Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.2/5 - (5 votes)

Auxílio emergencial com valor de até R$3 mil; saiba como

As novas parcelas serão destinadas aos pais solteiros chefes de família monoparental.

O presidente da república, Jair Bolsonaro, sancionou a Medida Provisória (MP) que disponibiliza mais de R$ 4 bilhões para o pagamento retroativo do Auxílio Emergencial. As novas parcelas serão destinadas aos pais solteiros chefes de família monoparental.

Veja também: Salário mínimo deveria ser de R$ 6 mil

O Ministério da Cidadania será o responsável por realizar o pagamento adicional do programa. No entanto, até o momento, a pasta não divulgou as datas para iniciar os repasses.

Retroativo do Auxílio Emergencial

Informações de bastidores afirmavam que os pagamentos seriam realizados junto ao benefício do Auxílio Brasil, todavia, nem todos os cidadãos que serão contemplados recebem do novo programa. Desta forma, é improvável que esta metodologia seja utilizada.

Como mencionado, a data para o início dos pagamentos ainda não foi definida. O que se sabe até o momento é que os repasses dos valores serão realizados em cota única, com todos os beneficiários recebendo o montante de uma só vez.

Quem terá direito ao retroativo do Auxílio Emergencial?

Segundo o governo, serão beneficiados os pais solteiros que eram inscritos no Auxílio Emergencial no início do ano passado e recebiam por mês a quantia regular de R$ 600. Na época, as mães solteiras chefes de família monoparentais recebiam uma cota dupla de R$ 1.200 por mês.

Isso ocorreu devido ao veto do presidente Jair Bolsonaro que impossibilitou o público masculino de ter acesso as parcelas dobradas. Porém, este ano o Congresso Nacional derrubou a restrição e permitiu que os homens na mesma situação que mulheres recebessem o complemento dessas parcelas.

Valor do retroativo do Auxílio Emergencial

O valor que o auxílio vai receber dependerá de quantas parcelas de apenas R$ 600 recebeu em 2020. Ao todo, foram cinco depósitos com este valor. Desta forma, aqueles que forem elegíveis terão direito a um adicional de até R$ 3 mil. Os repasses devem começar no próximo mês.

4.2/5 - (5 votes)
13 Comentários
  1. Douglas dos Santos Fortes Diz

    Espero receber esse ajuda também , pois tenho um filho de 9 anos que crio desde os 6 meses sozinho

  2. Andre de Brito lima Diz

    Eu tbm queria saber se vou ter direito a receber tbm pois eu estou criando meu filho sozinho desde os cinco anos dele e hj ele está com doze anos em 2020 só recebi os 600 e não cota dupla como as mãe solteira receberam estão gostaria de saber se vou ter o direito a receber tenho prova que crio ele sozinho

  3. Genorrany Cortes Pereira Diz

    Ser mãe solteira de uma criança não é fácil. Tem que pagar aluguel, água luz remédio, plano, comida , lazer, roupa calçados, acessórios.
    Gerando emprego eu tenho certeza que eu tô . E muita certeza porque só de fralda eu gastei horrores, e nunca fui chamada pra trabalhar em uma fábrica.
    Agora quero meu retorno, é no mínimo digno.
    Eu não tenho nada a ver com a patifaria de cidadã vs governo, só quero as minhas coisas certinhas.

  4. Genorrany Cortes Pereira Diz

    Caso o governo não se lembre é época de compra de material escolar. Pra quem tem criança e não tem bolsa família e está desempregada 😔.
    Tá uma vergonha.
    Se não estou aguardando meu currículo ser chamado.

  5. Genorrany Cortes Pereira Diz

    Gente se vocês não pagaram os pais na época certa vocês têm pagar com juros e as correção monetária de vocês e a população agora quer saber da continuação do benefício. É muito triste você ficar ouvindo o mesmo assunto sobre o tema da matéria é algo que já foi repetido várias vezes está desgastante de ver essa Manchete. Isso põe em dúvida o que saiu no início do mês no primeiro dia dizendo que esse mês de janeiro vai ter sim a continuação do auxílio emergencial de r$ 375.

  6. Ana paula souza vitor Diz

    Sou casada meu marido esta desempregado tenho 3 filhos 1 de 17.outra com 8 e mas 1 menino com 10 meses pago aluguel meu marido vivi de bico e fizeram o favor de corta meu auxilo na hora em q eu mas presisava e presiso alegando q era casada.😢triste realidade.

  7. Rafael Augusto Miranda Setti Diz

    Na verdade o Dataprev não mostra nada além do que já sabemos… pura enganação e falta de informação, fora a falta de vergonha dos governantes. Isso já virou foi piada de mal gosto.

  8. Cleiton Diz

    O meu deus me ajuda ater direito e que liberem o mais rápido possível,não sei nem como vó compra material para meu filho estudar,sem conta o que estou passando no momento,mais deus sabe de todas as coisas…

  9. Lene Diz

    Boa tarde…
    Quando eu fui cadastrar a minha filha, hoje com 4 anos, deu como filho elegível. Como faço para receber, pois me ajudaria muito.

  10. Samara Diz

    Eu nunca recebi auxílio algum, na época da pandemia tive que me virar sozinha. Tenha uma criança de 3 anos que agora está com 5 anos, o pai dele mora em outra cidade. E quando fui me cadastrar deu que um membro da família já teria sido contemplado. Quando eu verificava na plataforma, não tinha nem a opção de contestar… Enfim, nunca recebi auxílio algum, e tive que me virar sozinha com meu filho para poder passar por essas dificuldades até hoje.
    Será que tem como fazer algo?

  11. Guilherme Diz

    No Dataprev ainda não mostra se vou receber, de mais alguém assim?

  12. Vera Lucia Gonçalves da Silva Diz

    Só peço uma ajuda pra vocês obrigada

  13. Janete Ribeiro Fernandes Diz

    Estou desempregada desde 2017. Não recebo nenhum tipo de auxílio, nem emergencial , nem auxílio Brasil. Como faço pra receber?Meu marido é aposentado e mal da pra pagar as contas. Já cortaram minha luz duas vezes. Por favor me ajudem. Estou precisando muito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.