Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

ENEM 2021: Novos inscritos farão o exame apenas em 2022

O novo prazo terá vigência até o dia 26 de setembro e, aqueles que forem beneficiados, farão o Exame Nacional do Ensino Médio de apenas no ano que vem.

O INEP reabriu, nesta terça-feira (14), o período para solicitações de isenção da taxa do ENEM 2021. Devido esta medida, foi necessário alterar o cronograma de aplicação do exame, sendo os novos contemplados da isenção encaminhados para realizarem a prova apenas em 2022.

O novo prazo terá vigência até o dia 26 de setembro e, aqueles que forem beneficiados, farão o Exame Nacional do Ensino Médio de apenas no ano que vem. Neste caso, a aplicação ocorrerá junto com o ENEM PPL, nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022.

Todavia, aqueles que já estão inscritos no ENEM 2021 e que até mesmo receberam isenção na primeira rodada, terão suas datas mantidas, sendo a realização da prova nos dias 21 e 28 de novembro deste ano.

“O Inep reforça que o cronograma de aplicação do Enem 2021 para os isentos ausentes na edição 2020 foi planejado de forma a garantir o direito dos participantes de utilizarem o resultado do exame para acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programas do Ministério da Educação (MEC) ”, afirma o INEP.

Reabertura dos pedidos de isenção do ENEM 2021

A nova rodada de solicitações está disponível para os estudantes que foram contemplados com a isenção em 2020, mas não compareceu nos locais nos dias da aplicação do exame.

Para realizar a inscrição, é necessário acessar a Página do Participante no portal do INEP, resolver o desafio e inserir os dados solicitados pela página, como número do CPF, data de nascimento, entre outros.

Redução no número de inscritos do ENEM 2021

A reabertura foi possível devido a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que aprovou a solicitação de partidos e entidades estudantis. A intenção, foi permitir que os estudantes que faltaram no ENEM 2020 por causa da pandemia, pudessem fazer a prova com direito a isenção em 2021.

Diante disso, esta edição contou com o menor número de inscritos desde 2005, com apenas 3.109.762 inscrições. Além disso, vale lembrar que essa redução se aplica ao número de participantes negros, pardos e indígenas.

Veja também:  Concurso DPE GO 2021 para Defensor divulga gabaritos das provas

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.