Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Caixa indeniza homem negativado em um centavo com R$ 10 mil

A Caixa foi condenada a indenizar um homem em R$ 10 mil após um erro que cometeu onde indenizou o mesmo por apenas um 1 centavo. O valor somente não foi pago por um erro que aconteceu em uma casa lotérica.

O nome do cliente que será indenizado foi mantido em silêncio. A decisão de condenar a Caixa Econômica Federal nesse caso foi do juiz Matheus Lolli Pazeto, da quarta vara federal de Criciúma. O nome do cliente já estava sujo devido a uma dívida e ela foi renegociada e paga no valor de R$ 1.215,91.

Porém, surge um fato importante nesse caso que foi decisivo para se estabelecer a indenização: a dívida havia sido paga, mas por um erro da Caixa Econômica Federal, o nome do cliente continuou negativado por apenas um centavo.

O principal motivo para manter o cliente indevidamente negativo foi um erro da casa lotérica. A Caixa alega que o erro não foi do banco, no entanto, o juiz entendeu de forma diferente e manteve a sua sentença.

Casos como esses podem reforçar os benefícios de se realizar pagamentos através de aplicativos, principalmente de fintechs que geralmente não cobram nenhum tipo de taxa para pagamentos, como Nubank, Inter, Neon, PicPay e entre outros.

Pagamentos online da Caixa requerem alguns cuidados

Esse episódio que aconteceu com a Caixa Econômica Federal somente reforça a necessidade de se ter cuidados quando se realiza qualquer tipo de pagamento e é claro, sempre guardar os comprovantes. Com a chegada de 2022, muitas contas irão chegar, principalmente os pagamentos de impostos que acontecem sempre no início de ano.

Estas obrigações financeiras podem ser pagas na maioria delas, com a ajuda da tecnologia, desde qualquer parte onde estivermos, porém, sempre existem cuidados necessários para a utilização de pagamentos em um banco digital.

Para quem for realizar os pagamentos no celular, o ideal é sempre ter um antivírus instalado no dispositivo móvel. Outro ponto importante é sempre duvidar de links suspeitos que chegam em seu e-mail.

Cuidados para pagar as suas contas em estabelecimentos

Vários lugares como shoppings ou lanhouses também oferecem a possibilidade de pagar boletos, porém nesse tipo de lugar o cuidado deve ser redobrado. Lugares públicos não são recomendados para fazer pagamentos de contas e se você precisar usar um computador público para o pagamento de conta, verifique se esse dispositivo possui um antivírus.

E sempre após concluir o pagamento, os usuários devem limpar o cache e o histórico de navegação que fica nas contas bancárias, alertando o banco sobre a possibilidade de possíveis fraudes. Não têm como saber no caso de Criciúma, mas acompanhar as transações através do app do banco ajuda a prevenir e saber rapidamente de fraudes.

Outro ponto é não confiar em meios de pagamentos que você não utiliza, como o WhatsApp. Mesmo que você tenha que pagar algum serviço online, informe ao seu prestador de serviço que prefere realizar o pagamento por meio de um app de banco como a Caixa, Nubank e entre outros.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.