Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Em criação da nova Embratur, Bolsonaro VETA trechos da lei; veja

A sanção parcial da lei para criação da nova Embratur foi publicada no Diário Oficial da União

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a Lei 14.002, de 2020, que transforma o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) em uma agência com status de serviço social autônomo. O texto que cria a nova Embratur tem origem na medida provisória MP 907/2019, aprovada pelo Congresso.

De acordo com o texto da lei sancionada, a nova Embratur — Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo — tem a missão de planejar, formular e implementar serviços turísticos.

A norma também trata de benefícios tributários sobre o pagamento de leasing de aeronaves e motores da aviação comercial. Entre os trechos vetados, que podem ser mantidos ou derrubados pelo Congresso, estão:

  • a participação de parlamentares no conselho deliberativo da Embratur; e o
  • direcionamento de parte da tarifa de embarque internacional para o Fundo Geral de Turismo.

O senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), que atuou como relator da matéria no Senado, ressaltou quando da aprovação da proposta pela Casa que são bem-vindas as medidas que visam a auxiliar a recuperação da economia, em especial o turismo brasileiro após a pandemia.

A agência deve funcionar por meio de contratos de gestão definidos pelo Ministério do Turismo. Com a mudança, a Embratur deixa de ser exclusivamente dependente de recursos do Orçamento da União, sujeitos a contingenciamento.

Os contratos de gestão devem detalhar programas de trabalho, metas, objetivos, prazos e responsabilidades. Esses documentos também devem assegurar tratamento equilibrado entre as diferentes regiões, estados e municípios, de acordo com o potencial turístico de cada um.

Veja também: URGENTE! Bolsonaro confirma 4ª parcela do auxílio emergencial

Leia Também:

brasil 123  
2 Comentários
  1. Roberto Diz

    Governo cachorro ,eles não precisam pois nunca saberão o que é ganhar salário mínimo.

  2. Roberto Diz

    Porque não liberar logo este FGTS que é do povo.saiba que muitos já estáo afastados do emprego pelos patrões.e estão começando a passar por necessidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?