Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio-combustível para os cidadãos em novo projeto é cobrado

Internautas estão pedindo para que governos estaduais e até mesmo o Federal crie um auxílio-combustível para trabalhadores

Trabalhadores de todo o país estão usando as redes sociais para cobrar de governantes a criação de mais um projeto social. Eles querem que os governos paguem um auxilio-combustível emergencial para as pessoas que estão dependendo de carros particulares para ir ao trabalho neste momento.

Esses cidadãos usam como argumento o aumento no preço da gasolina no país. É que com a subida no valor, muita gente está deixando de trabalhar de carro. O problema maior, no entanto, não é exatamente esse. É que existe uma massa de empregados que precisam do carro não apenas para ir ao trabalho.

Há casos em que o trabalhador usa o carro particular no trabalho. Um motorista de Uber ou mesmo um taxista, por exemplo, costuma sofrer mais com a situação atual. Afinal, eles estão percebendo um grande aumento no comprometimento da renda para os gastos com o pagamento do combustível.

Nas redes sociais, essas pessoas também estão dizendo que esse auxílio não deveria ir apenas para os brasileiros que estão em situação de pobreza ou de extrema-pobreza. Eles querem que os mais variados níveis de Governo paguem o benefício para todos os trabalhadores que precisam do transporte para trabalhar. Independente de quanto eles recebam.

Pelo menos até a publicação desta matéria, não há sinal de que os governantes brasileiros estejam inclinados a atender essas demandas. De qualquer forma, alguns deputados estaduais estão de olho nessa situação e estão prometendo lançar projeto sobre o tema nas próximas semanas. Pelo menos essa é a promessa.

Governo Federal

Oficialmente, o Governo Federal não se manifestou sobre essa ideia. No entanto, a criação de mais um auxílio neste momento não está bem entre os planos do poder executivo. Pelo menos é isso o que dá para se tirar de informações de bastidores.

É que neste momento, o Palácio do Planalto está com o foco total na criação do novo Bolsa Família. O programa, que deve passar a se chamar Auxílio Brasil, deve entrar em cena a partir do próximo mês de novembro. Pelo menos é o que se espera.

Aliados do Presidente Jair Bolsonaro chegaram a comemorar o aumento no valor do benefício. No entanto, pelo menos neste momento, o que a proposta do orçamento do Governo Federal para 2022 diz, é que o programa não vai ter elevação de patamar nenhum.

Auxílio na câmara do Rio

Toda essa pressão pela criação de um auxílio-combustível ganhou força por causa de uma notícia da emissora GloboNews. É que de acordo com esses dados oficiais, vereadores do Rio de Janeiro receberam mais de R$ 3,6 milhões desse benefício.

E o mais curioso é que eles não precisam andar de carro para ir para a Câmara Municipal neste momento. Isso porque neste momento de pandemia do novo coronavírus, eles estão liberados para acompanhar as sessões de forma remota.

Nas redes sociais, há pedidos não apenas para a criação do auxílio-combustível, mas de outros benefícios também. Há quem peça a criação do Vale-gás nacional e até de um novo programa para ajudar a pagar a conta de luz, que também está ficando mais cara

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Jose carlos Diz

    Eu acho que ja passou da hora de o governo federal ativa as refinarias de petroleo que eles desativaram ,,,para simular que o PT quebrou o Brasil ,,quem esta sofrendo é o povo emclusivevaqui na minha região tem uma refinaria desativada ,,refinaria da petrobras isso encarece não so a GASOLINA ,,encarece o ⛽⛽ Diesel que reflete na produção transporte e na mesa da sociedade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.