Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Guia para graduados que procuram trabalho na crise econômica da Covid-19

O impacto financeiro que a Covid-19 trouxe significa que, infelizmente, muitas pessoas ficaram desnorteadas sem emprego. Portanto, aqueles graduados que procuram trabalho na crise econômica podem se assustar com a dificuldade. Por isso, preparamos um guia para ajudar nesse processo que amenizará as consequências financeiras e psicológicas.

Guia para graduados que procuram trabalho na crise econômica causada pela Covid-19

Como graduados que procuram trabalho na crise econômica vão se dar bem nessa fase tão instável? Será difícil fazer face às despesas, que não são poucas? Ao invés de deixar que essas perguntas tomem conta de sua mente, ocupe-se fazendo um plano.

Você não é o primeiro recém-graduado a passar por isso e não será o último. Aprenda com as dicas abaixo a não se deixar abater pelas dificuldades.

Você não é o primeiro recém-graduado a passar por isso e não será o último
Você não é o primeiro recém-graduado a passar por isso e não será o último – Foto: Canva Pro

Como conseguir um emprego após a formatura em plena pandemia?

Esta é provavelmente a sua maior preocupação. Uma crise significa maior desemprego e menores taxas de contratação, o que não é bom para quem procura trabalho. Mas você precisa ganhar a vida, então, comece a planejar agora.

Não existe uma estratégia universal de busca de empregos durante uma crise. Especialmente essa crise, que não tem precedentes históricos recentes e ocorre no contexto de uma pandemia. Mas aqui estão algumas coisas que se pode fazer para alcançar o sucesso no mercado de trabalho:

Habilidades flexíveis (e transferíveis)

Aqueles com diplomas em artes liberais podem se sentir especialmente vulneráveis ??durante o processo de procura de emprego. No entanto, as habilidades de pensamento crítico estão em alta demanda (e às vezes em falta).

Não importa o grau que você obteve, você pode aplicar habilidades como:

  • Redação;
  • Trabalho em equipe;
  • Receber e fazer críticas construtivas;
  • Equilibrar vários projetos em qualquer carreira.

Concentre-se em suas habilidades e não deixe que sua especialidade o impeça.

O valor dos estágios

Todos nós já vimos empregos de nível básico que exigem uma quantidade excessiva de experiência. Como você pode ter cinco anos de experiência quando está apenas começando? Realmente não faz muito sentido, mas uma das soluções para isso é o estágio.

Embora um estágio possa não te dar os cinco anos que a descrição do trabalho exige, ele lhe dará uma experiência valiosa e um pé na porta. Em muitos casos, as empresas contratam estagiários que proporcionam um começo significativo.

Empresa x cargos

Ademais, quando estiver procurando por vagas de emprego, preste mais atenção na empresa ao invés de descrições dos cargos.

Muitas empresas bem administradas e de alto crescimento em setores não afetados diretamente pela pandemia podem ser a solução dos problemas. Elas provavelmente sairão ilesas ou até mais fortes dessa crise. Certamente você vai querer trabalhar para essas empresas, mesmo que tenha que começar abaixo de sua função ideal, não é mesmo?

Procure empresas que tenham missões compatíveis com a sua. Você acha que tem potencial de crescimento aí? Além disso, muitos empregadores aumentaram as contratações home office durante a pandemia. Pode ser mais fácil do que se imagina.

Uma crise significa maior desemprego e menores taxas de contratação, o que não é bom para quem procura trabalho
Uma crise significa maior desemprego e menores taxas de contratação, o que não é bom para quem procura trabalho – Foto: Canva Pro

Promova e “venda” seu próprio talento

Existe uma grande competição entre os recém-formados que entram no mercado de trabalho. Portanto, os graduados que procuram trabalho na crise econômica devem cuidar dos detalhes do currículo, se “promovendo”.

Trabalhe com um recrutador

Graduados com expectativas salariais bastante altas (que tenham MBA, por exemplo) devem considerar a parceria com um recrutador. Um recrutador bem conectado tem muito mais probabilidade de identificar as melhores oportunidades, abrindo portas para você em entrevistas.

Trabalhar com um recrutador também tira um pouco do estresse. Você pode ficar mais tranquilo sabendo que tem um profissional ajudando em sua busca de emprego.

Contatos (rede) durante e depois da pandemia

Se você está procurando por qualquer tipo de emprego, comece a trabalhar os contatos virtuais. Em sites como o LinkedIn, conecte-se com empregadores em potencial, ex-alunos de sua faculdade, bem como familiares e amigos.

Você nunca sabe quem pode recomendar uma grande oportunidade para você. Não há vergonha em conseguir seu primeiro emprego por causa de uma colega mais velha que falou com seu chefe.

Procure também pools de conexão virtual em sua área. Embora a maioria dos eventos presenciais esteja em “stand by” no momento, esses grupos ainda estão se encontrando

Comece um fundo de emergência assim que possível

Mesmo que economizar seja difícil para você, um pouco ajuda muito. Configure uma transferência automática de sua conta corrente para sua conta poupança a cada mês.

Independentemente de ser apenas alguns reais, criar um fundo de poupança é essencial para sobreviver em tempos de incerteza. Pois, então, comece assim que possível.

Mantenha a calma na crise econômica

Manter a calma pode ser o conselho mais difícil de seguir. É fácil ficar com medo nesse momento. Há uma pandemia, uma crise iminente, e você deve começar uma nova vida profissional.

No entanto, ficar fora de controle não adiantará de nada. Certifique-se de meditar e contemplar suas emoções para manter a saúde física e mental.

Seja paciente

Nem tudo pode acontecer imediatamente. Mesmo em circunstâncias normais, encontrar um emprego pode levar muito tempo. Lembre-se de que você não está sozinho e que há uma luz no fim do túnel.

Trata-se de definir expectativas. Sua procura de emprego provavelmente demorará mais do que o esperado, e você pode ter que se contentar com um emprego para o qual é superqualificado. Isso ocorre especialmente se você for graduado em um programa de mestrado.

Lembre-se do seu valor

Sim, você é novo no mercado de trabalho e pode não ter muita experiência. Mas os empregadores gostam de contratar pessoas com novas perspectivas e novas habilidades. Você tem valor, mesmo quando se sente perdido em meio a muitos talentos.

Cuide do seu bem-estar

Colocar muita pressão sobre si mesmo pode causar colapsos mentais que prejudicarão sua procura de emprego e sua autoestima. Aproveite para se cuidar e relaxar. Os graduados que procuram emprego na crise e seguem essas sugestões têm mais chances de obterem sucesso.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.