Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Consequências da Primeira Guerra Mundial: resumão!

Consequências da Primeira Guerra Mundial: você precisa dominar esse assunto!

A Primeira Guerra Mundial trouxe inúmeras consequências para todo o mundo, gerando diversas transformações.

Dessa maneira, é fundamental que você domine esse assunto, uma vez que é muito provável que ele apareça nas suas provas de história.

Consequências da Primeira Guerra Mundial: Introdução

A Primeira Guerra Mundial terminou no dia 11 de novembro de 1918. Em 28 de junho de 2919, o Tratado de Versalhes seria finalmente assinado e, por meio desse acordo, a Alemanha reconheceria a sua rendição e aceitaria todas as condições impostas enquanto nação perdedora.

Porém, é claro que o conflito não acabou sem consequências. Dessa maneira, vamos discutir, a seguir, algumas das principais e que podem aparecer nas suas provas.

Consequências da Primeira Guerra Mundial: Vidas perdidas
Milhões de vidas, tanto de militares quanto de civis, foram perdidas nos diversos conflitos que envolveram a Primeira Guerra Mundial. Aproximadamente 13 milhões de pessoas morreram e 20 milhões ficaram feridos.

Consequências da Primeira Guerra Mundial: Perdas Materiais

Além das vidas humanas que foram perdidas, ocorreram diversas e graves perdas também nas cidades, principalmente em seus bens materiais. Inúmeras pontes e estradas foram completamente destruídas, além de prédios, ou até mesmo, inteiras cidades. A destruição material em massa foi causada, primeiramente, devido ao uso em larga escala de armas extremamente poderosas, como, por exemplo, metralhadoras, lança-chamas, tanques, aviões, gases asfixiantes e canhões.

Consequências da Primeira Guerra Mundial: Europa

Uma das principais consequências da primeira guerra mundial foi a alteração do mapa europeu e das relações diplomáticas entre os países do continente. As alterações ocorreram, principalmente, devido à queda de poderosos impérios, como o Império Austro-Húngaro e o Império Turco-Otomano. Os impérios se transformaram, com o Tratado de Versalhes, em novos países. Entre eles, podemos citar: Polônia, Tchecoslováquia, Iugoslávia, Áustria, Hungria, Estônia, Lituânia e Letônia.

As relações diplomáticas foram alteradas principalmente com a instituição da Liga das Nações, no ano de 1919, com sede em Genebra, cidade da Suíça. O objetivo da criação dessa instituição era fazer as nações discutirem diplomaticamente os seus problemas, garantindo a manutenção da paz e evitando futuras guerras.

Além disso, é válido destacar que, com o fim da Primeira Guerra Mundial, a Europa foi fortemente afetada pelo desemprego, pela fome e pela miséria, gerando forte instabilidade política e social, cenário que se tornaria propício ao surgimento de regimes totalitários nos anos posteriores, como o Nazismo na Alemanha e o Fascismo na Itália.

Consequências da Primeira Guerra Mundial: Estados Unidos

As consequências da Primeira Guerra para os americanos foram, de certa maneira, favoráveis, pois por mais de três anos os EUA puderam comercializar seus produtos com os países que haviam lutado ao seu lado na guerra. Porém, esses países ficariam devendo altas quantias ao país, garantindo grandes lucros.

Ainda, o território americano não foi invadido pelos inimigos. Igualmente, as suas indústrias se fortaleceram, uma vez que não sofriam mais com a concorrência daquelas da Europa, uma vez que o continente estava arrasado economicamente

De forma geral, o cenário favoreceu o desenvolvimento dos Estados Unidos como a maior potência do mundo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.