Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2021 pode começar sem Renda Cidadã e sem auxílio emergencial

O Renda Cidadã, nome até então do novo programa social do governo, ainda não teve fonte de financiamento definida. Esse programa deve substituir o Bolsa Família. Inicialmente, a ideia do governo era lançar o programa no início de 2021, quando o auxílio emergencial não deve fazer mais pagamentos.

O pagamento do auxílio emergencial deve ser finalizado em dezembro de 2020, quando os últimos pagamentos da prorrogação de R$ 300 serão feitos. De acordo com a Folha de S. Paulo, Paulo Guedes, ministro da Economia, já sinalizou que não há nada definido sobre o novo programa. Por isso, agentes do governo já cogitam que o início de 2021 não terá o auxílio emergencial e nem o substituto do Bolsa Família.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o ministro já reconhece a possibilidade de utilizar outra saída para auxiliar a população brasileira em 2021, se assim for necessário. Entretanto, para ele, uma nova prorrogação do auxílio emergencial só deve ocorrer se o Brasil iniciar uma segunda onda da Covid-19.

Pessoas do Ministério da Cidadania já debatem sobre uma expansão limitada do Bolsa Família. A pasta é responsável por cuidar de diversos benefícios sociais emergenciais do Brasil. Se isso acontecer, o jornal divulgou que o orçamento dessa expansão limitada deve ser menor do que o que vem sendo cogitado para o Renda Cidadã.

10 Comentários
  1. Gisele Coelho Diz

    E difícil o fim dos tempos tá ai Jesus está voltando e a tendência é só piorar

  2. Valter Batista Tavares Diz

    Poxa não ajudar nós pobres que temos dificuldades em tudo até de sobreviver e não conseguem reduzir a corrupção Bas sim o dinheiro aparece.

    Poxa Presidente Veja uma prorrogação do auxílio para 2021 para as pessoas pobres e especiais.

    1. Roberto Marioti Diz

      Boa tarde , dinheiro para aumentar salários de prefeitos e políticos em geral , buscam recursos .
      Socorrer bancos para não quebrar , tem recursos .
      Recursos para as ongs , fazer sei lá o que , tem recursos.
      Recursos para campanha político , para pedir votos para o pobre , tem recurso.
      Dinheiro para socorrer o pobre miserável que votaram neles , para isso não tem recurso .
      Parabéns políticos brasileiros.

  3. Marcia Diz

    Boa tarde. Gostaria de saber se irá abrir um novo cadastro para aqueles q na epoca não se enquadavam as exigências?

  4. ROSANGELA APARECIDA BRIE Diz

    Isso já tá humilhante as pessoas pobres precisa de ajuda pois não emprego suficiente pra todo e p governo não que tirar deles próprio agora dos pobres ele quer tirar até o último centavo e quem não pode trabalhar porque tem problema de saúde como fica vai morrer de fome oque ele gasta em um dia um família pobre não consegue gastar em um mês isso é a realidade que estamos vivendo no nosso Brasil que tristeza isso

  5. Daniel Mendes Neto Diz

    Boa tarde, pega o dinheiro que se gasta com funcionalismo Público, que é muito dinheiro, na casa dos R$128000,000,00, e faz uma divisão, se gasta muito a tóa, a população está cada vez mais pobre. Todos os governos, só defende a classe deles.

  6. Paulo Castilho Diz

    Diz que não tem dá onde tirar recursos para financiar a ajuda a nós pobres , mas não tira de jeito nenhum das aves de rapina do Palácio do Planalto e de TDS os abutris que pica cartão em Brasília 😡😡🤬

  7. Carlos Alberto Moreira Diz

    O NOME DO BOLSA-FAMÍLIA DEVERÁ MUDAR PARA BOLSA-ONARO !

  8. Breno da Fonseca Diz

    Simples, só tirar desses deputados! eles têm o salário alto demais

    1. jonată Diz

      correto

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.