Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Dificuldades no trabalho em equipe: Como melhorar a relação da equipe?

As dificuldades no trabalho em equipe aparecem em diversos contextos: trabalho, casa, faculdade, escola, etc. Isso se deve ao fato primordial de que, em essência, cada pessoa é diferente. E como diferente, tem ideias próprias, sonhos, desejos, medos e opiniões.

Desse modo, nem sempre é fácil acatar ao que outra pessoa diz e, em alguns casos, a falta de confiança também pode fragilizar o relacionamento de uma equipe.

Mas como superar esses impasses? O que fazer para lidar com as dificuldades em estabelecer um trabalho em equipe realmente promissor? Ao longo do nosso artigo você encontrará algumas ideias que podem lhe ajudar a responder estes questionamentos. Siga conosco.

Como lidar com as dificuldades no trabalho em equipe?

Uma equipe precisa ser, antes de qualquer coisa, democrática e justa. Apenas partindo desses pressupostos é que poderemos ter um trabalho mais fluído e interessante. Por isso, partir de votações e roda de conversas que explorem as possibilidades é o primeiro passo para que o resultado seja positivo.

Além disso, outras medidas podem ser trabalhadas para melhorar essa relação. São elas:

1- Trabalhe o senso de respeito e justiça

Antes de iniciar qualquer tipo de atividade e trabalho em equipe, é primordial que aconteça algum tipo de reunião. Nessa reunião, é preciso levantar a pauta de senso de justiça e respeito. Isto é, é necessário explorar o quanto é injusto que uma pessoa fique com a maior carga de trabalho, fazendo com que toda a equipe compreenda esse ponto. A justiça deve ser, digamos, a “cultura” da equipe.

2- Estabeleça um planejamento coerente e com um cronograma claro para diminuir as dificuldades no trabalho em equipe

Na mesma reunião inicial, é preciso que seja estabelecido um planejamento e um cronograma claro e preciso sobre a atividade proposta. Assim, é possível atribuir tarefas e prazos para toda a equipe, mantendo clara a importância de cada um cumprir a sua parte. Afinal, se uma peça faltar, a tarefa não será concluída.

3- O diálogo deve ser constante e em tom de comunicação não-violenta

Não deixe nada “guardado” dentro de você. Se a sensação de sobrecarga e esgotamento surgirem, converse com a sua equipe para que o plano seja remodelado de uma maneira mais justa. Entretanto, faça isso se pautando na comunicação não-violenta, onde o diálogo ocorre de maneira clara, precisa, serena e sem agressões com tom de voz ou palavras pejorativas. Lembre-se: a outra pessoa não consegue adivinhar o que você está sentindo.

4- Desenvolva a sua empatia e ouça os demais

As dificuldades no trabalho em equipe, costumeiramente, estão envolvidas com a falta de empatia dos envolvidos. O egocentrismo muitas vezes fala mais alto, o que faz com que o senso de justiça fique abalado, por exemplo. Por isso, procure sempre prestar atenção nas suas ações, palavras e pensamentos, a fim de reconhecer em quais pontos a empatia precisa ser trabalhada.

Acredite, ao se pôr no lugar do outro você perceberá o quanto o trabalho em equipe pode ser enxergado com outros olhos. Da mesma forma, ajude a sua equipe a desenvolver esse senso de empatia e assim todos poderão construir uma trajetória mais positiva.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.