugueses obtiveram a sua independência.

Porém, essa independência portuguesa se refletia também no Brasil. Isso porque, a retomada portuguesa do domínio sobre o Brasil interferia na presença dos holandeses no território, uma vez que Portugal e Holanda eram aliados.

No ano de 1645, com o início da Insurreição Pernambucana, a população do Nordeste, região em que se encontram os holandeses, mostrou o seu descontentamento com a presença dos mesmos no local. Assim, nesse contexto, podemos afirmar que as relações entre os dois grupos não estavam nem um pouco amistosas.

A Batalha dos Guararapes: as batalhas

A primeira Batalha dos Guararapes teve início n dia 19 de abril de 1648, enquanto a Insurreição Pernambucana acontecia. Nesse ano, os holandeses buscavam conquistar a região de Pernambuco. Porém, membros do exército brasileiro souberam das intenções antes e prepararam uma emboscada.

A emboscada funcionou e os holandeses foram detidos. Todavia, mais de 1000 holandeses perderam as suas vidas. Do lado brasileiro, o recém-formado exército perdeu cerca de 80 homens.

A segunda batalha, por sua vez, aconteceu em fevereiro do ano seguinte. Os holandeses buscavam vingança pelo o que havia acontecido um ano antes.

Porém, os luso-brasileiros conseguiram estabelecer uma boa estratégia de defesa. Mais de 2000 holandeses perderam as suas vidas, incluindo o comandante das forças da República das Sete Províncias Unidas.

A Batalha dos Guararapes: desfecho

A Batalha dos Guararapes terminou, assim, com a vitória dos portugueses e dos brasileiros, consolidando o domínio dos mesmos na região.

Porém, mesmo com a derrota, os holandeses deixariam o país somente em 1654.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.