Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (15 votes)

Empréstimo consignado exige pagamento antecipado? Veja o que diz a Febraban

De acordo com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) não existe pagamentos antecipados para a liberação de consignado

O ato de pagar um valor antecipado para a liberação de um empréstimo consignado não é permitido oficialmente. Nesta semana, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), fez um alerta sobre o tema. De acordo com a organização, a prática pode ser um indício de que o cidadão está sendo vítima de um crime.

No processo de solicitação do empréstimo consignado, não é necessário realizar nenhum tipo de pagamento por antecipação. Em regra geral, o banco faz a liberação do dinheiro para o segurado e ele somente começa a pagar o montante na forma de descontos mensais em seu benefício, ou seja, sem necessidade de repassar nada antecipadamente.

Além disso, a Febraban também alerta que os bancos que realizam o consignado não ligam para os segurados pedindo algumas informações sigilosas como senhas de contas, número de cartão ou mesmo dados de transferência. Cidadãos que recebem ligações com solicitações como estas, precisam ficar alerta diante da possibilidade de golpe.

“Tem uma dica que pode resolver quase 90% desses golpes que é não fazer nenhum tipo de contratação pelo telefone ou pelo whatsapp. Se o consumidor quer realmente um empréstimo consignado ele deve ir até o banco, presencialmente através daquele banco que ele já tem um relacionamento”, destacou a advogada do direito do consumidor, Lilian Salgado.

Nos últimos anos, dados oficiais mostram que o número de golpes e tentativas de fraudes envolvendo o empréstimo consignado cresceu no país. Os alvos principais são os idosos que recebem algum tipo de benefício do INSS. Normalmente, as quadrilhas escolhem estes cidadãos para entrar em contato e conseguir algum dinheiro ilicitamente.

Como evitar cair em golpes

Há alguns meses, a Polícia Federal (PF) vem divulgando uma série de dicas para que as pessoas não caiam nos golpes envolvendo o consignado. O primeiro passo é evitar o clique em links que as pessoas enviam em redes sociais.

Outro passo importante é desconfiar do oferecimento de grandes vantagens. Opções muito vantajosas dificilmente são verdadeiras. Desconfie também das mensagens que cobram inscrições imediatas.

O cidadão ainda pode entrar em contato com o seu próprio banco para confirmar se determinada vantagem oferecida é verdadeira. Ele pode pegar, por exemplo, o número da instituição e verificar se a promoção oferecida é verdade ou se não passa de um golpe.

Empréstimo consignado

Recentemente, o Governo Federal anunciou uma série de mudanças no sistema do empréstimo consignado para servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A taxa consignável, por exemplo, subiu de 35% para 40%.

Além disso, o Governo Federal decidiu liberar o consignado do INSS também para os usuários que fazem parte do Benefício de Prestação Continuada (BPC). As alterações já foram oficialmente publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

O Governo, aliás, também decidiu liberar o consignado para os usuários do Auxílio Brasil. Embora este texto já esteja devidamente publicado no DOU, ele ainda carece de uma regulamentação por parte do Ministério da Cidadania.

4.1/5 - (15 votes)
2 Comentários
  1. Fabiana Calixto de Almeida Diz

    Os representantes legal ninguém lembrou de liberar para este público que precisa ninguém conseguiu até hoje fazer empréstimo loas com representante será que não vão liberar

  2. Gustavo Diz

    Matéria interessante, mas ridícula a falta de informações, e quem vive de empréstimo por telefone e whats ? As pessoas idôneas… como ficam? Vcs precisam rever a forma que repassam as informações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.