Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.4/5 - (14 votes)

Auxílio Emergencial 2022: veja como receber ainda este ano

As novas parcelas serão destinadas aos pais solteiros chefes de família monoparetal, mas ainda não se trata de uma prorrogação do programa.

Como já informado pelo Notícias Concursos, o Auxílio Emergencial terá novos pagamentos ainda este ano. As novas parcelas serão destinadas aos pais solteiros chefes de família monoparetal, entretanto, ainda não se trata de uma prorrogação do programa.

Veja também: Auxílio emergencial: Saiba quando começa os pagamentos retroativos

O Ministério da Cidadania recebeu R$ 4,1 bilhões do Governo Federal para realizar os novos repasses. No entanto, a pasta ainda não sabe como e quando efetuará a distribuição das novas cotas.

Vale ressaltar que o novo benefício será repassado aos homens solteiros que receberam as primeiras cinco parcelas do Auxílio Emergencial, no valor de R$ 600. Na ocasião, só as mães solo receberam as cotas duplas de R$ 1.200.

Isso porque, o presidente Jair Bolsonaro impediu que o direito ao benefício dobrado fosse estendido ao público masculino. Devido a esta desigualdade, o Congresso Nacional reavaliou o veto do presidente possibilitando os pagamentos retroativos complementar somente agora.

Valor do retroativo do Auxílio Emergencial

A Medida Provisória (MP), publicada no dia 24 de dezembro de 2021, estabelece que os novos pagamentos serão referentes, apenas, as primeiras cinco parcelas do Auxílio Emergencial.

Na época, o público geral recebeu R$ 600 e as mães solteiras R$ 1.200. Desta forma, os pais solteiros que tiveram acesso ao menos às parcelas simples em 2020, receberão de forma complementar cerca de R$ 3 mil. Mas para isso, é necessário:

  • Ser chefe de família;
  • Responsável por pelo menos um menor de 18 anos;
  • Não possuir cônjuge ou companheira;
  • Ter recebido a cota simples do Auxílio Emergencial em 2020;
  • Não ter outro membro familiar que tenha recebido a cota dupla no valor de R$ 1.200 em 2020.

Como saber se terei direito as novas parcelas do programa?

Os interessados devem realizar uma consulta nos canais digitais do Auxílio Emergencial. Para isto, será necessário informar o número do CPF, o nome completo, a data de nascimento e o nome completo da mãe. Caso não saiba, marque a opção “Mãe desconhecida” e envie os dados para ter acesso a decisão do Governo Federal,

4.4/5 - (14 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

12 Comentários
  1. Joel Lopes de Oliveira Diz

    Preciso receber auxílio emergencial

  2. THAISY RODRIGUES NASCIMENTO Diz

    Preciso receber tô desempregada até agora nada não tenho pais pra sustentar moro só

  3. Luciene Martins de Oliveira paolazzi Diz

    Eu fiz o cadastro e foi avaliado disseram que eu tenho direito mais ainda não recebi a parcela

  4. Renata Diz

    Eu preciso receber . Pois só chefe de família

  5. Alexandre werlich Diz

    Os pais que tenham cônjuge presos e não recebi ajuda não tem direito ao auxílio emergencial

  6. Maria Alexsandra de Souza Silva Diz

    Preciso receber estou desempregada, um pouco do dinheiro que tinha investido na brazilprev, o governo roubou bastante era meu sonho de ajutar e comprar um barraco pra mim morar é fiz foi perder parte desse dinheiro até depressão eu peguei perdi meu pai, era quem me ajudava, não sei nem o que fazer da minha vida

  7. Ana Paula Gomes Diz

    Preciso muito de receber pq não tenho renda nenhuma

  8. João Batista Pereira Diz

    Eu so recebi 2 pacela i não sei pq não mi pagaram tadas pacela eu trabalho de roça

  9. Ana Paula Gomes Diz

    Preciso muito pois estou sem renda alguma

  10. Claudinei soares da Cruz Diz

    Quero receber ainda não recebi o auxilio emegencial

  11. Maria Sirlei de mello Diz

    Preciso muito se acontecer de nós receber novamente vai nos ajudar muito obrigada presidente Jair Bolsonaro q deus te abençoe em nome de jesus

  12. Joana Darc Teixeira Soares Mota Diz

    Amei essa notícia preciso muito continuar com meu tratamento de saúde

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.