Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Empatia no trabalho: O que é? Como desenvolver?

empatia no trabalho é uma habilidade que deveria ser aflorada em todas as pessoas no ambiente corporativo.

Isso porque é por meio dela que cria-se uma atmosfera mais equilibrada, agradável e interessante. Além de que as relações interpessoais no trabalho, de maneira geral, ficam muito mais fortes e sólidas.

Se você quer entender mais sobre esse conceito e, além disso, aprender a colocá-lo em prática, acompanhe este texto e saiba mais!

O que é empatia no trabalho?

A empatia no trabalho pode ser entendida como a capacidade de se colocar no lugar do outro. Ou seja, quando você aprende a se imaginar na situação do seu colega, automaticamente a sua forma de se portar com ele é diferente.

Afinal, de maneira geral nós, seres humanos, costumamos julgar as atitudes alheias. Mas, quando aprendemos a enxergar – mesmo que minimamente – com os olhos do outro, entendemos melhor as situações. Isso nos torna mais empáticos e preparados para bons relacionamentos.

Como desenvolver a empatia no trabalho?

Apesar de ser um conceito muito bonito, a empatia não é tão simples de ser praticada. Podemos ter certa dificuldade de compreender o que realmente o outro está passando e, na verdade, nunca teremos uma compreensão plena.

Contudo, podemos entender uma parte da situação para, dessa forma, agir com mais cautela e, em alguns casos, com compaixão.

Veja, portanto, algumas dicas para começar a desenvolver a sua empatia no trabalho:

1- Comece escutando – mas de verdade

Escute ativamente o que o outro está dizendo. Para isso, não fique imaginando outras coisas ou “viajando” nos seus pensamentos.

Mas sim, preste atenção na forma como o outro se expressa: as palavras usadas, os gestos, etc. Isso pode lhe ajudar a compreender a real situação do seu colega e, dessa forma, você terá mais facilidade para se pôr no lugar dele.

2- Pense antes de falar e de agir

Nunca aja de maneira impulsiva, e tampouco fale da mesma forma. Caso contrário, você poderá estar sendo injusto e preconceituoso. Portanto, escute o outro, respire fundo e cuide das suas emoções antes de simplesmente agir. Assim você evita, inclusive, arrependimentos.

3- Imagine se fosse o contrário

Depois de ouvir o outro, tente imaginar o contrário. Por exemplo, se a pessoa cometeu um erro grave, imagine se fosse você quem tivesse cometido. Como você se sentiria? Como gostaria que os outros lhe ajudassem nesse momento?

Fazer essa análise é fundamental. Assim você consegue imaginar uma parcela das sensações que o outro está sentindo, antes de simplesmente julgá-lo ou apontar o dedo para ele.

4- Evite permitir que os julgamentos atrapalhem a sua escuta

Por fim, para desenvolver a empatia no trabalho é preciso deixar de lado os julgamentos.

Todos nós temos convicções de vida, mas nem sempre a nossa convicção se encaixa na do outro. Isso não quer dizer que o colega está errado – tampouco você, mas é preciso entender que as pessoas são, simplesmente, diferentes.

Isso vai lhe ajudar a deixar os julgamentos de lado e, em seguida, a praticar a escuta ativa que mencionamos anteriormente.

Faça isso sempre e você perceberá que a empatia começará a se tornar algo mais automático em sua vida. 😉

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Cursos Profissionalizantes Diz

    Aqui é a Aline Xavier, gostei muito do seu artigo tem muito
    conteúdo de valor, parabéns nota 10.

    Visite meu site lá tem muito conteúdo, que vai lhe ajudar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.