Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

GOLPE do Auxílio de R$600 faz 11 milhões de vítimas

Dados sobre tentativas de golpe são de estudo feito pela PSafe

Nos últimos dias, golpes prometendo o auxílio emergencial, que é pago apenas pela Caixa Econômica Federal, vêm circulando em redes sociais e no WhatsApp. Até a última terça-feira, 19 de maio, mais de 11 milhões de tentativas de golpe haviam acontecido.

As mais de 11 milhões de tentativas de golpe envolvem o benefício de R$ 600. O número foi descoberto após monitoramento do dfndr lab, laboratório especializado em segurança da PSafe. Para evitar possíveis prejuízos financeiros, é importante prestar ainda mais atenção. Atualmente a Caixa Econômica Federal está pagando a primeira parcela do auxílio emergencial para um grupo e a segunda parcela para outro grupo.

A última análise feita pelo laboratório aconteceu dia 7 de abril. De acordo com esse levantamento, aproximadamente 6,7 milhões de pessoas podem ter tido algum tipo de contato com o golpe. No mês seguinte, fora mais 5 milhões de novos casos do crime.

Até a última terça-feira, 19 de maio, o estudo concluiu que havia 270 aplicativos falsos, conhecidos como malwares, relacionados ao novo coronavírus. O objetivo dos criminosos é roubar dados das vítimas e lucrar com visualização de propagandas em páginas falsas. A Caixa afirma que está, em conjunto com a Polícia Federal e lojas de aplicativos, monitorando e atuando para conter os golpes relacionados ao auxílio emergencial.

É importante notar que o único aplicativo oficial é o Caixa Auxílio Emergencial, que está disponível tanto para sistemas Android quanto para sistemas iOS. Os cadastros para o benefício seguem abertos até o dia 3 de julho e devem ser feitos no site ou aplicativo oficial.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Primeira e segunda parcela

Nesta sexta-feira, 22 de maio, a Caixa Econômica Federal (CEF) faz o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial no valor de R$600. Vão receber, conforme informou banco, os beneficiários do Bolsa Família (NIS 5).

Além disso, vão receber quem foi aprovado recentemente para trabalhadores informais ou pessoas de baixa renda nascidas em abril.

Os pagamentos começaram desde a última segunda-feira (18). Os primeiros que receberam a segunda parcela foram os os beneficiários do Programa Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 1.

Hoje, receberão os que têm NIS final 5. O crédito vai continuar sendo feito nessa ordem, de um NIS por dia, menos no fim de semana, até o número zero, que será pago no dia 29 deste mês.

Diariamente, de acordo com informações da Caixa, recebem o auxílio 1,9 milhão de pessoas, que podem sacar o benefício pelo cartão do Bolsa Família, conforme informações passadas pelo Ministério da Cidadania.

De acordo com o Governo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas para receber o auxílio emergencial, benefício destinado para os trabalhadores informais e cidadãos de baixa renda, que são inscritos no cadastro social e também no Bolsa Família.

Na questão do Bolsa Família, o calendário foi dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa. Para as demais pessoas, o pagamento será de acordo com o mês de nascimento.

Calendário da PRIMEIRA parcela

Veja o calendário de pagamentos da primeira parcela:

  • 19 de maio: nascidos em janeiro
  • 20 de maio: nascidos em fevereiro
  • 21 de maio: nascidos em março
  • 22 de maio: nascidos em abril
  • 23 de maio: nascidos em maio, junho ou julho
  • 25 de maio: nascidos em agosto
  • 26 de maio: nascidos em setembro
  • 27 de maio: nascidos em outubro
  • 28 de maio: nascidos em novembro
  • 29 de maio: nascidos em dezembro

De acordo com informações da DATAPREV, no último lote de pagamentos foram analisados 15 milhões de pedidos. Desse total, 8,3 milhões de pagamentos foram aprovados no sistema.

De acordo com o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto,  as pessoas foram informadas por meio do aplicativo, se o pagamento foi autorizado ou não até 18h, da última sexta-feira (15).

Os outros 5,7 milhões de pedidos do auxílio feitos pelo site ou aplicativo seguem em análise pela Dataprev, de acordo com Gustavo Canuto.

No último sábado, a Caixa efetuou o pagamento para 405.163 mil pessoas. Elas receberão a primeira parcela do auxílio emergencial no sábado (16), totalizando R$ 246 milhões.

Início da segunda parcela

Calendário da 2ª parcela (uso digital) – Poupança Social
  • 20 de maio (quarta-feira) – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio (quinta-feira) – nascidos em março e abril
  • 22 de maio (sexta-feira) – nascidos em maio e junho
  • 23 de maio (sábado) – nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio (segunda-feira) – nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio (terça-feira) – nascidos em novembro e dezembro
Calendário da 2ª parcela (saque) – Bolsa Família
  • 18 de maio (segunda-feira) – NIS 1 – PAGO
  • 19 de maio (terça-feira) – NIS 2 – PAGO
  • 20 de maio (quarta-feira) – NIS 3 – PAGO
  • 21 de maio (quinta-feira) – NIS 4 – PAGO
  • 22 de maio (sexta-feira) – NIS 5 – PAGO
  • 25 de maio (segunda-feira) – NIS 6
  • 26 de maio (terça-feira) – NIS 7
  • 27 de maio (quarta-feira) – NIS 8
  • 28 de maio (quinta-feira) – NIS 9
  • 29 de maio (sexta-feira) – NIS 0
Calendário da 2ª parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos
  • 30 de maio (sábado) – nascidos em janeiro
  • 01 de junho (segunda-feira) – nascidos em fevereiro
  • 02 de junho (terça-feira) – nascidos em março
  • 03 de junho (quarta-feira) – nascidos em abril
  • 04 de junho (quinta-feira) – nascidos em maio
  • 05 de junho (sexta-feira) – nascidos em junho
  • 06 de junho (sábado) – nascidos em julho
  • 08 de junho (segunda-feira) – nascidos em agosto
  • 09 de junho (terça-feira) – nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
  • 12 de junho (quinta-feira) – nascidos em novembro
  • 13 de junho (sexta-feira) – nascidos em dezembro

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Como pedir o auxílio

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

  • 1. O cidadão, no primeiro momento, deve acessar a página inicial oficial do site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio);
  • 2. Na página seguinte, são mostrados os requisitos necessários para ter direito ao auxílio emergencial de R$600 a R$1.200;
  • 3. Após isso, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento;
  • 4. Logo após, será necessário o preenchimento do número do celular para recebimento de um código de verificação por SMS;
  • 5. Assim chegar por SMS, o código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”;
  • 6. Feito isso, o cidadão deverá informar a renda, o ramo de atividade (as opções oferecidas pelo sistema são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade;
  • 7. Em seguida, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital;
  • 8. O trabalhador poderá escolher se deseja receber o valor do auxílio em uma conta já existente ou criar uma poupança digital;
  • 9. Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH;
  • 10. Em seguida vêm os dados fornecidos pelo trabalhador;
  • 11. Na tela final, aparece o aviso de que o pedido do auxílio emergencial está em análise.

Veja também: 

Leia Também:

brasil 123  
28 Comentários
  1. Lis Diz

    Ninguém liga para avisar que ganhou/aprovou o os R$600,00, vê que isso é golpe!

  2. Maria da Cruz Diz

    Que será q aconteceu? Alguém saberia informar?

    1. Ellem Diz

      Esse merda de auxílio é uma mentira até hoje eu não recebi nada eu tenho um bebê de 5 meses Tou desempregada precisando do dinheiro pra comprar as coisas pro meu bebê é pagar meu aluguel e as minhas contas é até hoje nada já tem 2 meses que eu cadastrei é não consegui nada até hoje …..

  3. Maria Cruz Diz

    Minha filha recebeu a primeira parcela. Desempregada ,pagando aluguel com filhos pequenos 3 e 9 anos. E simplesmente não caiu na conta poupança digital dela. Que seria dia21/05. Já q ela nasceu em abril.

    1. Aurimar Gomes Diz

      Não caiu na conta e como ela recebeu??

      1. Eduardo Domingues oliveira Diz

        Bom dia o meu deu que tenho na família duas pessoas que já recebeu mais não tenho

  4. Neliane Diz

    Golpe não ha dúvidas

  5. Rafael victor barbosa da silva Diz

    Eu estou des do dia 7 que comessou é nada só enganando o povo deixando agente preso dentro de casa sem auxílio nenhum dando auxílio a quem já trabalha é a presidiário e agente que é trabalhador tem que viver de migalhas é oque agente tá passando aqui no Recife governado lixo prefeito lixo que só faz atrapalhar a nossa vida sem ajudar ninguém apenas usando a polícia pra tirar oque não temos mais pra dar absurdo fala na TV que tá ajudando mais são os próprios pernambucanos que estão se ajudado sabe como um pacote de feijão e dividido pra duas família mais dependendo de governo ninguém aqui tá que Deus abençoe o nosso Brasil ou melhor que ele volte é leve os seus é deixe que só quer saber de dinheiro porque pra onde todos nois vamos no final disso tudo não vai ter riqueza

  6. Maria Aparecida Diz

    Eu solicitei a primeira vez deu pendência nos dados .Fiz novamente o cadastro e até agora nada x nada ,pior pago alugeul tenho criança e meu companheiro desepregado. Até quando temos que esperar. Não sai da Análise é um absurdo. Esse 111 so gravação. Meu como eles abusam de quem ñ tem o poder. Fico idguinada com tanto absurdo.

  7. ledacastro Diz

    quem É do loas recebe algo por sou acamada e nada

  8. Jonatas Fernandes guedes Diz

    Poxa e um absurdo estou na análise desde 07 de abril, não recebi nenhuma parcela ainda.
    Agora fico puto que como liberaram os R$ 600,00 pros criminosos que aproveitam do descuido das pesdoas, estou desempregado e até agora em análise.
    Até o filho do Bonner e Rita Cadillac foram aprovados e um absurdo quem aprova os cidadão tinha que tomar uma coça

  9. Jéssica Aparecida steinki ferreira Diz

    Eu fiz meu cadastro pela Dataprev e ainda nda de depositarem em minha conta e nem na caixa tem

  10. Adelita Steinbach Diz

    Queria saber por que meu auxilio ainda não foi depositado nem na minha conta a caixa e nem na da caixa tem, pois faço aniversário em janeiro e a 2• parcela nada ainda em lugar nenhum, fui no banco e disseram pra aguardar e não era só eu com esse problema tinha mais uns 10 com o mesmo problema

    1. Jéssica Aparecida steinki ferreira Diz

      O meu auxílio foi aprovado dia 15e sou do mês de junho e ainda não entro ainda nda e no caixa tem diz q não tenho conta poupança para ser movimentada e agora faço oq?

    2. Jordana Diz

      Meu benefício foi aprovado,era p eu ter recebido ontem dia 21/03 pois sou d março,muitos receberam e ate agora eu nao

    3. Ariana SANTOS Diz

      Boa noite recebi a 1 parcela do auxílio direto na minha poupança. Já a segunda não consegui ver pq mostra outro email e outro telefone no caixa tem q nao é meu o q faxer me ajuda obg

  11. Franciliano Diz

    Porquê essa tabela que saiu por último, foi alterada? No caso sou de fevereiro e só posso sacar agora dia primeiro de junho, mesmo com esse atraso todo. Sendo que tava marcado para o dia 20 de maii. Aí complica tudo.
    Queria uma explicação

  12. Max Silva Diz

    Gostaria de informações sobre como ficará o pagamento da segunda parcela para quem foi aprovado essa semana e só recebeu a primeira parcela?! Pois se for pela data da segunda parcela, até o momento não ficou disponível o valor no caixa tem, e até onde fui informado, nesse caso os 2 valores ficariam disponível, e não foi isso que aconteceu.

  13. Gleide celiro Diz

    Olá boa tarde
    Meu auxílio está em análise e do meu esposo também. Deu inconclusivo
    A que absurdo já 02 vezes
    Oxe estamos desempregados e passando necessidade
    Vixe….

    1. Jeferson Diz

      Esse título não tem nada a ver com o que aconteceu foi 11 milhões de tentativas e não 11 milhões de vítimas o que vcs não fazem para chamar atenção, nunca teremos respeito de fora pois a corrupção já começa nas edições de notícias e o resto já sabemos como funciona BRASIL UM PAÍS DE TOLOS e assim que somos conhecidos lá fora.

  14. Tânia Maria dos Santos Melo Diz

    So queria entender o motivo do meu benefício do bolsa família ter sido cancelado pelo ministério se recebo bolsa família à mais de 7 anos,pelo o que eu sei segundo o ministro da cidadania o senhor Onix,nenhum benefício pode ser cancelado enquanto durar o auxílio emergencial. Recebi a primeira parcela e fui receber a segunda parcela na segunda feira dia 18 / 05 dizia estar cancelado e nao consigo resolver e muito menos falar com alguém para saber o motivo e nem receber o valor normal do meu bolsa,pôr favor alguém pode me ajidara entender tudo que estar acontecendo

  15. Lucivaldo da Silva Santana Diz

    Isso e uma covardia tou sem trabalhar vivendo de ajuda dos outros

    1. Helena Diz

      O meu deu inconclusivo três vezes. Tem uma família de 5 caloteiros aqui perto da minha casa. Todos receberam. Acho que deveriam fazer uma investigação mais séria. Os justos e necessitados pagando pelo erro de órgãos incompetentes e os estelionatários que estão recebendo no nosso lugar.

  16. Lucivaldo da Silva Santana Diz

    Não sei mais o que fazer meu auxílio foi negado tenho três filhos pra cria muita gente por aí recebendo sem previsão e eu aqui na merda

    1. Lucivaldo da Silva Santana Diz

      Isso e uma covardia tou sem trabalhar vivendo de ajuda dos outros

    2. Lucivaldo da Silva Santana Diz

      Só porque minha ex mulher recebeu eu não tenho direito não e

  17. Elizangela Diz

    Minha irmã recebeu uma mensagem pelo telefone dizendo que tinha sido aprovado o benefício ,de 600 ,pediram pra ela informar o CPF e número de telefone e ela informou e depois mandaram compartilhar pra 5 pessoas.

    1. AMANDA Martins da Costa Diz

      Meu marido tem direito pois ele não trabalha de carteira assinada e tem pouco vinculo como vcs tira da boca de quem precisa ? Pra dá pra uns que não precisa no site da que ele tá aprovado no 111 da que ele não cumpri os requisitos poxa pegou a primeira parcela agora a segunda parcela tá dando isso . Pras pessoa que precisa vamos agilizar isso aí pq isso e roubo !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?