Caixa Tem: como pegar o valor de até R$3 mil mesmo com o nome sujo

De acordo com o Governo Federal, cidadãos com o nome sujo também podem solicitar o novo empréstimo do Caixa Tem este ano

Segue valendo nesta semana a possibilidade de liberação de crédito para empreendedores através do app do Caixa Tem. Até aqui, o Governo Federal garante que mesmo as pessoas que estão com o nome sujo podem solicitar o empréstimo. E os dados oficiais mostram que mais de 80% dos indivíduos que solicitaram o saldo, estão negativados.

De acordo com o Governo Federal, o empréstimo do Caixa Tem é destinado para pessoas que se identificam como autônomos ou Microempreendedores Individuais (MEIs). O Palácio do Planalto pretende liberar pouco mais de R$ 700 milhões para a liberação dos créditos, inclusive para os negativados neste momento.

A Caixa explica que aceita solicitações de créditos de pessoas que tenham dívidas de até R$ 3 mil registradas até janeiro deste ano. Nesta conta, não entram os custos com financiamentos habitacionais nem as despesas com limites não utilizados do cheque especial ou mesmo do cartão de crédito.

Vale lembrar, no entanto, que mesmo os negativados que possuem dívidas abaixo dos R$ 3 mil ainda precisam prestar atenção porque o empréstimo ainda passará por uma aprovação. O Governo afirma que dá uma resposta para as pessoas dentro de, no máximo, 10 dias. A Caixa Econômica Federal confirmou a informação.

Dados colhidos pelo próprio Governo até meados de abril mostram que as liberações para os negativados já atingiu um patamar médio de R$ 778,31 por pessoa. Para o grupo de indivíduos que estão com o nome sujo, o Planalto já liberou pouco mais de R$ 389 milhões. Ao todo, os gastos chegaram em R$ 693 milhões em depósitos.

O uso do dinheiro

Na última semana, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, falou sobre o tema por meio de um pronunciamento. Segundo ele, o processo de pagamento do crédito exige que o cidadão atente para o uso da quantia.

Em tese, o indivíduo não pode aplicar o saldo em compra de comida, vestuário e afins. De acordo com Guimarães, o dinheiro do crédito deve servir apenas para que o cidadão aplique o montante no seu empreendimento.

A regra, aliás, não vale apenas para os cidadãos que se cadastram no crédito como MEIs. Os indivíduos que se inscrevem como profissionais autônomos também precisam usar a quantia apenas para turbinar os seus negócios.

Passo a passo para solicitar o empréstimo

Diante dessas informações, o cidadão pode optar por solicitar ou não o empréstimo. Quem se cadastra como MEI precisa realizar o procedimento apenas em agências da Caixa de forma presencial. Já os cidadãos que se inscreveram como autônomos, podem realizar o procedimento através do app do Caixa Tem. Veja abaixo:

  • Baixe ou atualize o app Caixa Tem. Ele já está disponível para download.
  • Atualize seu cadastro no aplicativo
  • Clique em “Crédito Caixa Tem
  • Clique em “Contratar Crédito Caixa Tem”
  • Informe como você pretende usar o dinheiro do seu empréstimo. Lembre-se que é preciso informar que aplicará a quantia em algum empreendimento.
  • Simule o empréstimo e escolha o valor das parcelas
  • Para quem ainda não tem poupança digital, a abertura pode ser feita na hora. Não há previsão de cobrança extra para realizar o procedimento.
  • Confirme o pedido e aguarde os 10 dias previstos pelo Governo Federal.

Para pessoa física, o empréstimo estará fixado no valor de R$ 1 mil, com taxa de juros mensal a partir de 1,95% ao mês e 24 meses para pagar. Para conseguir o valor, não será necessário muita burocracia, uma vez que a contratação poderá ser feita diretamente pelo aplicativo Caixa Tem, bastando concordar com os termos do empréstimo e aguardar até sete dias para análise.

O Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital) terá uma grande oportunidade para que microempreendedores individuais contratem o empréstimo de até R$ 3 mil, que poderá ser dividido em 24 parcelas mensais.  Os juros são considerados baixíssimos em relação ao mercado, já que as taxas chegam a patamares a partir de 1,99% mensal. A ideia é conceder o valor de até R$ 3 mil para empreendedores com pouco acesso a este tipo de crédito, incluindo quem está negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito.

4.5/5 - (6 votes)
1 comentário
  1. ozielma almeida sobral Diz

    eu quero resolve minha as coisa eu quero emprestimo eu posso fazer e pra mi pagar alguma coisa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.