Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.3/5 - (3 votes)

Auxílio Brasil: o que fazer se o benefício for bloqueado pelo Governo?

Há casos em que o cidadão que estava na folha de pagamentos do programa pode acabar tendo que sair do Auxílio Brasil. Veja o que fazer

Segundo o Ministério da Cidadania, pouco mais de 18,06 milhões de pessoas receberam o dinheiro da sexta rodada do Auxílio Brasil no último mês de abril. Embora o número de usuários do benefício tenha registrado um aumento, o fato é que alguns indivíduos passaram por bloqueios em suas contas e não conseguiram receber nada.

O Ministério não divulgou a quantidade de usuários que tiveram um bloqueio ou cancelamento, mas o fato é que eles existem. A própria pasta afirma que existem casos de pessoas que deixam de atender a todas as regras de permanência no programa e assim acabam tendo que sair da folha de pagamentos.

O que fazer quando isso acontece? A própria pasta afirma que existem alguns caminhos para tentar resolver o problema. Entretanto, em primeiro lugar, é importante lembrar que cada caso é único. Assim, a primeira dica é visitar o seu perfil no app oficial do Auxílio Brasil. Por lá, o Governo explicará o que aconteceu e o que o cidadão pode fazer para tentar resolver o problema.

Geralmente, o sistema pede para que o cidadão procure um Centro Regional de Assistência Social (CRAS) mais próximo. Trata-se do mesmo lugar onde o cidadão realizou o processo de entrada no Cadúnico. O Governo aponta que boa parte dos casos de bloqueio no Auxílio Brasil acontecem por problemas justamente nas informações desta lista.

Ao ir até uma sede do CRAS, é importante levar uma série de documentos pessoais como CPF, título de eleitor e, ao menos, um documento pessoal de cada integrante da família. Não é necessário que todos estejam presentes no local. Basta, portanto, que o titular do Cadúnico leve a documentação dos moradores da casa.

Já atualizei os meus dados

Segundo relatos, existem casos de cidadãos que passaram por um bloqueio, atualizaram o sistema depois disso e ainda assim não voltaram a receber o benefício. O Ministério da Cidadania explica que casos assim são comuns.

Isso porque a velocidade de atualização do sistema do Cadúnico costuma variar a depender da região da pessoa que recebe o benefício. Há situações em que o beneficiário precisa esperar mais alguns meses para que o Governo entenda que a informação disposta por lá, mudou.

“Caso continue recebendo esses avisos da Focalização do Auxílio Brasil nos meses seguintes, procure o setor responsável pelo Auxílio Brasil e Cadastro Único na sua cidade para verificar o que pode estar ocorrendo”, explica o Ministério.

Cancelamento do Auxílio Brasil

É importante lembrar que bloqueio e cancelamento são situações diferentes quando o assunto é Auxílio Brasil. O primeiro é mais simples de resolver porque funciona apenas como um aviso de que o programa será suspenso de vez.

O segundo é uma suspensão completa. Todavia, mesmo no caso do cancelamento, ainda há uma solução. Neste caso, o cidadão tem 180 dias, ou seis meses, para atualizar os seus dados. Dentro do prazo, ainda é possível reverter a situação e voltar ao benefício.

Caso passe dos 180 dias, então o cidadão que quiser voltar ao Auxílio Brasil precisará seguir novamente todo o passo a passo inicial para poder ter uma chance de entrar no programa em outra oportunidade.

3.3/5 - (3 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.