Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

CAIXA: LIBERADO desconto de até 50% em parcelas do financiamento; VEJA

A Caixa Econômica Federal (CEF) confirmou o fim da medida que pausa os pagamentos do financiamento imobiliário. A partir de agora, o banco vai permitir a retomada das parcelas, mas de forma parcial, com descontos de até 50%.

Em março, a Caixa, por conta da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, suspendeu totalmente o pagamento do financiamento imobiliário. A medida foi prorrogada por três vezes, totalizando, ao todo, 180 dias de suspensão.

No entanto, agora, o banco não vai mais disponibilizar uma suspensão completa do benefício. A instituição adotará a possibilidade de pagamento parcial das parcelas, em duas linhas de crédito:

  • Desconto de 25% por seis meses
  • Desconto de 50% por três meses

O banco destaca que o caso de cada cliente precisa ser analisado separadamente para fornecimento do desconto.

Em outubro, a Caixa reduziu os juros para o novo financiamento do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). O percentual será de até 5%. O sistema vai conceder mais de R$ 14 bilhões em crédito imobiliário.

Caixa anunciou nova redução da taxa de juros para financiamento da casa própria

Caixa Econômica Federal (CEF) confirmou que vai reduzir o percentual das taxas cobradas sobre financiamento da casa própria. Agora, no financiamento com recursos do SBPE, a linha indexada pela Taxa Referencial terá taxa mínima de TR + 6,25% e máxima de TR + 8% ao ano, queda de até 0,5 ponto percentual.

Além disso, o banco confirmou o aumento do programa de carência na compra de imóveis novos e a opção de pagamentos parciais de prestações por até seis meses.

Em outubro, o banco atingiu a marca histórica de R$ 500 bilhões em crédito habitacional. De acordo com informações da Caixa, as medidas acontecem para estimular o setor e ajudar a amenizar o impacto econômico causado pela pandemia.

Segundo informações da Caixa, o saldo da carteira de crédito habitacional do banco cresceu 13,4% desde janeiro de 2019, quando totalizava R$ 441 bilhões.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.