Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.2/5 - (135 votes)

Auxílio emergencial com prorrogação de mais 6 parcelas até 2022

De acordo com as conversas de bastidores, o ministro da Cidadania, João Roma, deseja estender o benefício por mais alguns meses, inclusive, até o primeiro semestre de 2022.

Atenção, trabalhadores! O fim do auxílio emergencial já está marcado, sendo o último pagamento previsto no dia 31 de outubro. Isso por meio de depósitos. A Caixa Econômica Federal encerra na próxima terça-feira (19), os lotes de pagamentos em saques da sexta parcela, enquanto a sétima iniciará nesta segunda-feira (18).

O auxílio emergencial, assim, chega ao seu último pagamento neste mês. Dessa forma, crescem as expectativas de prorrogação do benefício por mais tempo. De acordo com as conversas de bastidores, o ministro da Cidadania, João Roma, deseja estender o benefício por mais tempo (até o ano de 2022). No entanto, ainda não há confirmações sobre o assunto.

Atualmente o Governo Federal está trabalhando para liberar o Auxílio Brasil, novo programa de transferência de renda. Porém, existem algumas inconsistências orçamentárias que podem impedir tal implementação.

Diante disso, em suas últimas declarações, Roma tem demonstrado preocupação a respeito do desamparo dos beneficiários após o encerramento do auxílio emergencial. Por isso, há uma grande possibilidade que o ministro defenda a ideia.

Entretanto, caso isso de fato aconteça, a expectativa é que não ocorra como atualmente. Isso porque, uma nova redução deve ser realizada tanto no número de beneficiários quanto na mensalidade distribuída.

6 parcelas da prorrogação?

De acordo com informações apuradas, os membros do Governo Federal estão inclinados a aprovar uma prorrogação por mais seis meses. Caso isso se confirme, o programa acabaria entrando portanto no ano de 2022. E poderia chegar ainda mais próximo das eleições de 2022, o que seria bom para avaliação do presidente Jair Bolsonaro.

É importante lembrar que ainda resta discutir é a questão do patamar de pagamentos. Há, dentro do Governo Federal, quem defenda que o Planalto deveria seguir fazendo liberações, mas com valores ainda mais baixos. Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o nível dos repasses varia entre R$ 150 e R$ 375.

Durante esta semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, sinalizou que o benefício será prorrogado por mais tempo. A declaração foi dada em cerimônia no Palácio do Planalto e as informações são da Agência o Globo.

“O ministro Tarcísio (de Freitas, da Infraestrutura) vai vender mais 22 aeroportos. O ministro Rogério Marinho (do Desenvolvimento Regional) vai concluir as obras. O ministro João Roma vai estender o auxílio emergencial. Nós somos um time remando pelo Brasil”, disse Guedes.

Atualmente, o auxílio emergencial conta com os seguintes requisitos:

  • Possuir renda total do grupo familiar de até três salários mínimos (R$ 3.300); 
  • Só será permitida o pagamento de uma cota por grupo familiar; 
  • Ter mais de 18 anos; 
  • Não possuir qualquer vínculo de emprego formal; 
  • Não ter tido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou rendimentos isentos acima de R$ 40 mil e nem ser dono de bens de valor superior a R$ 300 mil no fim de 2019; 
  • Estão excluídos os residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares; 
  • Ficam de fora também as pessoas que receberam qualquer tipo de benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de transferência de renda do governo em 2020, com exceção do Bolsa Família e abono salarial.
4.2/5 - (135 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

29 Comentários
  1. JOÃO LUIZ Marques de brito Diz

    Boa noite realmente está dificil a pessoa viver com 150 reais vc vai la compra o gas 110 compra 1k de feijão valor 8.00 + 2k de açúcar 15 reais + pó de café e um pct de bicoito acabou o dinheiro os 150 reais nao dar pra passar uma semana ai e saganaqens fazer um tipo dessa coisa o ministro cheio do dinheiro e as panela dos brasileiros batendo tambor

  2. FATIMA Aparecida Marcolino moraes Diz

    Estou precisando muito desse auxílio tô muito triste que eu não estou recebendo nada ainda estoudesempregada fico indignada com tudo isso só Jesus na minha vida doente fazendo tratamento no hospital das clínicas tudo muito triste isso lamentável senhor

  3. Ingrid Diz

    Devem pegar o dinheiro que a policia recupera nas operaçao e distribuir pra quem precisa

  4. Gislaine Ribeiro Diz

    Eu so to recebendo 150 e tenho 4 filhos e sou sosinha não consegui atualizar meu cadastro e não recebo bolsa família ta dificil eu tinha muito serviço de diarista agora ta muito conplicado

  5. Leandro Batista Gonçalves Diz

    Esse governo vagabundo fascista tá bom de pegar esse auxílio de merda e enfiar no tobas dele.👌👌👌👌

  6. Adriana Diz

    Não sai disso? Todo dia a mesma notícia? AUXILIO ERGENCIAL VAI SER PRORROGADO entra pra ler e é a mesma coisa afffff. Eu quero é novidade…

  7. Eduardo Diz

    ENTENDAM : O DINHEIRO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL É DIREITO DO POVO.
    NÃO É CARIDADE NEM SACRIFÍCIO DESSE PRESIDENTE INSANO, IRRESPONSÁVEL, DOENTE, GENOCIDA.
    DEIXEM DE SER ALIENADOS!
    LAVAGEM CEREBRAL SÓ PARA OS IGNORANTES

  8. Tatielle dos santos Diz

    Eu perdi meu auxilio pq nao tirei meu ex maridodo cadunico agora ele ta preso e eu nao consigo pega estou desempregada tenho uma filha e ta la na conta dele espero q seja prorrogado mais q atualizem os cadastro de novo

  9. Aracy C. Rodrigues Diz

    Ser patriota é pensar no coletivo , preservar a natureza , respeitar a todas as variedades de raças , religiões sem misturar com a política , pensar no bem estar do povo que é 97% da população e não dar benefícios a 3 % dos ricos.
    Política deveria ser em prol do povo , por isso , fim do voto obrigatório , redução de 90% dos políticos e que os salários sejam de até 10 mínimos com regras da CLT, sem foro privilegiado, assim teremos um Brasil melhor

  10. Melania santos de melo Diz

    E quem não tem nem alxilio emergêncial como é queogoverno vai fazer,pq tem muita gente esperando o bolsa família, que não tem o auxilio.um auxilio de 150,00 e u bojão 115,00

  11. Aracy C. Rodrigues Diz

    Vi no passado coisas que vejo hoje novamente , pessoas revirando descarte de sacolão , retorno da inflação e pobreza avançando cada dia mais. Políticos ambiciosos nos acordos , corrupção descarada com manipuladores da fé , o trabalhador voltou a ser servil , sem direitos. Acabaram com ministérios que auxiliavam o povo , privatizações dando nossas riquezas , POVO DEIXE DE SER ESCRAVO , FORA 90% DOS POLÍTICOS E DESSES DITADORES ATUAIS NO PODER , ASSIM TEREMOS DINHEIRO PARA FIM DA FOME . TRAGAM O BRASIL DE VOLTA

  12. Lucineia Diz

    Sou mãe de um adolescente,ele faz tratamento de diabetes e as vezes tenho que comprar as insulina, só peguei dois auxílio emergencial, agora bloqueou eu preciso desse dinheiro pelo menos pra comprar as insulina do meu filho

  13. Nelcicleia andrade Diz

    Nao adianta liberar mas auxilio porque quem nao precisa recebe o auxilio emergencial e quem prexisa nao esta recebendo como eu nao recebo nem auxilio e nem bolsa familia com duas crianças pequena.

  14. Andréia Maciel Diz

    Eu tiro o chapéu p esse governo, pois, sempre me pergunto: será q se fosse outros no governo, os brasileiros teriam essa prioridade? Eu acredito nesse governo atual, acredito em seus esforços, mas não deixo de me preocupar c pessoas q como eu não tem como trabalhar fora, eu cuido de minha mãe, 82anos, tem esquizofrenia, não tenho como trabalhar fora, o auxílio vai acabar e não sei como será. Eu já fui diarista, manicure e pedicure, doméstica e fazia p vender bijuterias depois q tive chicungunya crônica, desencadeou reumatismo e fibromialgia, hj eu tenho de escolher o q vou fazer de serviço de casa, cd dia eu faço algo, não sou mais a mesma em questão de trabalhar,as mãos e bracos doem bastante, os joelhos e pernas, affff
    Porfavor sr presidente, olhe p essa classe de pessoas q não conseguem beneficio por não terem pago inss, e não tem estrutura física p se auto sustentar.

  15. Wallker Diz

    Queria saber se vai ter renovação de cadastro pra quem não tá recebendo, eu estou sem receber por causa de um erro de endereço 🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️

  16. Gisele Diz

    Esse auxílio está ajudando muito as pessoas desempregadas …. Por mais que seja um valor baixo

  17. Vergonha na cara Diz

    Portalzinho sem base fica sem assunto e reposta como se o.assunto ja estivesse decidido dai entra lê e.ta na mesma.É tipo.pega trouxa faz de propósito

  18. Lourival Diz

    Bom dia a todos ,gostaria que fosse revisto esse valor de 150.00
    Pois no caso de quem mora de aluguel que meu caso
    O que comprar para comer
    Falo por mim tantos mais !!!

  19. Rodrigo de Moura Diz

    Perdi meu emprego, tive que vender minha maquina de picole que era meu sustento. E hoje to morando de favor. Vivo so fazer bico. 2 anos sem saber o que é dormi direito. Ate fome to passando.

  20. Terezinha Diz

    Eu perdi a minha renda no estágio da pandemia sou sozinha não tenho renda nenhuma estou apenas esperando a minha aposentadoria que até agora não foi aprovada essa merreca de 150 não dá nem para comprar o gás deveriam estender esse auxílio porque é muito pouco

  21. Francisco canide da silva Diz

    Estou tendo dificuldades de encontrar um emprego,trabalhar estar ficando cada vez mais difícil,a expectativa em aumentar dividas preocupa milhares de pessoas e muitas pessoas estão recorrendo ao trabalho online,porém existe dificuldades por parte de grupos da receita que ainda não mostrou o prontuário para aqueles que estam adaptando o meio pela Internet.Com dificuldade em vender os lucros não chega e a preocupação daqueles que receberam apoio dos bancos só aumenta,pois existe possibidades em perder a credencial junto ao programa.O poder público recorre aos empregados que precisa de registro na carteira dos trabalhadores e nois estamos esperando por um reajuste mais eficaz.

  22. Cintia aparecida da Silva Pereira Diz

    Eu estou desempregada eu estou no procurando emprego eu recebo 250,00 reais do auxílio e não dá sou mãe solteira

  23. Daniel Diz

    O comércio está contratando.

  24. Maria de Fátima Araújo Diz

    Eu pteciso do neu auxilio de 250.pois é o valor do meu aluguel e resto fica a cargo de Deus eu não outra tenda se não um engomado vou deixar porque que energia estar caro como faço para sobreviver 60 anos doente preciso de remedios tomo clonazepan e predinizona voce acha queb150vque racebo dar para quer se pele menos eu conseguisse a apossetadoria ai sik dava para viver

  25. Claudia Conceição Santos Diz

    O texto da matéria contradiz o ttítulo.

  26. Isabel Diz

    Parabéns ao Ministro João Ramo e os demais,auxílio emergencial sim,o povo está com fome,e à ( FOME) não espera,inventar renda Brasil agora prá que???,irá complicar o povo se escrever como, nem dinheiro para ônibus o povo tem,senhor Ministro pelo amor à Deus tome logo sua decisão, vamos ver o povo aqui na Bahia com fome,morando na rua,comendo coisa do lixo,tudo para mudar de programa Renda Brasil,que façam isto depois das eleições, agora fica parecendo coisa Política, à PEC já pode pedir e ter como Calamidade Pública,o novo programa além de deixar o povo sem saber,irá ficar mais caro,confiamos no senhores que estão aí nós defendendo,imagina estamos chorando por 150,00 reais meu Deus que ponto chegamos.

  27. Alex Dominicano Diz

    Eles deveriam ter vergonha de papar esse auxílio no valor de 150 reais.
    Um governo que dá nojo!!
    As pessoas morrendo de fome e eles rindo da cara dos menos favorecidos.
    Quero saber onde estão os 800 dólares mensais pagos aos brasileiros cadastrados no Auxílio Emergencial?

  28. Alessandra Diz

    Como que.um.auxilio de 150.00 se. Gás custo.145.00??? O feijão 10.00, o.oleo 8.00.
    Se for fazer está conta não dá 150.00!!!!

  29. Elizabeth Paulino Diz

    Eu estou desempregada até hpje

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.