Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial de R$300 será prorrogado até março de 2021?

O auxílio emergencial está chegando ao seu fim. O pagamento do benefício será feito até o dia 29 de dezembro. No entanto, a possibilidade de continuação do pagamento não está descartada.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou que há  possibilidade de uma nova prorrogação do auxílio emergencial caso haja uma segunda onda de covid-19 no país.

Em diversas declarações, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que não há intenção de prorrogar novamente o auxílio emergencial.

No entanto, o plano do presidente Bolsonaro, junto a equipe econômica,  é encerrar o auxílio emergencial e liberar o Bolsa Família com um valor mais alto e podendo beneficiar mais brasileiros.

Além disso, está em pauta alguns benefícios que podem ser antecipados no ano que vem para amenizar os efeitos econômicos da pandemia de covid-19 no país. Dentre esses adiantamentos, segue em discussão da antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS.

Ainda, segundo fontes do governo, está sendo discutida a liberação de mais um pagamento do saque emergencial do FGTS.

Prorrogação do auxílio emergencial

Para que ocorra uma nova prorrogação do auxílio emergencial é necessário que o governo e o congresso estabeleça formas de bancar o novo pagamento.

O governo informou que não possui caixa para custear o auxílio em 2021. Até o momento, o auxílio foi financiado por meio de um orçamento especial, intitulado Orçamento de Guerra. O Orçamento só é válido até o dia 31 de dezembro, que é quando o período de calamidade pública será encerrado.

Nada impede que o decreto do período de calamidade pública seja renovado, entretanto, os principais lideres do governo temem que os gastos ilimitados possam comprometer as contas públicas e trazer problemas econômicos ao Brasil.

Tanto o auxílio emergencial como as parcelas extras do benefício custou aos cofres públicos mais de R$ 322 bilhões.

Mais Informações sobre Auxilio Emergencial? Clique Aqui

Confira Também: 800 Cursos Online Gratuitos

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
11 Comentários
  1. Deborah Ribeiro Marcondes Diz

    Se o Banco Central, ministério da justiça, União entre outros órgãos DEREM PRIORIDADE aos direitos humanos, o governo não usaria os cofres públicos. SIMPLESMENTE faça o repasse de 10% do pagamento total bruto no oleritte de cada responsável pela contenção da crise sobre a pandemia. Além desse vírus mortal vão deixar pessoas passando fome?
    Com certeza o gasto com tratamentos etc. Serão muito mais expressivos.

  2. Roseane soares de santana Diz

    É um bando de gente mal agradecida! vcs acham que se fosse no governo daquelas coisas,nós íamos receber auxilio emergencial,é ruim que ia em!

  3. Elizabeth Pascoal da Silva Ferreira s Diz

    Eu nao consegui resseber o meu auxílio mês de outubro tem como ainda resseber e

  4. Higor Diz

    Cada bobeira nos comentários…putz

  5. Deizi Beatriz Saloio Trindade Aguiar Diz

    Os bancos não perdem pagando esses benefícios porque 90% das pessoas que recebem gastam no mesmo dia comprando cestas básicas e as que chamamos de mistura que é o guisado a galinha ! O retorno é mais rápido que a poupança

  6. Luiz Rogério Diz

    Esse auxílio é uma farsa, recebi durante cinco meses desde o início e agora na sexta parcela foi cancelado. Dá pra entender esse governo ?

  7. Luiz Diz

    E os autônomos e os desempregados como que ficam ? O bolso deles tá cheio e nos como que ficamos?

  8. frankfurt Diz

    E bem simples diminuir o salário dos governo políticos prefeito diminuí também o benefício que eles tem que se for somar só de um dá pra sustenta 20 família por vários meses affs bando de safado

  9. Carlos Bianchi Diz

    Fora Bolsonaro então!

  10. Ricardo Diz

    Prezados, meu auxílio emergêncial foi suspenso, indevidamente, pois estou enquadrado para o recebimento.
    Tentei vários caminhos para saber o motivo do cancelamento, mais infelizmente não existe!
    Sr.Dr. Excelentíssimo Presidente, quando que a vossa pessoa vai governar para o povo humilde, seu governo é uma farsa!

  11. Gilvan Moreira Diz

    Para quem deixou de receber e entrou com contestação no DATAPREV, ainda ha a possibilidade de receber o atrasado e as novas parcelas?
    Suspenderam o da minha esposa e ninguém consegue responder.
    Nem os canais indicados respondem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.