Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2/5 - (1 vote)

Auxílio Brasil: todo mundo que tem direito vai receber em janeiro?

Ministério da Cidadania disse que conseguiu zerar a fila de entrada para o Auxílio Brasil, mas isso não é garantia de recebimento

O Governo Federal anunciou no início desta semana que conseguiu zerar a fila de entrada para o Auxílio Brasil. De acordo com as informações do Ministério da Cidadania, algo em torno de 2,7 milhões de pessoas devem entrar no benefício em questão já a partir deste mês de janeiro de 2022.

Em tese, o fato de o Governo ter conseguido zerar a fila de entrada deveria significar que todo mundo que tem direito ao benefício vai receber o dinheiro. Mas é preciso manter a calma diante dessa informação. Há uma chance de que isso não vá se concretizar por uma série de motivos aparentes.

Para quem não sabe, uma fila de espera para entrar em um programa social se forma quando o número de usuários é maior do que a quantidade de pagamentos que o Governo pode fazer. Então, por essa lógica, vários brasileiros entram nessa lista e ficam aguardando até que apareça uma vaga para eles.

Não se sabe ao certo qual o tamanho da fila de espera do Auxílio Brasil. O Ministério da Cidadania fala em 1 milhão de pessoas. Já a Rede Brasileira de Renda Básica diz que os números já ultrapassam os 5 milhões. Até aqui, não dá para saber qual dos números está mais próximo de representar a realidade.

De qualquer forma, para que o todo mundo que tenha direito de receber o benefício entre de fato no programa, o Governo vai ter que acabar com todas essas filas. Caso contrário, ainda em janeiro nós temos casos de cidadãos que estão esperando por uma vaga no projeto, mas que mesmo preenchendo todos os critérios, não receberão nada.

De qual fila o Governo está falando?

É preciso entender ainda de qual fila o Governo Federal está falando neste momento. Até aqui, não está claro quais pessoas deixarão esta lista de espera para entrar no programa social já neste mês de janeiro.

Há uma chance, por exemplo, de o Governo não estar considerando as pessoas que entraram no Cadúnico no final do ano passado e cujos cadastros ainda não estão devidamente atualizados ainda. É apenas uma possibilidade.

Veto de Bolsonaro

Vale lembrar ainda que o Governo Federal não tem obrigação nenhuma de acabar com a fila de entrada do Auxílio Brasil. Pelo que se sabe até aqui, o único dispositivo que falava sobre isso foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O chefe de estado disse que o motivo do veto foi o respeito para com as contas públicas. Ele argumentou que se essa dispositivo passasse isso poderia acabar sendo perigoso para o orçamento do país durante o ano de 2022.

Auxílio Brasil em 2022

Pelo que se sabe oficialmente até este momento, o Auxílio Brasil vai ser um programa volátil. Assim, já se sabe que eles irão realizar nova introduções e exclusões de pessoas todos os meses.

Aliás, também já se sabe que os repasses do benefício serão turbinados, no valor de R$ 400 para todos os usuários. Isso já está garantido pelo menos até o final deste mês de dezembro. É o que se sabe até este momento.

2/5 - (1 vote)
1 comentário
  1. Miriam. C.Silva Diz

    Gosto de acompanhar os comentários do Auxílio Brasil, que tem ajudado a muitos brasileiros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.