Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Cadúnico: estados e municípios também usam informações. Entenda

Cadúnico não serve apenas para entrada no Auxílio Brasil. Estados e municípios também usam lista do Governo Federal

O Governo Federal está prometendo inserir ainda neste ano de 2021, cerca de 2 milhões de novos usuários no Auxílio Brasil. Por causa disso, muita gente está recorrendo às prefeituras das suas cidades para tentar entrar no Cadúnico do poder executivo. Essa é a única porta de entrada para o novo benefício.

Só que nem todo mundo sabe que fazer parte do Cadúnico não serve apenas para o propósito de entrar no Auxílio Brasil. Quem está nesta lista, entra na mira do Governo para fazer diversos programas sociais. E não só em um nível federal. Estados e municípios também podem usar esses dados.

E o fato é que eles não só podem, como estão usando de fato. De acordo com informações oficiais, estima-se que mais de 20 unidades da federação estão pagando benefícios sociais dos mais variados tipos, valores e fins. A grande maioria deles usa as informações do Cadúnico.

No estado mais populoso do Brasil, por exemplo, não é diferente. De acordo com as informações oficiais, São Paulo registra neste momento o pagamento de pelo menos cinco projetos sociais, entre eles o vale-gás estadual. Por lá, só estão recebendo as pessoas que encontram-se com o cadastro ativo no Cadúnico.

Várias outras unidades da federação estão fazendo o mesmo. Elas estão registrando uma série de programas e não chegam nem a abrir um processo de inscrição. O próprio governo local abre uma análise própria para identificar quem são as pessoas que estão precisando entrar no benefício que eles estão pagando.

Importância da atualização

Nesse sentido, é sempre importante lembrar da questão da atualização dos dados no Cadúnico. É que não adianta apenas estar nesta lista. É preciso deixar as informações sempre atualizadas para evitar erros.

Não é tão raro ver casos de pessoas que acabam perdendo o direito de receber benefícios não porque elas não podiam, mas porque elas não tinham atualizado essas informações, então é preciso tomar cuidado com essa questão.

Quando devo atualizar

Em regra geral, o Governo Federal dá um prazo de uma atualização a cada dois anos. Para quem está dentro do Auxílio Brasil, a dica é atualizar sempre uma vez por ano, pelo menos, para evitar qualquer dor de cabeça.

Mas é preciso lembrar que é necessário mesmo atualizar o Cadúnico sempre que acontecer uma mudança na estrutura da família. Então a morte de um integrante, o nascimento, a mudança de escola ou de endereço, ou a perda de um emprego são informações que devem constar neste cadastro.

Nem sempre o Cadúnico é necessário

Vale lembrar, no entanto, que nem sempre o Cadúnico é um instrumento necessário para entrar em auxílios sociais. Alguns estados e municípios estão fazendo seleções através de outras formas, como inscrições próprias, por exemplo.

Além disso, estar no Cadúnico não é garantia de que se vai receber nenhum projeto social. Ele apenas garante que as chances de entrada aumentam. Como a entrada na lista é gratuita, então sabe-se que ninguém vai perder nada estando nela.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Celma freire de menesrs Diz

    Tem 7 meses que me escrevi e nâo ta aparecendo no cadastro único

  2. Sandra Helena Alves Gonçalo Diz

    Eu não tenho como fazer um curso pago, preciso fazer uma pela federal de graça, eu não sei como funciona aqui no meu estado

  3. Kátia Diz

    Gostaria de saber como posso utilizar o cadunico para obter redução no preço da conta de luz, pois como estou desempregada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.