Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

CAIXA vai liberar NOVO empréstimo a quem recebe o auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal disponibilizará, a partir de 2021, um meio mais simples para os beneficiários do auxílio emergencial conseguirem empréstimos.

Para realização do pagamento do auxílio emergencial a Caixa abriu milhões de poupanças digitais para brasileiros. Através da conta digital, o banco pretende lançar uma espécie de microcrédito para o grupo de beneficiários.

A oferta do microcrédito já era discutida pelo banco. Entretanto, a abertura de tantas contas digitais para pagamento do auxílio acabou acelerando o processo. Cerca de 33 milhões de brasileiros não eram clientes da Caixa.

A concessão do microcrédito para trabalhadores que tiveram a conta poupança aberta para recebimento do benefício pode ser uma chance para que milhares possam recorrer a um dinheiro extra.

A Caixa tem a expectativa de manter abertas as poupanças digitais quando tiver terminado o pagamento do auxílio emergencial. A opção deve estar disponível para os brasileiros no primeiro trimestre do ano que vem.

Saiba quantas parcelas do auxílio emergencial ainda vai receber

A quantidade total de parcelas que o cidadão terá direito vai depender de quando ela começou a receber o auxílio. O máximo são nove parcelas, sendo as cinco primeiras de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300.

  • Quem recebeu a 1ª parcela em abril: 9 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em maio: 8 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em junho: 7 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em julho: 6 parcelas
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto: vai receber 4 parcelas de R$ 300 nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em setembro: vai receber 3 parcelas de R$ 300 nos meses de outubro, novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em outubro: vai receber 2 parcelas de R$ 300 nos meses de novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$600 em novembro: vai receber apenas 1 parcela de R$ 300, em dezembro.

Ciclos

O Governo manteve a forma de pagamentos por meio de ciclos. Para isso, as datas foram reorganizadas.

Todos os beneficiários recebem uma nova parcela (seja de R$ 600 ou de R$ 300), conforme o mês de aniversário do beneficiário.

Os ciclos não valem para quem está inscrito no Bolsa Família.

1 comentário
  1. Eliene Correia De Moraes Diz

    É Melhor vocês fazerem a migração do cartão cidadão do bolsa família pru caixa tem isso sim se quirem continuar com o caixa tem porquê não fazem isso migrar o cartão do bolsa família pru caixa é mil vezes melhor microcrédito ninguém vai pegar porquê não é de graça

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.