Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsonaro: NOVO substituto do auxílio de R$300 deve sair com ESTE valor

O auxílio emergencial no valor de R$300 seguirá sendo pago até o dia 31 de dezembro. A após o término do pagamento do benefício, o Governo Federal poderá colocar em prática um novo programa. A expectativa é que o Renda Cidadã seja criado até lá. Ou que o programa Bolsa Família seja ampliado.

Inicialmente, o Governo Federal propõe que o novo programa social substitua o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial. O texto que cria o programa já foi apresentado. No entanto, devido ao modelo de financiamento, o programa não avançou.

Segundo informações do Blog da colunista Sadi, integrantes do governo Bolsonaro procuram uma solução com fim do auxílio emergencial, uma vez que ele promoveu um aumento na popularidade do presidente. No entanto, a equipe econômica argumenta que não é possível manter o pagamento do auxílio sem furar o teto de gastos.

Qual o valor do possível novo programa?

O novo programa deve substituir o Bolsa Família e ser uma espécie de continuação do auxílio emergencial. Porém, atualmente o governo enfrenta dificuldade para definir a forma de financiamento do Renda Cidadã. Após falar publicamente sobre o Renda Cidadã pela primeira vez e cogitar formas de financiamento, o mercado não reagiu bem e o governo recuou.

De acordo com Lauro Jardim, do jornal O Globo, o presidente deu aviso para Guedes sobre o substituto do auxílio emergencial. Segundo o colunista, o presidente afirmou que o substituto, que deve começar a valer em janeiro de 2021, não pode ter valor menor que R$ 300 por mês, atual valor do auxílio emergencial residual.

Bolsonaro pode desistir do Renda Brasil

Nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro voltou a confirmar que o auxílio emergencial não será prorrogado. Além disso, o chefe do executivo confirmou que um novo programa de distribuição de renda pode não ser criado, com a ideia de “aumentar um pouquinho” o atual programa assistencial Bolsa Família.

Segundo Bolsonaro, o auxílio pago a vulneráveis por causa da crise provocada pela Covid-19 tem caráter emergencial e o Brasil conta com uma capacidade de endividamento e não pode se “desequilibrar”.

“Quem falar em Renda Brasil, eu vou dar cartão vermelho, não tem mais conversa”, disse Bolsonaro em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, da TV Band( o Renda Brasil era o programa previsto pelo Governo para substituir o Bolsa Família)

“Auxílio é emergencial, o próprio nome diz: é emergencial, Não podemos ficar sinalizando em prorrogar e prorrogar e prorrogar”, disse o presidente, acrescentando que “acaba agora em dezembro”.

Ao se referir que agora o foco será o Bolsa Família, Bolsonaro confirmou o que tem falado para a equipe econômica: “Vamos tentar aumentar um pouquinho isso aí.”

O presidente argumentou, ainda, que o país tem que manter as contas em ordem para evitar aumento da inflação, “o imposto mais danoso que existe para todo mundo,” disse ele.

Veja também: 2021 pode começar sem Renda Cidadã e sem auxílio emergencial

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
25 Comentários
  1. Vera Lúcia Mourão Bastos Diz

    O Brasileiro, ainda acredita , nesse genocida e psicopata? O psicopata, é frio, sem sentimentos, e desprovido de visão. Apenas acredita, no que fala.Se for contrariado, enlouquece, falando descontentamente, sem pensar. É, uma doença, que não, tem remédios e nem tratamentos psicológicos. Portanto, não devemos dá murro em ponta de faca, ficaremos ansiosos, poderemos até adquirir, angústias, passando a depressão. Vamos ignora lo, é a nelhor decisão. Ele, vai passar, deixando, apenas catástrofes. Espero que seja punido, pelos crimes, cometidos. Eu acredito, que ele, e nem seus filhos doentios, serão banidos, da política, afinal Deus, é por todos nós. Quis perpetuar no poder, mas será banido,seguirá, igual uma estrela, sem luz, vagando , na escuridão.

  2. Izabel Mauricio da Silva Rodrigues Diz

    Verdade amiga ainda tem uns puxa saco quê ainda colocar um cara deste no pedetral como se ele fosse Deus da até nojo eu tenho 50 anos sempre trabalhei por conta própria hoje não posso mais trabalhar por causa desta pandemia sou de alto risco tenho alguns problemas de saúde ainda não tomei a vacina não liberaram para a minha idade recebir a 2 parcela do auxílio emergencial de 150 reais so chefe de família tenho contas para pagar este dinheiro so deu para pagar a conta de água e a luz iptu gás comida eu não quero luxo não só quero pagar minhas contas e comer pelo menos duas alimentação por dias e compra meus remédios pois sintou muita dor na coluna no ouvido pois ja fiz duas cirurgia neste ouvido um eu pedir a audição escustou muito mau presidente bosonario por favor olha para o povo que ti apoiou assim como o deputado André janones tem lutando muito a favor da gente que somos mais pobre Deus abençoe gradimente amiga

  3. Junior Diz

    Isso é uma vergonha nacional ter coragem de pagar 300.00 reais sendo que tem pessoas em Brasília que tomam vinho de 7.000 reais o seu presidente sai fora porque se você não sair o Lula vai te tirar dai caso contrário se quiser continuar na presidência pela segunda vez volta a pagar os 600 reais até dezembro

  4. Vanete pereira vieira Diz

    Hje dia 19/05/2021 venho expressar as minhas necessidades , pergunto a vossa excelência senhor Jair Bolsonaro o que dá pra fazer com um auxílio de 150.00 reais , na minha idade com 60 anos e sem trabalho com carteira assinada, o que o que dá dignidade a uma pessoa é o trabalho e quem vai dá trabalho a uma pessoa dessa idade , me responda ,tenho alguns problemas de depressão e dependo de remédios que não dá para comprar , não tenho renda de nada a não ser esse auxílio de 150 reais ,como vou fazer para pagar água,luz, Iptu, comprar remédios e como vou comer se nem gás de cozinha tem em casa . Me responda vossa magestade Eu votei no senhor e agora o que devo fazer . Não consigo pagar Inss . Pagava ,mais fui obrigada a descontinuar por não ter condições e agora o que eu fasso , é realmente uma vergonha o cidadão passar por isso nessa idade . Direcionada ao excelentissimo senhor Jair Bolsonaro.

  5. Severina Ramos da silva Diz

    Sou pernambucana moro na baixada santista a 35 anos O que eu vejo que o trabalhos não pode trabalhar na rua como autônomo e uma sobrivdncia.os políticos de não melhorar a vida das pessoas empede trabalhar.Em São Vicente manda polícia bater no trabalhador sendo uma violência. O vendedor de água é humilhado prefere que eles roubem ou trabalhe honestamente todos são ambulante . Governadores deixa o povo trabalhar vc tem o se certo do pobre não. Sejam mais humano polícia é pra prender bando de o não trabalhador que vai comprar pra vender e sustentar a família

  6. Júnior rios Diz

    Boa noite
    Isso é uma falta de respeito com o povo brasileiro.
    Vc seu presidente Bolsonaro que só tem o nome presidente vc tem o que comer aliás come pq depende de nossos impostos que não para de aumentar a cada dia mais.
    E enquanto isso nós não podemos fazer nada nem trabalhar por causa dessa maldita pademia .
    E sabemos que é pau mandado do vagabundo João Doria.
    Q falou que essa porcaria iria acabar logo na primeira quarentena e nada só está judiando cada vez mais o cidadão trabalhador.
    Então toma uma atitude e procura ajudar o povo q t elegeu.
    Quer acabar com o auxílio mais não deixa o povo trabalhar.
    Já era pra ter acabado essa porcaria de quarentena.
    Isso já existe a anos atrás e agora não tem o que humilhar o povo brasileiro fica de briguinha com esse João Doria.
    Para e enxerga a verdade cara.
    Só sabe sair por aí passeando de jatinho
    E nóis coitados temos q ficar em casa isolados passando fome.

  7. Sideneide Rodrigues Dos Santos Diz

    E bom para ou senhor presidente que tou mês tá na conta a ajuda esse povo a ale de doenças Mata agora vai morrer de fome comrta ou salários do político e da por povo comer senhor presidente Bolsonaro fala muito e faz pouco

    1. Jane Oliveira Pedroso Diz

      Nuncna

    2. Izabel Mauricio da Silva Rodrigues Diz

      Verdade amiga ainda tem uns puxa saco quê ainda colocar um cara deste no pedetral como se ele fosse Deus da até nojo eu tenho 50 anos sempre trabalhei por conta própria hoje não posso mais trabalhar por causa desta pandemia sou de alto risco tenho alguns problemas de saúde ainda não tomei a vacina não liberaram para a minha idade recebir a 2 parcela do auxílio emergencial de 150 reais so chefe de família tenho contas para pagar este dinheiro so deu para pagar a conta de água e a luz iptu gás comida eu não quero luxo não só quero pagar minhas contas e comer pelo menos duas alimentação por dias e compra meus remédios pois sintou muita dor na coluna no ouvido pois ja fiz duas cirurgia neste ouvido um eu pedir a audição escustou muito mau presidente bosonario por favor olha para o povo que ti apoiou assim como o deputado André janones tem lutando muito a favor da gente que somos mais pobre Deus abençoe gradimente amiga

  8. Sideneide Rodrigues Dos Santos Diz

    Presidente desculpa eu fala ou senhor vai deixá esssi povo com fome eles votou no senhor

    1. alexandra Carolina Diz

      Olá bom dia presidente bolsonario oque eu vou fazer com 150 . 000 rial vc acredita que se paga luz e água como eu vo comer fale eu moro aqui e Manaus

      1. Junior Diz

        Chega de ficar trocando de soldadinho no seu comando na presidência toma postura vá comprar as vacinas pra salvar seu povo brasileiro pague um auxílio emergêncial digno ao seus cidadãos brasileiros agora dizer que vai pagar 300 e uma vergonha uma desmoralização além de tudo importa tudo pra fora do Brasil e faz seu povo pagar em dobro aqui dentro pelo amor de Deus seus deputados federais tá na hora de tirar esse louco daí é seus filhos que so sabem ofender outros países que apoiam o nosso governo e o povo brasileiro. Tira essa merda de presidente da Casa governamental.

  9. Daniel P. Oddone Diz

    O auxílio emergencial acabou, mas a pandemia não. O João Dória está querendo a qualquer custo afundar São Paulo de vez, ele quer ver todos passando fome esse ditador, então Presidente Bolsonaro tome uma atitude com esse vagabundo do João Dória que está brincando de ser governador ,e deixa nós trabalharmos. Já que o governo não pode ajudar em nada ,deixa nós trabalharmos .

  10. Marly Fontana Diz

    Como sobreviver doente dores intenças, falta das coisas, remédios manipulados, sem renda marido desempregado cuidando de mim, ainda perdi meu emergêncial, disse q a cidadania tá avaliando meu caso, até morrer, não vou mais precisar, vê como passamos o fim de ano é de chorar.2anos em análise.

    1. Anabela pereira frota da Silva Diz

      Senhor presidente .olha pelo povo que te elegeu. Para com suas arrogância , deboche menos e haja com serenidade com, o povo brasileiro.

  11. Marcio Diz

    Vão trabalhar PTralhas

  12. Maria das dores Alves Diz

    Então fim do auxílio emergencial vai deixar falta pra muita gente?Eu sou uma delas porém estou desempregada sem renda nenhuma ñ tenho saúde vivo com aguda de familiares acho que o presidente deveria estender até a pandemia acabar eu mesmo vivi momentos difícil ñ é fácil

  13. Maria Lúcia Tomaz Ribeiro Diz

    Boa tarde pra todos é quer diser qui o auxílio emergêncial não vai ter mais e como vai faser quem qui tá desempregado por motivo de saúde não di saúde qui já deu entrada no auxílio doença e é negado como fica a situação não tenho renda Neuma neim bolsa família não tenho marido vivo di ajuda pelos vizinhos tenho 52anos tenho vários pobrema di saúde moro só aí como uma pessoa não têm capacidade pra trabalhar e ainda não têm uma vd diguina por falta de condições financeiras vivo dependendo dos outros pra sobreviver isso é muito triste feliz Natal pra todos

  14. Rute De Oliveira Silva Diz

    Tenho 59 anos sou diarista , trabalho como autônoma , estou vários problemas de saúde ,não apta para o trabalho ,e pela idade já encontrava dificuldade para trabalhar, e doencas comprovada pela medicina , não consegui auxílio doença , .durante TD tempo em que o auxílio emergencial foi pago ,usei o para exames médicos e remédios ,p sus e uma longa espera ,e muito mal organizado , a pergunta e o que será de nos informais sem ter um benefício , ? Se o governo reformou a previdência ,tirando de nós o direito de aposentadoria alterando a nossa idade ,teve gente com aposentadoria concedida por LER e eu com fibromialgia, artrites e artroses,veia safena intupida, artroses no lombo sacral ,joelhos e tornozelos com grandes desgaste , onde poderei arrumar trabalho ? E como trabalhar se mal consigo locomover? Fazer faxina usando cadeiras de rodas , será que não tá na hora do Bolsonaro analizar a situação dos brasileiros que tem quadros clínicos e idade referentes a mim

    1. Márcio Diz

      Com o fim do auxílio emergencial as pessoas vão ficar passando dificuldades,os políticos ganha muitos,e aumenta seus salários, concerteza o presidente pede a eleição de 2022,que o povo que vota nele são os precisa dele!

    2. Linda Antonia Diz

      Agora terá 56.5 e 30 anos de contribuição achei que ficou complicado, porque nem todo mundo tem esse tempo todo de contribuição. Na minha opinião seria melhor o INSS olhar esse lado e ajudar os doentes.

  15. Aparecida Claro de Oliveira Diz

    Como vamos fazer sem o auxílio emergencial? Vamos passar fome. Há muitos que não tem renda nenhuma. Como no caso eu e outras pessoas. Doque vamos sobreviver. Já tenho 63 anos e não tenho como trabalhar.

  16. Vilma Souza Santos Diz

    Nossa muito bom como fasso pra conseguir

  17. Terezinha das Graças soares Diz

    Olá bom dia eu queria saber tenho uma micro empresa pela meu posso fazer o empréstimo para reabrir e dar continuidade comprar produtos proprios.

  18. Valeria Alves Diz

    BLog da Sadi,com sempre deixando a entender que o presidente só repassou o auxílio para aumentar sua popularidade, sempre com malícia e crítica suja nas entrelinhas, nojo disso, é o Lauro Jardim, é só ver em que jornal ele escreve, poderiam usar jornalistas de verdade como referência de notícias, e não militantes babacas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.