Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Durante a Black Friday lojas apostaram no pagamento com PIX

Uma das facilidades que os consumidores vão ter nessa Black Friday, é a possibilidade de realizar compras instantâneas através do Pix, o sistema de pagamentos do Banco Central. Em apenas um ano de sua existência, as transações por PIX já superaram os boletos, além de estar deixando para trás também TED e DOC.

Através de um estudo feito pela consultoria Gmattos, a aceitação da ferramenta de pagamentos instantâneos do Banco Central viria a impulsionar as vendas de e-commerce durante essa Black Friday, principalmente nas compras feitas em lojas online.

A pesquisa mostrou que 59,3% das lojas online do país já estão utilizando o Pix como método de pagamento. Muitas delas oferecem algum diferencial para que o cliente opte em pagar por este método, que vai desde frete grátis até descontos, vantagens que muitas lojas físicas não ofereciam e também não vão promover mesmo com a chegada da Black Friday.

Pix segue evoluindo ao longo do ano

No comparativo com os meses de setembro e outubro, a aceitação do Pix no comércio eletrônico saltou mais 8,5 pontos percentuais, passando de 50,8% para 59,3%. E esse crescimento deverá ser refletido na edição atual da Black Friday, de acordo com o informado pela consultoria.

Em ocasiões como a Black Friday, o Pix se mostra ainda mais vantajoso em relação aos outros meios de pagamento, sobretudo o boleto bancário, que ainda demora cerca de dois dias úteis para ser compensado, inclusive podendo gerar um transtorno para a loja em datas promocionais, pois impede a venda de um item no estoque.

Especialistas alertam para os riscos da Black Friday

Apesar de que a facilidade para realizar uma compra pelo Pix seja um fator positivo para se realizar os pagamentos através deste método, alguns especialistas acreditam que o sistema de pagamentos instantâneo não é o método mais indicado para fazer compras na Black Friday.

Existe o risco de o consumidor não receber o estorno em casos de golpes ou compras que os valores sejam mais altos, onde o correto é sempre levar algo em consideração, como transações diretas e que no caso de algum problema, acabam dificultando as chances de receber um estorno.

A forma mais segura de se realizar pagamentos em compras online é através de um cartão de crédito virtual, onde é possível gerar múltiplos cartões para diferentes compras e que impedem o rastreamento dos golpistas virtuais.

Pagamentos pelo cartão de crédito são mais seguros

Para o advogado do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Igor Marchetti, também afirmou que em casos de golpe ou pagamento com valor elevado, os pagamentos que são feitos pelo cartão de crédito são sempre mais fáceis de se solucionar.

O advogado ainda fez uma ressalva para que o consumidor tome cuidado quando receber links pelas redes sociais. É preciso tomar cuidado com as vendas pelo WhatsApp, pois são muitos os links com promoções enviadas pelo aplicativo, que em muitos casos podem capturar os seus dados.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.