Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

UFRJ adia início de aulas remotas para 24 de agosto

Adiamento de 14 dias ocorreu por conta de alteração no processo de aquisição de kits de acesso à internet para alunos de baixa renda

O início das aulas remotas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), planejadas para esta segunda-feira (10), foi adiado para o dia 24 de agosto. O adiamento ocorreu por conta de uma alteração licitatória no processo de aquisição de kits de acesso à internet para estudantes de baixa renda, segundo a universidade.

 

A decisão ocorreu na quarta-feira (5). O novo período começa no dia 24 de agosto e vai até 14 de novembro. De acordo com a universidade, as novas datas de atos acadêmicos serão divulgadas na próxima quarta-feira (12). De acordo com a Associação de Docentes da UFRJ (Adufrj), o adiamento foi decidido em uma sessão com 16 votos favoráveis e 4 contrários. A associação informou que a alteração na data “se deu pelo atraso na entrega dos chips de internet comprados pela universidade”.

“A empresa vencedora da licitação informou na última segunda-feira (3) que não conseguiria entregar os mais de 3 mil dispositivos nesta semana, o que inviabiliza o início das aulas remotas da graduação”, detalhou a Adufrj.

Kits de inclusão digital

No início de julho, a instituição abriu as inscrições do programa auxílio inclusão digital para alunos de baixa renda. Serão distribuídos 13 mil kits de acesso a internet para alunos de baixa renda. Segundo a UFRJ, serão atendidos até 12 mil alunos de graduação e mil de pós-graduação. O auxílio terá duração de seis meses, podendo ser renovado pelo mesmo período.

O aporte financeiro para aquisição dos kits aos alunos de graduação veio do Programa Nacional de Assistência Estudantil. Já para os de pós-graduação, o investimento é da própria UFRJ. A logística de entrega dos kits de internet ainda está sendo discutida pela universidade.

Estudantes de baixa renda receberão computadores do MEC

Depois de anunciar na semana passada que estudantes de baixa renda de institutos e universidades federais receberão acesso gratuito à internet, o Ministério da Educação (MEC), também vai destinar, ao mesmo público, computadores que já foram utilizados por servidores da pasta.

Os equipamentos foram substituídos por modelos mais atuais, porém, estão em perfeitas condições de uso e dispõem de configurações suficientes para atender às demandas e às necessidades da rotina dos alunos, como a edição de trabalhos acadêmicos e a possibilidade de acesso à internet.

Neste primeiro momento, a iniciativa prevê a destinação de 1.153 computadores que estavam ociosos nas dependências do MEC.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?