Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial já tem discussão para prorrogação

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Gudes, o auxílio emergencial será prorrogado por mais três meses. O benefício terminaria no próximo mês, julho, porém o governo deve editar uma nova Medida Provisória (MP) para conceder mais parcelas.

A nova rodada do auxílio emergencial está sendo concedida a famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, incluindo as inscritas no programa de distribuição de renda, o Bolsa Família.

Valor do auxílio emergencial

A prorrogação vai seguir as mesmas regras de distribuição do benefício atual, sendo concedido:

  • R$ 150, para famílias de apenas um membro;
  • R$ 375 para mães chefes de família;
  • R$ 250 para famílias com um casal e filhos.

Propostas

Além da extensão discutida no Governo Federal, está em trâmite na Câmara dos Deputados, um Projeto de Lei (PL) que prevê a prorrogação do auxílio emergencial até dezembro de 2021.

A proposta foi apresentada pelo deputado André Janones, que também define um novo valor ao benefício. De acordo com o texto do PL, o auxílio seria pago até dezembro no valor tabelado de R$ 500.

No entanto, para receber o benefício o cidadão deve:

  • Ser maior de 18 anos de idade;
  • Não ter emprego formal ativo;
  • Não ter recebido no ano anterior rendimentos tributáveis abaixo da faixa de isenção;
  • Não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial;
  • Não receber seguro-desemprego;

Saques do auxílio

Em meio as discussões sobre as possíveis prorrogações, a Caixa Econômica Federal segue liberando os saques do benefício, bem como as transferências pelo Caixa Tem. As quantias referem-se ao pagamento da segunda parcela do auxílio.

Veja quais grupos poderão sacar o benefício em espécie e fazer transferências esta semana:

  • Nascidos em outubro: saque liberado no dia 15/06;
  • Nascidos em novembro: saque liberado no dia 16/06; e
  • Nascidos em dezembro: saque liberado no dia 17/06.

Além de realizar o saque ou transferência do benefício, o usuário pode movimentar o seu dinheiro utilizando os próprios recursos do Caixa Tem. Com ele, o beneficiário consegue pagar boletos e contas, fazer compras online com o cartão de débito virtual e compras presenciais com o QR Code, realizar recargas no celular além de utilizar os serviços do PIX.

Veja também: Auxílio Emergencial: Caixa deve anunciar antecipação da 3ª parcela nesta terça, 15

4 Comentários
  1. Rita de Cássia Simões dos Santos Diz

    Boa noite estou desempregada não fui aprovada no auxílio emergêncial não tenho nenhuma renda estou passando nessicidade não consigo nenhum trabalho preciso do auxílio emergêncial 😩😫

  2. Rosana Fernandes freire Diz

    Eu estou precisando de receber o meu auxílio que fui aprovado como fazer está acontecendo um mau entendido porque estão querendo deixa de me pagar eu não tenho outra renda

  3. Marta Diz

    Esse auxílio emergencial tá uma vergonha e uma humilhação, eles não quer aumentar o auxílio as coisa só aumentando
    Emprego tá ruir com essa crise

  4. Marta Diz

    Esse auxílio emergencial tá uma vergonha e uma humilhação, eles não quer aumentar o auxílio as coisa só aumentando

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.