Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.5/5 - (17 votes)

AUXÍLIO BRASIL deve incluir mais de 1 milhão de brasileiros; veja quem será beneficiado

Com possível mudança no texto de projeto enviado ao Senado, Governo poderá inserir mais de 1 milhão no Auxílio Brasil

Pouco mais de 18 milhões de pessoas receberam ou ainda receberão o dinheiro do Auxílio Brasil neste mês de junho. Os dados são do próprio Ministério da Cidadania. De acordo com o Governo Federal, a situação pode sofrer uma alteração a partir dos próximos pagamentos. Afinal, existe a possibilidade de novas entradas no projeto.

Segundo informações de bastidores divulgadas pelo jornal Folha de São Paulo, o Governo Federal avalia a possibilidade de zerar a fila de espera para entrada no Auxílio Brasil. Para tanto, seria necessário desembolsar pouco mais de R$ 25 bilhões para os pagamentos deste ano. O dinheiro já seria suficiente para bancar todas as propostas do programa.

Com os R$ 25 bilhões, o Governo Federal conseguiria pagar o aumento de R$ 200 por família no Auxílio. Assim, cada um passaria a receber, no mínimo, R$ 600 por mês. Hoje o patamar mínimo pago é de R$ 400. Além do valor, o Planalto também conseguiria inserir mais de 1,6 milhão de cidadãos na folha de pagamentos.

Caso a mudança se concretize, o número total de usuários do Auxílio Brasil poderia se aproximar dos 20 milhões de cidadãos. O foco para a seleção estaria nas pessoas que já estão na fila de espera. São cidadãos que cumprem todas as regras de entrada para o benefício social, mas que ainda assim não conseguiram receber nada.

O Governo Federal explica que a fila de espera se forma quando o número de usuários que pretende receber determinado programa social é notadamente maior do que o número de vagas disponíveis no projeto. O fenômeno acontece quando o dinheiro disponível no orçamento não é mais suficiente. É justamente este o ponto que o poder executivo pretende mudar.

Fila de espera

No entanto, ao menos considerando as informações divulgadas pela Folha de São Paulo, é certo dizer que o dinheiro que o Governo quer liberar pode não ser suficiente para inserir todo mundo e zerar a fila de espera para entrada no programa.

Os dados mais recentes divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) apontam que mais de 2,3 milhões de pessoas estavam na fila de espera para entrar no Auxílio em abril. Como dito, o Governo pretende inserir menos do que este patamar.

Entretanto, os dados do próprio Ministério da Cidadania são diferentes. De acordo com a pasta, pouco mais de 700 mil brasileiros estavam na fila de espera em maio. Considerando que este seja o dado correto, então o Governo conseguiria zerar a fila com o montante planejado.

Auxílio Brasil

Inicialmente, o projeto que cria um adicional de R$ 200 para o Auxílio Brasil teria o seu parecer apresentado na última segunda-feira (27), pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). No entanto, a entrega foi adiada para a terça-feira (28).

O senador também não entregou a nova versão do texto ontem. Segundo informações da imprensa, ele teria alegado que ainda restavam alguns detalhes importantes antes de apresentar o documento ao Congresso Nacional.

De todo modo, as mudanças que o senador apontam não devem mudar o teor do projeto. Além de aumentar o Auxílio Brasil, o Governo quer elevar os valores pagos pelo vale-gás nacional e criar um voucher de R$ 1 mil para os caminhoneiros.

4.5/5 - (17 votes)
5 Comentários
  1. Emerson Diz

    Dinheiro 💰 e dado pelo governo oque o cidadão vai fazer ae já e problema dele .

    Bolsonaro 👉💨 neles
    Brasil 🇧🇷 ainda vive .

    Lula vendeu e saqueou tudo Lula ladrão.

    Vai se lapada .

  2. Mauricio Antonio de Oliveira Diz

    O PIS nada 2021

  3. Gabriel Eusébio Diz

    Parabéns, escreveu uma matéria sem viés político e se opiniões pessoais, focando apenas nos pontos essências para informar.

    Continue assim, está no caminho certo!

  4. Barrabás Diz

    Tem milhares de beneficiários – principalmente do sexo masculino – que estão recebendo esse ” auxílio Brasil ” somente para seus vícios em drogas ilícitas . Esse é um programa que deveria servir para dar cursos profissionalizantes em sua maior parte dos bilhões pagos aos seus beneficiários . Enquanto isso quem realmente trabalha informal e ganha muito mal luta para pagar o aluguel o está mesmo morando na rua e mesmo assim se mantendo no necessário com o suor do seu trabalho digno .Se o governo federal fazer um ” pente fino ” verá que o dinheiro dos muitos que recebem é somente para manter os vícios e a falta de capacidade de arrumar um trabalho que , além desse ” auxílio Brasil ” , ainda tem as igrejas e ONGs distribuindo Marmitex dia e noite para os moradores de ruas que estão cada dia mais aumentando no Estado de São Paulo porque acharam um luxo viverem de doações .

  5. Margarida Maria de Araújo Diz

    Hoje em dia com a infração só aumentando é ótimo quem precisa ter sua casa própria eu tenho vontade de ter uma ótima oportunidade margarida60@gmail.com

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.