Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Auxílio Emergencial deverá ter queda de usuários nos próximos dias

Como é de praxe, Dataprev está analisando as contas dos mais de 35 milhões de usuários do Auxílio Emergencial

De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial do Governo Federal atende hoje algo em torno de 35 milhões de famílias. Esse número já foi maior. No início dos repasses, ainda em abril deste ano, os pagamentos chegaram na casa de cerca de 39 milhões de pessoas.

Essa queda aconteceu por vários motivos. Um deles, por exemplo, foi a Dataprev. Esse é o órgão do Governo que está analisando periodicamente as contas de todos os usuários do Auxílio Emergencial. Ao menor sinal de fraude ou de inconstância de informações, eles podem acabar recomendando o bloqueio definitivo ou não do perfil.

Desde o início dos pagamentos em abril deste ano, milhões de pessoas perderam as suas contas. E o fato é que pelo menos mais algumas centenas devem seguir perdendo pelos próximos dias. Pelo menos essa é a expectativa da própria Dataprev neste momento. Agora só resta esperar para ver quem são eles.

Quem recebe o Auxílio Emergencial certamente já se acostumou com o fato de que entre os pagamentos, a Dataprev faz nova análises. E vale lembrar que nós estamos neste momento justamente entre os repasses do 6º e do 7º ciclo. Então mais pessoas poderão sair do programa nas próximas horas.

Apenas em alguns desses casos, os cidadãos ganham o direito de contestar o resultado junto à própria Dataprev. De acordo com o órgão, as pessoas que passam pelo chamado bloqueio definitivo não ganham a liberação sequer para questionar o resultado em questão. Esses brasileiros afirmam que isso seria uma espécie de injustiça.

Olho no site

Diante dessa situação, o melhor a se fazer é não tirar o olho do site oficial do Auxílio Emergencial. É aquele endereço da consulta do benefício. É por lá que o cidadão pode verificar como está a situação da sua conta.

Para fazer isso, vai ser preciso inserir alguns dados pessoais. Eles pedem o nome completo, data de nascimento, número do CBF e o nome completo da mãe. Aí o usuário vai ficar sabendo se o benefício está ativo ou não.

É importante saber disso porque em alguns casos o cidadão vai poder contestar o resultado. E pelas regras gerais ele tem até 10 dias para fazer isso, contando da data do cancelamento. Em alguns casos, a pessoa só acaba descobrindo que passou pelo bloqueio depois que esse prazo acaba.

Prorrogação do Auxílio

Como se sabe, o Auxílio Emergencial ainda deve fazer mais um pagamento. Só que está crescendo dentro do Palácio do Planalto a ideia de que o programa poderá ganhar mais uma prorrogação.

Se isso acontecer, é provável que a Dataprev siga fazendo as suas análises mês após mês. E isso significa dizer que o número de usuários irá cair ainda mais durante os próximos meses. Pelo menos essa é a expectativa.

De qualquer forma, é importante lembrar que essa não é ainda uma informação oficial. O Governo Federal ainda está debatendo o tema e deverá falar oficialmente sobre o assunto provavelmente ainda durante esta semana.

5/5 - (1 vote)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.