Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio: usuários reclamam de problemas na atualização do Cadúnico

Alguns cidadãos estão usando as redes sociais para dizer que o Dataprev estaria cortando o Auxílio por falta de atualização no Cadúnico

O Governo Federal anunciou há algumas semanas que vai prorrogar o Auxílio Emergencial por mais três meses. Assim, dá para dizer que o programa vai durar até, pelo menos, o próximo mês de outubro. No entanto, nem todo mundo vai poder receber até lá. É que os temidos cancelamentos do Dataprev continuam.

Desde que esse ritmo de bloqueios aumentou, vários usuários estão usando as redes sociais para criticar o Dataprev. Muitos deles estão dizendo, aliás, que esses cancelamentos estariam acontecendo por justificativas irreais. Uma dessas críticas gira em torno da questão da atualização do Cadúnico.

É que algumas pessoas estão dizendo que chegaram a atualizar informações dessa lista há alguns meses. Mesmo assim, ainda de acordo com esses cidadãos, o Dataprev estaria usando dados antigos deste mesmo Cadúnico para justificar o cancelamento nas contas do Auxílio Emergencial em diversas contas.

“É muita irresponsabilidade do Dataprev. Eu atualizei o Cadúnico em setembro. E na nova versão, consta que eu moro sozinha e vocês (Ministério da Cidadania) usam o de abril que conta que ainda moro com minha mãe”, disse uma internauta em um post do perfil oficial do Governo Federal no Twitter.

Essa informação que revela se o cidadão mora sozinho ou não pode fazer toda a diferença no Auxílio Emergencial deste ano. É que de acordo com o próprio Ministério da Cidadania, isso pode fazer a pessoa receber menos ou até mesmo perder o benefício, como foi o caso da internauta do Twitter acima.

Regras do Auxílio

De acordo com as informações oficiais do Ministério da Cidadania, apenas uma pessoa por família pode receber o Auxílio Emergencial este ano. Isto é portanto uma mudança em relação ao que aconteceu no ano passado.

Em 2020, o Governo permitiu que até duas pessoas por casa recebessem o valor do projeto. Hoje, isso não pode acontecer. Então quem mora em uma casa com um beneficiário do Auxílio, não pode receber o benefício também.

Além disso, a renda das pessoas que moram com o beneficiário do programa também importa. É que existe um limite máximo de valor per capita, que nada mais é do que a junção dos ganhos dos familiares que moram juntos. Isso também pode terminar em bloqueio do benefício.

Dataprev

Nossa equipe procurou o Dataprev, o Ministério da Cidadania e a Caixa Econômica Federal. O banco informou que não pode responder por essas escolhas de quem recebe o dinheiro do programa ou não. Eles só fazem os pagamentos.

O Dataprev e o Ministério da Cidadania não responderam as nossas mensagens. Pelo menos não até a publicação desta matéria. Em caso de envio da resposta, esse artigo vai passar por uma atualização para inserir o argumento do Governo Federal.

Enquanto a resposta não chega, centenas de pessoas nas redes sociais seguem reclamando desta situação. Eles alegam que possuem o direito de receber o benefício, mas que sofreram um corte “injusto” no programa. E a tendência é que essa polêmica siga pelos próximos meses.

18 Comentários
  1. Maria Ribeiro Da Silva Diz

    Junho de 2020 fui demitida,ate o momento estou desenpregada,fiz cadadtro unico em janeiro de 2021 ate agora esperando sou divorciada mae de 2 filhos. Minha caçula tem 4 anos ,nunca recebi,bolsa-família, leve leite,vale gás isso e que eu ainda moro de aluguel,temuita coisa errada nisso viu..não e possível que eles não veja ,que estou sem renda nenhuma..

  2. Lúcia De Fátima Pierin Ruedas Prieto Diz

    Boa noite sou faxineira com o Covid perdi meu serviços sou autônomo meu pedido do auxílio emergencial foi negado gostaria de saber porque não tenho direito

  3. Sandra Cardoso dos Santos Diz

    Eu recebi a primeira e a segunda parcela do auxílio emergencial e terceira parcela não consegui foi cancelado dizendo que eu estou fora do critério nem um membro da minha família foi aprovado pelo auxílio emergencial pelo público bolsa família fui no CEPLAC pra saber o motivo falaram pra mim que meu cadastro tava atualizando e que não podia resolver e pra piorar minha situação eu não posso nem contesta quando vou contesta aparece uma messagem dizendo pessoas não pode ser identificado em auditoria de órgão de controle eu sou mãe solteira tenho dois filhos uma criança de oito anos tô desempregada moro de aluguel não tenho carteira assinada moro sozinha com minha filha meu outro filho não mora comigo ele está morando em São Paulo com a família eu moro na Bahia tiraram o meu único sustento está muito difícil arrumar um emprego nessa crise pelo o amor de Deus gente me ajudem estou passando por momentos muito difícil

  4. Jaqueline Diz

    o data preve fala que no meu endereço já tem uma pessoa recebendo o auxílio sendo que ninguém está recebendo

  5. Raiane Diz

    Por isso entrei com uma ação pois eles não atualizam meu cadastro desde ano passado sou mãe de duas crianças e estou desempregada e no meu cadastro não consta minhas filhas

  6. Thays nara Diz

    Eu ja fui no Crás atualizar o meu bolsa familia em marco de 2021 e não fui a provada pró novo auxilio no ano passado eu resebi é porquê agora não

  7. Krisley oliveira da Silva Diz

    Sou beneficiária do bolsa família, tenho duas crianças um de 2 e uma de 3 anos, sou chefe de família e dês de setembro não peguei a extensão… fiz a contestação dia 23/11/2020 e até hj n saiu de análise, já mandei para a ouvidoria e nada de resposta

  8. Natalia Diz

    Meu cadrastro nao foi atualizado des de janeiro
    Consegui pegar o auxílio em dezembro depois disso cortaram.

  9. Francisco Jefferson Diz

    Boa noite eu fiz a regularização do meu card único no dia 14/07 e a moça me falou pra esperar até 47 dias eu acho isso um absurdo

  10. Andreza Diz

    Essa data prev tá de brincadeira Tudo tinha que ser atualizado mês a mês

  11. Aninha Diz

    Isso é verdade! Eles usam o dados antigos mesmo que tenhamos ido ao CRAS atualizar, atualizei o meu ano passado em junho, e já atualizei novamente esse ano em junho e eles usam meu cadastro de 2018 quando ainda estava com meu ex marido e ele constava no meu CadÚnico por esse motivo ele recebeu os 600,00 e os 300,00 ano passado por constar no CadÚnico e ele trabalha de carteira assinada, ele me traiu e me deixou com meus filhos eu crio meus filhos sozinha, oficial não acha ele, hoje moramos em cidades diferentes, e até agora usam um cadastro muito antigo e eu nunca fui aprovada para receber bolsa família 😒 graças à Deus que ainda está vindo 150,00 que já ajuda pelo menos nos gás e água 🙌🏽🙏🏽

  12. Dilma Diz

    Na serra tá difícil até agosto não tem vaga

  13. AnA Rosa santos de oliveira Diz

    O meu auxílio emergêncial foi cancelado acusando q eu estou de carteira assinada

  14. Priscila Hayafa Nunes Da Silva Diz

    Bom Dia,é uma luta pra tentar conseguir algum benefício do governo.
    Não dá pra entender a pessoa chega no cras pra fazer o cadastro algumas vezes a atendente é grossa,como se eles fosse pagar pra quem precisa,quem libera é o governo..
    Mas creio que deve ser eles quem escolhe a família que vai receber.
    Eu estou desempregada já fez 1 ano,já entreguei currículo em vários estabelecimentos fiz entrevistas e nada,sou mãe solteira tenho 2 filhas e não recebi pensão o Pai está desempregado também. .e pra receber alguma coisa do governo tá quase impossível. .

  15. Aparecida Lourenço da Silva Diz

    Pior trabalhei muitos anos paguei muito imposto por governo hoje eu preciso de um bolsa família e não tenho direito já fui no cras e até agora tá em análise como pode pois eu preciso sou mãe solteira não estou trabalhando registrado estou mendigando um bolsa família e não tenho direito falta de respeito com ser humano

  16. SIOELITA FRANÇA Diz

    Quero muito receber o auxílio sou mãe de 3 filhos solteira não tenho trabalho por favor me ajudem estou passando por momentos difíceis contas a pagar comida pra comprar e entre outras coisas recebo 212 do bolsa e não fui aprovada pra receber o auxílio é justo isso tão piedade das pessoas

  17. Elyana Regina s.carmo Diz

    E verdade o dataprev cancelou o meu auxílio desde o amo passado alegando q eu recebo seguro defeso posso provar por meio de documentos q não é verdade.ja fiz de tudo p q eles revissem o meu auxílio mas infelizmente isto não aconteceu.ficaram com o q era meu.moro so ,e dois cachorros.n sou aposenta.

  18. Maria José Nascimento Costa Diz

    Recebi a segunda parcela do auxílio emergencial e a terceira parcela não consegui receber o que aconteceu?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.