Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como criar um objetivo de vida?

Veja algumas dicas que podem ser úteis.

Criar um objetivo de vida é desafiador, difícil e, para algumas pessoas, pode ser assustador. Afinal, como “direcionar a vida” para um único caminho? Como abrir mão de tantos outros que poderiam ser interessantes também?

Esses questionamentos e até mesmo o “medo” são justos nesse caso. Você não precisa se culpar por isso.

Entretanto, é possível também pensar de uma maneira mais clara sobre o assunto, dando um sentido diferente para o objetivo: ao compreender que ele é dinâmico.

Partindo dessa ideia de objetivo dinâmico (e não engessado), fizemos este conteúdo para você. Esperamos lhe ajudar. 😉

Como criar um objetivo de vida?

Você não precisa usar uma receita de bolo para preparar um “objetivo de vida” fixo e imutável. Isso não seria justo com você.

Afinal, estamos em constante crescimento e desenvolvimento, e isso pode fazer com que os nossos sonhos mudem, de tempos em tempos, e tudo bem.

De todo modo, algumas ações podem ser relevantes para você construir um direcionamento mais bacana. Veja:

1- Pense livremente sobre o que você ama e almeja e anote

Quando você quiser criar um objetivo de vida, comece pensando livremente sobre o que você gosta. Pode ser o que você gosta de fazer, o que gostaria de fazer, e o que gostaria de ter/construir.

Não coloque censura nesses pensamentos. Vá, simplesmente, imaginando o seu futuro, de uma maneira “ideal”. Anote tudo o que vier à mente.

2- Experimente novas coisas para descobrir um novo amor

Viva novas experiências para descobrir novos hobbies e amores. E não, não estamos falando de amor no sentido de relacionamento, mas sim, de amor no sentido de encontrar algo que realmente mexa com você. 

Pode ser um trabalho, um esporte, um hobby, um sonho de ter uma família, construir uma casa… Enfim! Experimente novas viagens, novas atividades e aprenda coisas diferentes. Isso pode lhe ajudar a encontrar esse novo amor.

3- Extraia das experiências e dos pensamentos aqueles amores e desejos que podem ser um objetivo

Extraia dos seus pensamentos (livres e sem censura) e das suas experiências (novas) o que realmente mexeu com você. Talvez uma dessas atividades que despertaram um amor dentro de você sirvam na hora de criar um objetivo de vida.

Aqui você também pode extrair mais de um objetivo, ok? Por exemplo, um para vida pessoal, dois para a vida profissional, etc.

4- Visualize vivendo esses objetivos que foram extraídos

Depois que elencar as experiências e pensamentos mais interessantes, imagine-se vivendo um futuro baseado nisso. Mas image com detalhes… Feche os olhos e fique “viajando” por esse futuro.

5- Saiba escutar as suas próprias emoções diante disso

Escute as suas emoções diante desses pensamentos e imagens que você tem em mente. Se você sentir que algo desperta o seu interesse profundamente, ele pode ser a força motriz para você criar um objetivo de vida! Ou então, alguns objetivos…

6- Entenda que os objetivos de vida podem ser dinâmicos e evolutivos

Depois de todo esse processo de autoconhecimento, busque compreender que um objetivo não precisa ser traçado de maneira imutável. Você sempre poderá remodelá-lo e, em alguns casos, descartá-lo se necessário. Não se prenda quanto a isso e seja feliz! 😉

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.