Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Dicas de autores para quem quer começar a ler poesia

A poesia é uma excelente ferramenta de estímulo para a imaginação e a reflexão, ao mesmo tempo em que desperta emoções. Ademais, auxilia também no desenvolvimento da mente e no enriquecimento do vocabulário. A combinação do ritmo com as palavras é uma característica que torna esse gênero literário tão especial.

Veja abaixo algumas recomendações de autores para que quem começar a ler poesia.

Hilda Hilst

Em primeiro lugar, indicamos Hilda Hilst, que é uma das maiores escritoras brasileiras. A autora produziu crônicas, romances e também peças de teatro, deixando um acervo de mais de 40 obras publicadas. Tinha uma personalidade forte e traduzia de maneira romântica e crítica essa característica em sua poesia. Nesse sentido, uma boa indicação é a coletânea De amor tenho vivido.

Carlos Drummond de Andrade

Impossível falar de poesia sem citar o grande Carlos Drummond. É talvez o mais conhecido poeta brasileiro, liderando as referências em vestibulares e concursos. Muitas de suas obras estão na lista de leitura obrigatória desses exames. Um exemplo disso é o livro Sentimento do Mundo. Obra de 1940, é o terceiro livro de poesias do autor.

Paulo Leminski

A obra de Paulo Leminski é uma grande referência da Poesia Marginal. O movimento literário nasceu no contexto da Ditadura Militar, desse modo, era uma ferramenta de resistência artística e tinha muita influência da poesia concretista. A coloquialidade e o tom de revolta eram marcas de sua poesia. Um livro indispensável é o Toda Poesia, compilado de sua obra.

Conceição Evaristo

Uma das mais importantes poetas da atualidade, Conceição Evaristo nasceu em uma periferia de Belo Horizonte (MG). É doutora em Literatura Comparada e desde o começo de sua carreira esteve ativa na lutas pelas causas sociais. Assim, a sua escrita dá voz a personagens muitas vezes marginalizados e silenciados. Além disso, é marcada pela valorização da cultura afro-brasileira. Uma boa dica pra começar é a obra Poemas da recordação e outros movimentos.

Sérgio Vaz

Por fim, indicamos Sérvio Vaz. Criador do movimento Cooperifa, Vaz atua desde jovem nas periferias de São Paulo levando poesia, informação e, além disso, muita música. Além disso, sua poesia destaca as situações do cotidiano daqueles que vivem negligenciados as margens dos grandes centros urbanos. Uma boa pedida é o livro Flores de alvenaria.

Curtiu as dicas? Então deixe o seu comentário!

Clique aqui para ver mais dicas.
Leia ainda O que fazer se “der um branco” na prova? Confira 3 dicas!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.