Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Biologia: Fatores abióticos mais importantes

Fatores abióticos são os componentes não vivos do ecossistema, incluindo luz solar, água, temperatura, vento e nutrientes.

Essa matéria costuma cair em provas de biologia e até concursos desta área. Conheça mais!

Fatores abióticos

Fatores abióticos são os componentes não vivos do ecossistema, incluindo seus fatores químicos e físicos. Fatores abióticos influenciam outros fatores abióticos.

Além disso, eles têm impactos profundos na variedade e abundância da vida em um ecossistema, seja na terra ou na água.

Sem fatores abióticos, os organismos vivos não seriam capazes de comer, crescer e se reproduzir.

Veja lista de alguns dos fatores abióticos mais importantes.

Luz solar

Como a maior fonte de energia do mundo, a luz solar desempenha um papel essencial na maioria dos ecossistemas. Fornece a energia que as plantas usam para produzir alimentos e afeta a temperatura. Os organismos devem se adaptar dependendo de quanto acesso eles têm à luz solar.

Leia mais – Geografia: Resumão sobre Sistema Solar para ir bem nas provas

Oxigênio

O oxigênio é essencial para a maioria das formas de vida na Terra. A razão? Eles precisam de oxigênio para respirar e liberar energia dos alimentos. Dessa forma, o oxigênio impulsiona o metabolismo da maioria dos organismos.

Temperatura

A temperatura média, a faixa de temperatura e os extremos de temperatura no ar e na água são importantes para a forma como os organismos vivem e sobrevivem em um ecossistema.

A temperatura também afeta o metabolismo de um organismo, e as espécies evoluíram para prosperar na faixa típica de temperatura em seu ecossistema.

Vento

O vento pode exercer muitos efeitos em um ecossistema. Ele move outros fatores abióticos, como solo e água. Ele dispersa sementes e espalha o fogo.

O vento afeta a temperatura e também a evaporação do solo, ar, águas superficiais e plantas, alterando os níveis de umidade.

Água

A água é essencial para toda a vida. Em ecossistemas terrestres (terrestres) onde a água é escassa, como desertos, os organismos desenvolvem características e comportamentos que os ajudam a sobreviver, captando e armazenando água de forma eficiente.

Isso às vezes pode criar uma fonte de água para outras espécies também. Em ecossistemas como as florestas tropicais, onde a abundância de água esgota os nutrientes do solo. Muitas plantas têm características especiais que as permitem coletar nutrientes antes que a água os leve para longe.

A água também contém nutrientes, gases e fontes de alimentos dos quais as espécies aquáticas e marinhas dependem e facilita o movimento e outras funções vitais.

Correntes oceânicas

As correntes oceânicas envolvem o movimento da água, o que, por sua vez, facilita o movimento de fatores bióticos e abióticos, como organismos e nutrientes. As correntes também afetam a temperatura da água e o clima.

Eles desempenham um papel importante na sobrevivência e no comportamento dos organismos que vivem na água, uma vez que as correntes podem influenciar coisas como disponibilidade de alimentos, reprodução e migração de espécies.

Leia mais – Biologia: O que é acidificação oceânica e suas causas

Nutrientes

O solo e a água contêm nutrientes inorgânicos de que os organismos precisam para comer e crescer. Por exemplo, minerais como fósforo, potássio e nitrogênio encontrados no solo são importantes para o crescimento das plantas.

A água contém muitos nutrientes dissolvidos e o escoamento do solo pode transportar nutrientes para os ambientes aquáticos e marinhos.

E então, o que achou do tema?

Compartilhe com quem precisa saber disso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.