Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: como saber se caiu no pente fino da Dataprev

Dataprev liberou a lista de pessoas que devem receber a sexta parcela do Auxílio Emergencial. Veja como localizar informação

O Governo Federal deverá começar a pagar dentro de mais alguns dias a sexta parcela do Auxílio Emergencial. Nem todos os mais de 37 milhões de usuários do programa seguirão recebendo o benefício. Nesse sentido, é importante se informar para saber quem vai seguir pegando esse dinheiro e quem vai deixar de receber essa quantia.

A boa notícia é que não é tão difícil localizar essa informação. O primeiro passo é abrir o site oficial do programa. É aquele em que o cidadão costuma realizar consultas sobre o benefício. Por lá, basta inserir as suas informações básicas. Eles pedem dados como nome completo, número do cpf, data de nascimento e o nome da mãe.

É preciso ter o máximo cuidado nesse momento. Antes de inserir essas informações, o cidadão precisa verificar se está no site oficial do programa. É que de acordo com a Polícia Federal (PF) várias quadrilhas estão se aproveitando deste momento para falsificar sites e conseguir pegar dados confidenciais de várias vítimas em todo o Brasil.

Diante do site oficial, o cidadão vai inserir esses dados, clicar na opção de “não sou um robô” e apertar no botão OK. Pronto. A própria página vai atualizar e vai informar a situação do perfil em questão. É neste momento que o usuário vai saber se vai receber o dinheiro da sexta parcela ou se sua conta passou por um bloqueio.

Em caso de normalidade da situação, não é preciso fazer mais nada. O cidadão pode simplesmente fechar o site e esperar o dia da liberação da quantia. Para os informais, vale lembrar, é preciso seguir dois calendários. O primeiro é o da liberação do benefício de forma digital. O segundo é o da permissão dos saques do dinheiro em espécie.

Contestação do resultado

Para quem abriu o site, fez a consulta e percebeu que passou por um cancelamento, também há portanto alguns caminhos. Essa pessoa precisa apertar no ícone i e ver qual foi o motivo que eles apresentaram para esse bloqueio. Caso esse cidadão não concorde, ele vai poder recorrer da decisão.

O recurso acontece no próprio site do benefício. Tudo está na mesma página em questão. O usuário tem 10 dias para realizar essa contestação. É justamente por isso que o beneficiário precisa verificar esse site com frequência. Assim, ele naturalmente vai ter mais tempo para contestar.

O problema aqui, no entanto, é que essa situação de contestação não vale para todo mundo. De acordo com a própria Dataprev, em alguns casos as pessoas não podem questionar o resultado. Segundo especialistas, uma saída aqui é procurar a Defensoria Púbica da região.

Pente fino no Auxílio Emergencial

De acordo com informações do Governo Federal, o pente fino no Auxílio Emergencial é uma tentativa de evitar fraudes. Dessa forma, a ideia é justamente que o Planalto consiga identificar pessoas que possam estar recebendo o benefício sem atender as regras básicas do programa.

Ainda de acordo com o Planalto, quem está responsável por decidir quem recebe e quem deixa de receber esse dinheiro é a Dataprev. Esse é portanto o órgão que está fazendo essas análises de forma contínua nas contas dos quase 37 milhões de beneficiários do programa.

Vale lembrar, aliás, que o Auxílio Emergencial está neste momento no meio de sua prorrogação. Segundo uma decisão do Governo Federal, o projeto que chegaria ao fim em julho, deverá seguir fazendo pagamentos até, pelo menos, o próximo mês de outubro. Pelo menos é o que se sabe até aqui.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
19 Comentários
  1. Claudine Diz

    Eu não entendo como o governo faz o pente fino e não vê que tem bastante gente que não precisa recebendo o auxílio ,recebi o primeiro e o segundo, o meu foi cortado recebi o auxílio maternidade e tá acusando que tou recebendo pelo INSS ,não entendo como que eles não vê no sistema que não recebo nada ,tou desenprega acho um abisudo isso 😔

  2. Eliane Ricardo da Silva Diz

    Meu auxilio foi cortado alegaram que eu ganho mais de três salários mínimos, sendo que sou boleira e não ganho no momento nem pra pagar comida, quero meu auxilio de volta estou desesperada.

  3. Maísa Diz

    Eu estou desempregada tenho 2meninas uma de 5 anos a outra vai fazer 1 aninho pago aluguel moro sozinha to passando por dificuldades e o governo tirou meu auxílio esse ano não peguei nenhuma parcela só recebo 170 de bolsa família 200 reais das duas meninas esse é governo que disse que vai ajudar o povo

  4. Gracieli Ramos Diz

    Sou bolsa família tô passando um perrengue com meus 2 filhos e nunca recebi esse ano o auxílio emergencial porque fui cortada desse benefício se falaram que todos os beneficiários do bolsa família ia receber .

  5. Fernanda Marcelino Diz

    Cortaram alegando mais de meio salário para cada um dos três. Tentei ir no contestar e apareceu mensagem que passou o prazo.😞

  6. Viviane Diz

    Recebi o auxilio até julho bloqueou na 5 parcela agora não posso receber porque falam que minha renda é mais de 3 salários,se tivesse uma renda dessa porque estaria pedindo o auxílio. Quantos mais perderam como eu,não tive a oportunidade de falar que ñ é verdade essas pesquisas. Muito injusto.

  7. Vivi Diz

    Recebi o auxilio até julho bloqueou na 5 parcela agora não posso receber porque falam que minha renda é mais de 3 salários,se tivesse uma renda dessa porque estaria pedindo o auxílio. Quantos mais perderam como eu,não tive a oportunidade de falar que ñ é verdade essas pesquisas. Muito injusto.

  8. Andréia Júlio Diz

    Eu não tenho renda nenhuma e me bloquearam sou separa tenho uma filha de 7 anos e ñ tenho nenhum benefício e meu ex recebe como pai solteiro,sendo q ele trabalha e a nossa filha quem cria sou eu,e nem pensão ele da,como ele tem direito e eu ñ. Q pente fino é esse?

  9. Vilma Diz

    Eu tô tentando fazer denúncias de quem não precisa tá recebendo e não consigo .telef não atende.enquanto quem precisa não tem

  10. Leía de jesus pereira Diz

    Eu acho um abisudo eu nao estou trabalhando e nem meu espozo e nesta rodadada aquim em minha casa ningue estar resebendo eu quero saber que pente fino foi este nom momento que nois mais presiza nao resebemos nada e um abisudo isso

  11. Paulo Diz

    Não recebo auxílio desde janeiro só porque minha mãe recebe aposentadoria.

  12. Elizete vieira Diz

    Meu auxilio tmbm foi cortado dizendo q tenho salario acima d média.mentira porq mora so eu e minha filha de menor e nem trabalho eu tenho.so qria entender isso

  13. Vandeir Dâmaso Gonçalves Diz

    Meu auxílio emergencial não foi creditado com argumento de que tenho emprego formal mas não tenho. Qual o procedimento para receber as parcelas restantes?

  14. Valquiria rosa da Silva Soares Diz

    Eu não consigo entender como o governo faz um pente fino deste sendo que eu recebi nas primeiras parcelas do ano passado agora não estou separada a mais de um ano não tenho ganho nenhum 😞 estou vivendo de favor de pessoas estranhas quando podem me ajudar isto e injusto este presidente fazer isto quer ganhar novamente como nos passando fome e sem trabalho .

  15. Monica Diz

    Meu auxílio foi bloqueado dizendo que a família recebe mas de 3 salário sendo mentira porque só mora eu e meu filho de 3anos e não estou trabalhando por causa da pandemia fiquei sem trabalho e agora o que faço

  16. Robson santofreitas Diz

    Eu ,não trabalhando de carteira assinada , eles cortaram alegando que estou que faço? O site que entra nunca tem como entra..

  17. Márcia Gonçalves aranda Diz

    O meu auxílio foi cortado disse que eu ganho três salários mínimos ,se eu ganhasse esse valor vc acha que Taria querendo 250 reais? preciso estou desempregada preciso pagar internet para meu filho especial estudar ,e pra mim apareceu contestar depois que passou o prazo

  18. Carlos Ribeiro damas Diz

    Eu recebi 4 parcelas de 600 reais e foi bloqueado em 2020 declarei 75 mil porque o pesoal do simples falou que poderia mais a era praticamente o rendimento estou sem carteira assinada a mais de 20 anos presiso do auxilio a minha renda agora é platicamente zero

  19. Walter Diz

    Estou desempregado desde o início da pandemia na primeira fase de pagamentos do auxílio, de R$600,00, eu recebi, esse ano cortaram o meu auxílio, não recebo nada desde de quando começou os pagamentos esse ano. Minha esposa é diarista, e eu continuo desempregado, já contestei 2 vezes, e a DATAPREV me deixou de fora. Será que realmente todos os que precisam, estão recebendo ???

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.