Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: Pagamentos voltam nesta QUARTA, 13

Depois da pausa neste feriado do dia 12 de outubro, o Governo já tem uma data para a retomada da liberação dos saques do Auxílio

O Governo decidiu dar uma pausa nas liberações dos saques do Auxílio Emergencial no feriado do dia 12 de outubro. Tudo por causa do feriado de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. No entanto, já há uma data para a retomada dos pagamentos do programa. E isso vai ser mais em breve do que se imagina.

Veja também: Guedes: Auxílio emergencial com prorrogação de R$500

De acordo com o calendário do projeto, o Governo Federal vai retomar essas liberações já nesta quarta-feira (13). Vai ser neste dia que eles irão fazer a liberação do saque para os informais que nasceram em julho. Segundo a Caixa Econômica Federal, o dinheiro em espécie estará na conta dessas pessoas desde as primeiras horas da manhã.

Além deles, mais dois outros grupos deverão receber essa liberação ainda nesta semana. Na quinta-feira (14), por exemplo, vai ser a vez dos usuários que nasceram no mês de agosto. A semana se fecha na sexta-feira (15), com os saques para os informais que fazem aniversário em setembro. Pelo menos essa é a lógica até este momento.

Todas essas pessoas receberam o dinheiro desta 6ª parcela do Auxílio Emergencial há algumas semanas. Só que naquele primeiro momento, eles só podiam realizar algumas atividades limitadas. De acordo com a Caixa, eles podiam pagar boletos e fazer algumas compras em alguns estabelecimentos credenciados.

E tudo isso só podia acontecer através do app do Caixa Tem ou mesmo do sistema Internet Banking. Ainda de acordo com a Caixa, cerca de 70% dos usuários do programa usam esses meios digitais para movimentar o dinheiro do Auxílio Emergencial. Pelo menos é isso o que mostram os dados mais recentes sobre o assunto.

Auxílio Emergencial

O Governo Federal começou os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda no ano passado para algo em torno de 70 milhões de pessoas. O objetivo inicial era ajudar os informais que não estavam conseguindo encontrar emprego na pandemia.

Durante os três primeiros meses deste ano, o Palácio do Planalto não realizou nenhum tipo de repasse. Só que diante da situação da pandemia no Brasil, eles optaram por recuperar os pagamentos do benefício em abril deste ano.

Só que desta vez o programa está sendo realizado em uma situação diferente. Os valores, por exemplo, caíram dos R$ 1,2 mil para cerca de R$ 375, no máximo. O último dos pagamentos deve acontecer no final deste mês de outubro.

Prorrogação

Membros do Ministério da Cidadania, aliás, estão fazendo pressão para que o Governo Federal decida prorrogar o Auxílio Emergencial por mais alguns meses. A ideia é que os repasses entrem pelo ano de 2022.

É que de acordo com o Ministro da Cidadania, João Roma, sem essa prorrogação algo em torno de 25 milhões de brasileiros que hoje recebem algum benefício do Governo Federal deverão ficar sem nada a partir de novembro.

De acordo com informações de bastidores, é muito provável neste momento que o poder executivo confirme essa prorrogação. No entanto, pelo menos até o fechamento deste artigo, eles não tinham confirmado nada oficialmente sobre esse assunto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Cristiana Silva Saldanha Diz

    Sou chefe de família meu auxílio foi aprovado mais a caixa não liberou não recebo bolsa família gostaria muito que liberasse meu dinheiro estou muito necesitada

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.