Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Caixa Tem: Veja o que será incluído após o auxílio emergencial

O meio pelo qual as parcelas do auxílio emergencial são distribuídas, passará a oferecer opções de microcrédito, seguros e cartão de crédito.

O Caixa Tem, aplicativo criado pela Caixa Econômica Federal, deve contar com novos recursos em sua plataforma. O meio pelo qual as parcelas do auxílio emergencial são distribuídas, passará a oferecer opções de microcrédito, seguros e cartão de crédito.

Atualmente, além do auxílio emergencial, o aplicativo também é responsável por repassar os pagamentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEm). Já são mais de 90 milhões de contas abertas no Caixa Tem.

De acordo com o presidente da instituição financeira, Pedro Guimarães, essas contas serão mantidas ativas mesmo após o fim da pandemia decorrente da Covid-19. “Todos os produtos serão mantidos. Todos os produtos gratuitos continuarão gratuitos. E faremos mais”, afirmou.

Novos serviços

O executivo anunciou que a plataforma deve oferecer o microcrédito em breve. Os empréstimos são de valores variados, “R$ 100, R$ 200, R$ 300 de forma rápida, simples e digital”. Além disso, seguros com valores também variados devem chegar a plataforma.

Outra novidade, será a liberação de cartões de crédito direto pelo aplicativo. Hoje, o Caixa Tem oferece apenas um cartão de débito virtual, destinado para pagamento de compras on-line.

Entretanto, ainda não se sabe ao certo quando esses recursos estarão disponíveis no aplicativo, mas há informações que indicam que a liberação deve acontecer após o pagamento do auxílio emergencial.

A intenção da Caixa Econômica, é manter a plataforma ativa, bem como as contas nela cadastradas. Desta forma, as pessoas de baixa renda ainda terão chances de acessar serviços financeiros, mesmo após o fim do coronavoucher.

Caixa Tem pode ter conta encerrada por telefone

A Caixa Econômica Federal facilitou a abertura de contas poupanças sociais digitais para os beneficiários do auxílio emergencial. O procedimento não custou nenhum trabalho ao cidadão contemplado.

Porém, até então, aqueles não desejam mais utilizar a conta do Caixa Tem devem comparecer a uma agência da instituição para solicitar o encerramento da conta. Muitos não compreenderam a posição da Caixa, vista a praticidade que foi no momento de conceder a conta.

Também, vale ressaltar, que não só os segurados do auxílio emergencial estão nessa situação, mas também os cidadãos que receberam o seguro desemprego, abono salarial PIS/Pasep e Bolsa Família, benefícios que a plataforma também gerencia.

Veja também: Antecipação da 4ª parcela do auxílio emergencial é confirmada; veja o calendário

4 Comentários
  1. Daiana Fernandes Diz

    Eu me separei do meu conjugue e n morramos maos n mesmo endereço e só recebi 2 parcelas de 150 e o meu esta tipo bloqueado p ter 2 pessoas n ms. Endereço como faço e meu auxílio n entrou como mãe solteira como sou e sim normal poxa tenho uma filha cuido sozinha e eu sou pai e mãe dela ainda mais agora separada

  2. Lucinete Andrade e Silva Diz

    M meu auxílio foi cortado porque minha mãe é aposentada e minha irmã trabalha registrado eu sou solteira e tem uma filha já aconteceu as mesmo assim foi negado eu trabalhava como babá sem carteira assinada e não tive direito nem a licença maternidade e eu conheço gente daqui da minha cidade que tenha carteira assinada e tá recebendo auxílio.

  3. Adenílson pires bueno Diz

    Meu benefício foi cortado estou desempregado dês do começo da pandemia muita injustiça

  4. Cristiane Diz

    E ótimo deixar o caixa tem depois da pandemia e bom tbm todos ter um cartão pra sacar dinheiro nos caixas dinheiro feito de pix depósito será ótimo ter um cartão pra sacar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.