Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

NOVO Bolsa Família deve ter valor de R$ 270

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o valor médio do novo Bolsa Família será de R$ 250. Dias depois, o Presidente da República falou que esse patamar vai ser de R$ 300. E nesta quinta-feira (17), o Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) contrariou os dois.

De acordo com o parlamentar, que também é filho do Presidente, o novo Bolsa Família vai fazer pagamentos médios de R$ 270. Ele evitou cravar isso, mas deixou claro que essa é a estimativa que eles estão querendo alcançar para iniciar os pagamentos ainda este ano.

É portanto um valor menor do que aquele que o Presidente vinha falando. Na última segunda-feira (14), o chefe do executivo participou de uma entrevista para uma emissora de tv e não só disse que o valor médio ia subir para R$ 300 como revelou que o Ministério da Economia estava quase fechando isso.

No entanto, de acordo com informações da imprensa, ninguém estava fechando essa questão em R$ 300. Pelo contrário. Tanto é que diversos membros da pasta foram pegos de surpresa com a declaração do Presidente. Por isso, o Governo ainda não fez nenhum anúncio oficial.

Nesta quinta (18), o Presidente participou de um encontro com empresários no Rio de Janeiro. De acordo com pessoas que estavam no local, Bolsonaro garantiu que o novo Bolsa Família vai subir para R$ 300. O mais curioso nisso tudo é que Flávio Bolsonaro estava no encontro e quando saiu disse que o patamar vai ser de R$ 270.

Valor do novo Bolsa Família

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, os valores do Bolsa Família variam de pessoa para pessoa. Então se o programa subir para R$ 270 ou R$ 300, não significa dizer que todo mundo vai ganhar esse mesmo montante.

Estamos falando portanto de uma média. Isso significa afirmar que algumas pessoas irão ganhar um pouco mais do que isso, e outras irão ganhar um pouco menos. De toda forma, todos os pagamentos ficarão em volta desse montante de R$ 270 ou R$ 300 mesmo.

De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a ideia do Palácio do Planalto agora é criar uma espécie de grupo com pessoas de vários ministérios do Governo. Assim, eles poderiam discutir não apenas o valor do novo Bolsa Família como a criação de outros projetos para o segundo semestre.

Auxílio Emergencial

Falando em segundo semestre, quem deve invadir ele é o Auxílio Emergencial. Inicialmente pensado para ir até o próximo mês de julho, o programa vai passar por uma prorrogação. E quem garantiu isso foi o próprio Paulo Guedes durante uma entrevista recente.

O Presidente Jair Bolsonaro, que chegou a criticar duramente as pessoas que estavam pedindo uma prorrogação, também confirmou que ela vai mesmo acontecer. Agora só falta saber o tamanho dela. De acordo com Guedes, vai ser algo em torno de dois ou três meses.

Assim, o projeto pode acabar alcançando os meses de setembro ou mesmo outubro. A ideia do Governo Federal é começar os pagamentos do novo Bolsa Família apenas quando o Auxílio chegar ao final. Então é provável que o novo benefício só entre em cena mesmo no último trimestre deste ano.

4 Comentários
  1. Vivaldo Ferreira lisboa Diz

    E um descaso tira põe tira põe porra meu assim não da né…

  2. Valfra Diz

    Presizamos de ajuda ojente senhor presidente

  3. Regiane santos de Almeira Diz

    Quando vão fazer o desbloqueio do bolsa família.

  4. Domingas bastos Diz

    Estou triste pois eu sou do bolsa família foi canselado sendo que tenho um filho de 6 anos de idade não recebe mais auxílio nem bolsa família tenho carteira assinada mais tenho todo o direito de receber pelo menos o bolsa família pois pago água luz aluguel e compra comida ainda pagar alguém pra cuida do meu filho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.