Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.9/5 - (21 votes)

Auxílio Emergencial 2022: Benefício de R$ 600 para mais de 300 mil famílias

O projeto foi instituído pela Lei 11.314/21, e deve atender mais de 300 mil famílias com um benefício no valor de R$ 600.

O Programa Auxílio Belo Horizonte em breve iniciará os seus pagamentos. O projeto foi instituído pela Lei 11.314/21, e deve atender mais de 300 mil famílias com um benefício no valor de R$ 600.

Veja também: Auxílio Brasil: app deve passar por nova atualização ainda neste mês

A iniciativa temporária contemplará as famílias com seis parcelas consecutivas de R$ 100. No total, quatro diferentes subsídios serão oferecidos, sendo três deles para famílias em situação de vulnerabilidade e o outro para estudantes matriculados na Rede Municipal de Educação

Quem terá direito ao Auxílio?

De modo geral, terão direito ao benefício as famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) até o dia 30 de junho de 2021. Além disso, é necessário possuir renda per capita de até meio salário mínimo.

Todavia, ainda serão contemplados mais 19 grupos distintos, independente de cadastro no banco de dados do governo. É possível conferir a lista no site do programa.

Calendário do Auxílio Belo Horizonte

Os repasses serão realizados de forma escalonada conforme a data de nascimento dos beneficiários. Lembrando que os recursos poderão ser movimentados pelo Caixa Tem:

Mês de nascimento do representante familiarSaque em agências da CEF ou lotéricas
Janeiro e fevereiro 13 de janeiro de 2022
Março e abril 14 de janeiro de 2022
Maio e junho 17 de janeiro de 2022
Julho e agosto 18 de janeiro de 2022
Setembro e outubro 19 de janeiro de 2022
Novembro e dezembro 20 de janeiro de 2022

 

Como saber se vou receber o benefício?

Para isso, basta acessar o site do Programa e consultar se foi aprovado, usando o número do CPF e o primeiro nome do responsável familiar. Com isso, será necessário aceitar os termos de adesão do programa.

No mais, ainda será preciso solicitar o pagamento de um ou mais benefícios, caso seja elegível. No entanto, o pagamento do auxílio só será liberado após o preenchimento da concordância e solicitação de pagamento.

Por fim, é importante salientar que o benefício será disponibilizado a família independentemente do número total de membros. Se o titular perder o prazo para fazer a consulta e aceitação, perderá o direito ao subsídio.

3.9/5 - (21 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Giseli Cleunice Novelli Diz

    Aguardo uma resposta.

  2. Giseli Cleunice Novelli Diz

    Preciso receber o auxilio emergencial, moro sozinha e estou desempregada, tenho 58 anos e tomo muitros remédio para depressão,porém não consigo comprar mais nada.

  3. Márcio Alvim De Brito Diz

    Estou desempregado e gostaria de volta a receber o auxílio novamente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.