Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Enem 2021: estudantes preferem aulas presenciais para 2022, revela pesquisa

A maioria dos estudantes predispostos a fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tem entre 18 e 24 anos, cursa o 3º ano do ensino médio e pretende ingressar numa faculdade com aulas presenciais no primeiro semestre de 2022. 

É o que aponta uma pesquisa feita pela edtech Amigo Edu com parte dos estudantes que participaram do ENAE (Exame Nacional do Amigo Edu), simulado online e gratuito realizado pela empresa uma semana antes da primeira prova do Enem.

O levantamento ouviu uma amostra de 4.981 pessoas que realizaram simulado, o que pressupõe que também fariam o Enem. 

O resultado, na prática, ajudou a estabelecer um perfil dos estudantes que estão participando da atual edição do exame nacional, após um ano de muitas dificuldades de preparação para as provas, por causa dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a pesquisa, 52,5% dos estudantes têm entre 18 e 24 anos. O segundo maior grupo é o de candidatos de 12 a 17 anos (37,5%). 

Os estudantes com 25 anos ou mais somam apenas 10% do total. A atual edição do ENEM teve mais alunos que cursaram o 3º ano do ensino médio em 2021 (41%) do que os que já têm esse ciclo completo (35,6%).

Apesar de a maioria das respostas estar em linha com o perfil dos estudantes que fizeram o Enem nos anos anteriores, algumas respostas chamaram a atenção. 

Uma delas mostra que 65% dos entrevistados pretendem ingressar na faculdade no primeiro semestre de 2022. 

Por outro lado, há mais alunos interessados em entrar no primeiro semestre de 2023 (12,3%) do que no segundo semestre de 2022 (10,9%).

Estudo de modo presencial

A pesquisa ainda apontou que a grande maioria dos candidatos (85,6%) pretende iniciar seus estudos na modalidade presencial, seguido do semipresencial e o EaD (Ensino a Distância). 

Esse número elevado pela modalidade presencial é atribuído aos cursos mais procurados pelos estudantes que responderam a pesquisa:

  • Medicina (16%),
  • Direito (9%),
  • Psicologia (7%),
  • Enfermagem e Medicina Veterinária (5% cada) – que exigem aulas presenciais.

Outro dado relevante é que, no total, 74,6% dos candidatos admitem cursar uma faculdade privada.

“A pesquisa mais uma vez confirmou que estamos trabalhando no caminho certo: fazer com que a educação superior seja mais acessível para todos. Os alunos querem entrar numa faculdade, só precisam de condições facilitadas para isso, como bolsa de estudo ou financiamento”. afirma Beto Dantas, CEO do Amigo Edu, marketplace de educação focado em captação para instituições de ensino superior e soluções financeiras para estudantes.

Os estudantes também opinaram sobre o simulado online promovido pelo Amigo Edu. A maioria gostou da experiência de fazer a prova do ENAE – realizada nos moldes do Enem, com 90 questões de múltipla escolha, mais a proposta de redação, e notas calculadas utilizando a TRI (Teoria da Resposta ao Item). Numa escala de 0 a 10, a nota média que os estudantes deram para o simulado foi de 8,6.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Amigo Edu.

E então, gostou da matéria sobre aulas presenciais? Não deixe de ler também – Auxílio Brasil 2021: desempregados poderão entrar no novo programa?

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.