Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Carteira de Trabalho Digital: Novo documento virtual para o trabalhador

Pela plataforma é possível conferir dados pessoais e os contratos de trabalho, por exemplo.

Trabalhadores com carteira assinada pode conferir todo o seu histórico e movimentação no âmbito laboral por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Pela plataforma é possível conferir dados pessoais e os contratos de trabalho, por exemplo.

Veja também: Lucro do FGTS: Novos pagamentos devem ser realizados em 2022; veja quando

Veja o que pode ser consultado na Carteira de Trabalho Digital

  • Informações sobre contratos de trabalhos atuais e antigos;
  • Gráficos de remunerações;
  • Tempo de serviço em cada contrato;
  • Média salarial do empregado;
  • Solicitação o seguro-desemprego;
  • Calendário do Abono Salarial PIS/Pasep;
  • Repasses do INSS e FGTS.

Como criar uma Carteira de Trabalho Digital

  1. Crie uma conta no portal gov.br;
  2. Depois selecione a opção “Carteira de Trabalho Digital”;
  3. Clique em “solicitar” e depois em “Quero me Cadastrar”;
  4. Feito isto, preencha seus dados conforme as orientações;
  5. Pronto, agora acesse o aplicativo pelo ícone da Carteira de Trabalho Digital.

Como realizar uma consultar na Carteira de Trabalho Digital

  1. Acesse o aplicativo já instalado no celular;
  2. Entre com seu CPF e senha do site gov.br;
  3. Na página inicial, é possível conferir as últimas anotações no documento;
  4. Em “Contratos”, localize as empresas nas quais você já trabalhou;
  5. Já na página “Enviar”, veja as opções para salvar os dados da sua carteira e enviá-la para algum contato;
  6. Por fim, na guia de Benefícios, consulte os auxílios que você tem direito.

O que eu faço com minha CTPS antiga?

Caso tenha a carteira física, é importante guardá-la e conservá-la para comprovar seu tempo de trabalho anterior. O documento ainda é oficial, a única diferença é que daqui para frente, para todos os contratos de trabalho (novos ou já existentes), todas as anotações (salário, férias, seguro, etc) serão feitas por meios virtuais, onde serão acompanhadas pelo aplicativo ou site do governo.

5/5 - (2 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.