Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Dispara o número de reajustes salariais igual a zero neste ano; Entenda!

Durante o período de pandemia, trabalhadores estão tendo dificuldade para negociarem reajustes salariais que consigam repor a inflação do período.

Em outubro, 48% dos reajustes salariais ficaram abaixo de 3,89%, percentual relativo à in?ação acumulada nos últimos 12 meses, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

De acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), outubro foi o mês mais difícil para negociações salariais. Em outubro, do total de reajustes negociados, 12,1% foram iguais a zero, que foi considerada a terceira maior incidência de 2020, atrás apenas de maio (16,4%) e julho (12,6%).

Até o momento, já são 676 reajustes iguais a zero neste ano, o que equivale cerca de 9% do total. Os reajustes iguais a 0% representam quase um 1/3 do total de reajustes abaixo do INPC neste ano.

Os reajustes ficaram distribuídos da seguinte forma:

  • 41% dos reajustes resultaram em ganhos reais.
  • 31% das negociações resultaram em aumentos iguais ao INPC.
  • 28% ficaram abaixo da inflação.

Percentuais de aumento:

  • A maior parte dos reajustes acima da in?ação trouxe ganhos de até 1%.
  • 18,3% dos reajustes com ganhos de até 0,5%.
  • 12,8% dos reajustes com ganhos entre 0,51% e 1%.
  • 8,8% dos reajustes resultaram em perdas reais de até 0,05%.
  • 8,0% dos reajustes tiveram perdas reais de 2,01% a 3%.
  • A variação real média no ano é de -0,07%.

De acordo com o Dieese, a previsão para  as negociações futuras também não são favoráveis. “É possível esperar negociações mais difíceis em novembro, mês em que será necessário, até o momento, o reajuste mais alto do ano. Entretanto, a retomada gradativa da atividade econômica e a concentração de negociações importantes neste mês podem contrabalançar os efeitos negativos da in?ação”, disse.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Robson C. Mendes Diz

    Estou disposto a negociar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.