Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Febraban critica Nubank e demais fintechs; veja

A entidade ressaltou as taxas de juros cobradas pelo banco digital em empréstimos e no rotativo do cartão.

O Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) publicou uma crítica ao Nubank e demais fintechs em sua conta no Twitter. A entidade ressaltou as taxas de juros cobradas pelo banco digital em empréstimos e no rotativo do cartão.

Além do Nubank, em sua publicação o Febrabran também citou a Zetta (associação fundada pelo Nubank), o Mercado Pago e o Google.

As ressaltas são referentes ao posicionamento dos bancos digitais em relação ao pagamento de impostos e outras obrigações trabalhistas. A Federação ainda destacou que as taxas cobradas pelo Nubank são mais altas que a média das cinco maiores instituições financeiras do país.

“A ‘verdade’ verdadeira é que as grandes fintechs gostam mesmo é de pagar apenas “MEIA ENTRADA” e em nada se diferenciam dos bancos. Aliás, só não são bancos para pagar menos impostos, gerar menos empregos, ter poucas obrigações regulatórias e trabalhistas”, escreveu a Febraban.

Em outubro meio digital, no LinkedIn, a publicação já tem 517 reações, algumas delas de economistas do Itaú, Santander, Bradesco e XP. Veja a publicação abaixo:

“A @SOMOSZETTA NÃO CONTOU, MAS A PÁGINA DO BC MOSTRA A VERDADE: NA ÚLTIMA SEMANA DE AGOSTO, A TAXA MÉDIA DO JURO DO CARTÃO ROTATIVO DO @NUBANK ERA DE 291,67% AO ANO, MAOIR QUE A MÉDIA DOS 5 GRANDES BANCOS, DE 271,68%. FEBRABAN (@FEBRABAN) SEPTEMBER 18, 2021”.

Veja também: Nubank: Saiba como cancelar contas em débito automático

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.