Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: Guedes diz que prorrogação “pode acontecer”

De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, uma nova prorrogação do Auxílio Emergencial pode acontecer

Pela primeira vez depois de muito tempo o Ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu a possibilidade de prorrogação do Auxílio Emergencial. Em entrevista para o jornal O Globo, o chefe da pasta econômica disse que o Governo tem dinheiro para pagar mais alguns meses do programa em questão.

“Isso pode acontecer (a prorrogação da nova rodada do auxílio). Tem recursos já separados para isso. O que a gente sabe é que quando ele acabar, ele tem que aterrissar no Bolsa Família mais robusto e permanente. Tem que ser bem financiado”, disse o Ministro na entrevista em questão. No entanto, ele evitou cravar essa decisão.

Atualmente, o que se sabe é que o Governo Federal deve pagar o Auxílio Emergencial até o fim do próximo mês de outubro. Na prática, dá para dizer que faltam apenas mais dois repasses para os usuários. Só que nos últimos dias, está crescendo muito a possibilidade de o projeto ir mais além do que se esperava.

Na última semana, por exemplo, o Ministro da Cidadania, João Roma, chegou a dizer que o Governo não poderia deixar as pessoas desamparadas a partir de novembro. É que se estima que mesmo com a chegada do novo Bolsa Família, cerca de 25 milhões de brasileiros que hoje recebem algum projeto do poder executivo irão ficar sem nada dentro de mais algumas semanas.

A prorrogação do Auxílio Emergencial aconteceria ao mesmo tempo em que o Governo Federal estivesse pagando o novo Bolsa Família. Dessa forma, dá para dizer que o Planalto passaria a pagar os dois de uma só vez. No entanto, essa ainda não é uma informação oficial. Eles ainda precisam discutir esses pontos.

Arthur Lira

Além de Paulo Guedes e de João Roma, uma possível nova prorrogação do Auxílio Emergencial ganhou mais um entusiasta nesta segunda-feira (27). De acordo com o site de notícias Valor, o Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse que existe um ambiente no Congresso para este ideia.

Ainda segundo informações da imprensa, Lira se encontrou com Roma em um evento no início desta semana. Os dois acabaram discutindo justamente este ponto. A opinião do Presidente da Câmara é importante porque é ele que pode pautar ou não esta discussão.

E segundo interlocutores do Governo Federal, a regra geral é que uma possível nova prorrogação do Auxílio Emergencial vá depender do Congresso Nacional. Então seja qual for a decisão do Planalto neste sentido, ela vai precisar do respaldo do Congresso Nacional.

Auxílio Emergencial

O Governo Federal retomou os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda no último mês de abril. Isso depois de um hiato de três meses sem nenhum repasse. Para esse retorno, a ideia era seguir com as liberações até o último mês de julho.

No entanto, o fato é que a pandemia do novo coronavírus ainda estava apresentando números altos no momento. Por isso, o Governo Federal achou melhor prorrogar o benefício até outubro. E até aqui o fato é que essa é a informação que está valendo agora.

Como dito, isso pode mudar a qualquer momento. Basta que o Governo envie para o Congresso Nacional a proposta da nova prorrogação do Auxílio Emergencial. E isso teria que ser feito em tempo recorde. Pelo menos é o que dizem os analistas.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

12 Comentários
  1. Elaine Diz

    Esses governantes são muito safados e quem não recebe bolsa familia que paga aluguel agua luz e tem que por comida em casa esse valor e uma vergonha virou o país da vergonha ai quando chega a eleição vem pedir voto mas pagar mais não paga e só essa miseria que nao da pra nada conheço pessoas que recebem 150 e tem familia pra sustentar sem emprego sem salário o povo ta morrendo criancas estao morrendo por não ter o que comer tomem vergonha vai prorrogar a quanto 300 reais vai la governantes vem aqui na minha casa troca comigo minha geladeira estávamos dividas eu tenho muitas contas então nem se fala vai pagar pra mim não vai então cria vergonha e da um alimento decente pro povo viver

  2. Lene Diz

    É uma vergonha o que está acontecendo em nosso país com esse governo miserável que simplesmente dá esmola aos pobres e ainda fica achando que faz muita coisa, esse tal de auxílio que muitas vezes não dá pra quase nada, pois enquanto Bolsonaro come filé, o povo rói o Esso que triste isso.

  3. Mamata de Sá Diz

    Acho que esse auxílio tinha que ser eterno. Quero fazer igual aos políticos, ganhar sem fazer nada.

  4. Ricardo Aragão Diz

    Eu e minha esposa numa casa , os dois desempregados só eu recebendo 250 reais para 30 dias e 30 noites , trabalhava com táxi e aplicativos quando entrou a pandemia parou tudo não tinha como pagar as diárias , chegamos a vender TV som computador pra nos mantermos vivos, e agora com a CNH atrasada e os carros pra alugar cobrando 1.500 reais pela semana e calção,estou em cheque mate, não sabemos mais o que fazer…. precisamos de ajuda.

  5. Roselene Aparecida Faria Tavares Diz

    Acho que o auxílio tem que ser prorrogado pois,
    Estamos quase passando fome meu marido taxista não está ganhando nada pago aluguel , única ajuda que ele tem é umas babinhas que vêndo de vez enquado ?

  6. CLeia Regina da Silva Vieira Diz

    Depois desse auxílio como vai ficar as pessoas passar fome sem empregos a fome já está batendo em várias casas gás comidas energia como o pobre vai viver nas ruas pq não tem um amparo dos políticos q ganha fortunas que País e esse

  7. Jorge Diz

    Auxilio emergencial já deu tudo q tinha q dar… Esse dinheiro está sendo recuperado na forma de altos preços.
    Já chega de auxílio.

  8. Mario Diz

    Quero investir em off shore também.

  9. Joanita Mattos Diz

    Auxílio passa fome

  10. Belmita Cortes Coelho Diz

    Tem pessoas q nao precisam e estão recebendo.

  11. Crislane Diz

    Diminuíram o auxílio e ainda excluíram pessoas que realmente precisa, que eu sou uma dessas pessoa, nao recebo auxilio nem bolsa familia so depois que acabar p auxilio e nem um beneficio do governo.Tenho 3 filhos e ainda moro de aluguel no valor de 400 me viro do jeito que posso para sustentar a família.. Agira cadê o auxílio que podia ajudar e nada?
    Cadê o bolsa familia que tbm podia ajudar e nada?

  12. Jelcilene Amaral pimentel Diz

    O governo tem q pagar o auxílio emergêncial, para as pessoas ,q da usuario ñ processado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.