Auxílio Brasil: quando o Governo retomará os pagamentos do benefício?

Governo Federal concluiu pagamentos da sexta rodada do Auxílio Brasil ainda na última sexta-feira (29) para grupo do NIS final 0

Na última sexta-feira (29), o Governo Federal concluiu oficialmente os pagamentos da sexta rodada do seu Auxílio Brasil. A partir de agora, o Planalto fará uma pausa de alguns dias nos repasses do benefício. No entanto, já existe uma data para a retomada das liberações do projeto social neste mês de maio.

Segundo informações oficiais do Ministério da Cidadania, o Auxílio Brasil volta a realizar pagamentos no próximo dia 18. Na ocasião, usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 1 terão a oportunidade de receber a sétima rodada de liberações do benefício. Os últimos detalhes desta nova remessa ainda estão sendo decididos pelo Governo.

Entretanto, alguns pontos já podem ser adiantados. O primeiro deles é que o valor dos pagamentos seguirá sendo de, no mínimo, R$ 400 por pessoa. Assim, os cidadãos terão a oportunidade de receber o montante da mesma forma como aconteceu em abril. O projeto de MP que acabou de ser aprovado no Congresso Nacional não tem nenhuma influência sobre os próximos repasses.

Também já é possível afirmar que o Governo Federal seguirá com o mesmo calendário dos meses anteriores. Isso quer dizer que eles terão sempre como base o algarismo final do Número de Inscrição Social (NIS) para decidir a data de recebimento do benefício do cidadão que faz parte da folha de repasses.

Por fim, também já é possível adiantar que os pagamentos de maio do Auxílio Brasil não serão acompanhados pelos repasses do vale-gás nacional. O programa que ajuda as pessoas no processo de compra do botijão de gás de 13kg deverá ser retomado apenas no próximo mês de junho deste ano de 2022.

Recebi em abril, estou garantido em maio?

As pessoas que receberam o dinheiro do Auxílio Brasil neste mês de abril, já estão na folha de pagamentos do programa. Em tese, elas já estão garantidas automaticamente nos próximos repasses.

Entretanto, é importante checar as informações do app do Auxílio Brasil com uma certa frequência. Isso porque existem casos de contas que o Governo Federal bloqueia entre dois pagamentos devido às análises feitas em cada um dos perfis do programa.

Dados do Ministério da Cidadania mostram que pouco mais de 18,06 milhões de pessoas receberam o dinheiro da sexta parcela do Auxílio Brasil. O número pode subir ou cair em maio. Tudo dependerá das decisões do Governo Federal.

Não recebi Auxílio em abril, posso receber em maio?

Sim. Caso o cidadão se encaixe em todas as regras gerais do programa, ele terá uma chance de entrar na folha de pagamentos de maio, mesmo que não tenha recebido em abril. Não há uma garantia de entrada, mas há uma possibilidade.

E quais são as regras de entrada? Em maio, as exigências são as mesmas de sempre. Em primeiro lugar, é necessário ter uma conta ativa e atualizada no sistema do Cadúnico, que é a lista do Governo Federal que reúne os nomes das pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social.

Além de ter o nome no Cadúnico, o cidadão também precisa ter uma renda per capita que o coloque em situação de extrema-pobreza (R$0 a R$ 105), ou de pobreza (R$ 106 a R$ 210). Neste segundo caso, no entanto, também é preciso morar com uma gestante ou um menor de 21 anos.

3.7/5 - (7 votes)
1 comentário
  1. Amilton dos santos teixeira Diz

    Quanto foi depositado no meu pix da caixa economica federal

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.