Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Golpe da venda de produtos pelas redes sociais

Um golpe que vem se popularizando é o da venda de produtos pelas redes sociais. O crime pode pegar os mais protegidos, que desavisados podem ter o perfil hackeado ou então comprar produtos diretamente como os criminosos. A engenharia social e convencimento 

Leia também: Bolsonaro se refere a Petrobras como “monstrengo”

Entenda mais como funciona e se proteger abaixo: 

Como o golpe funciona? 

Este tipo de golpe pode parecer inofensivo, com o envio de um link, os criminosos entram em contato. As informações podem ser das mais variadas, mas a ideia é hackear sua conta e trocar a sua senha. 

Depois de hackeada a sua conta, os criminosos passam a anunciar produtos pelos stories e também pedir dinheiro para os seus contatos. 

A prática é conseguir o envio de dinheiro, principalmente por Pix, e deixar as pessoas sem os produtos. As justificativas para vendas de produtos podem variar, como venda de produto de um amigo ou mudança, por exemplo.

Também não é raro que a ideia venha mascarada de uma suposta ajuda para comprar remédio ou tratamento de alguma doença e causas parecidas. Os criminosos por vezes querem chegar ao emocional da vítima e usar essa armadilha para convencimento. 

Como se proteger?

Para se proteger deste tipo de golpe é importante ficar atento, de forma que você não tenha o perfil roubado e nem transfira o dinheiro. 

Algumas dicas são: 

  • Não clique em links desconhecidos, mesmo se enviados por contatos confiáveis; 
  • Não enviei dinheiro sem ter certeza; 
  • Não se deixe levar por chantagens emocionais; 
  • Entre em contato pelo telefone; 
  • Observe erros de português e linguagem diferente; 
  • Desconfie sempre quando a venda parecer urgente; 
  • Peça mais fotos dos itens e vídeos; 
  • Na dúvida, não transfira o dinheiro; 
  • Desconfie da venda de itens com preço muito baixo, mesmo que usados; 
  • Observe toda a situação, se for de fato realizar alguma transferência; 
  • Caso tenha o perfil hackeado, crie conta conta e siga todos os contatos que te seguia;
  • Poste na nova conta que o perfil antigo foi hackeado; 
  • Avise seus familiares e amigos mais próximos; 
  • Peça que outras pessoas compartilhem a sua publicação; 
  • Tente denunciar o perfil hackeado e peça para os seus amigos fazerem o mesmo; 
  • Busque ter certeza da negociação; 
  • Lembre-se que todo cuidado é pouco, na hora de comprar itens pela internet; 

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.